12 de maio de 2013

Na contramão da historia




Informa o Diário de hoje que 74,6% dos maringaenses iriam aos supermercados nos domingos. Mas não precisam ir comprar aos domingos, porque os supermercados ficam abertos de segunda a sábado, alguns ate tarde da noite. O dinheiro que o consumidor gastaria no domingo e o mesmo dinheiro que tem para gastar durante a semana, apenas mudaria o dia das compras, o que seria extremamente injusto com quem trabalha em supermercados.

Alem disso, a abertura dos grandes supermercados no domingo, mata os mercados da periferia, onde trabalham os donos e familiares e que justamente  nos domingos e feriados, vendem pela semana.

Tenho certeza absoluta que a pesquisa deixou centenas de trabalhadores em supermercados com a pulga atrás da orelha. Imagine o comerciário trabalhar a semana toda e no domingo fica sem tempo para a sua vida social. Lembrando que em vários países da Europa, o comercio , exceto os shoppings não abrem aos domingos. Em alguns países do velho continente, nem sábado a tarde.

Quer dizer, a nossa concepção de progresso e modernidade parece vesga e na contramão da historia.  

Nenhum comentário: