12 de julho de 2013

Até profissional liberal faz greve. E porque não?

Segundo release do Sindicato dos Servidores Municipais 90% dos engenheiros, arquitetos e agrimensores da Prefeitura de Maringá aderem à paralisação, num dia de protesto que vai até 17hs.
O protesto é contra o descaso do prefeito Pupin para com a categoria que assim, intensifica a luta pelo pagamento da gratificação por responsabilidade técnica, que já é concedida a procuradores e contadores do município. O Sismmar lembra que “recentemente, a Câmara Municipal estendeu o benefício também a arquitetos, engenheiros e agrimensores, mas o prefeito Carlos Roberto Pupin (PP) vetou o projeto de lei aprovado pelos vereadores”.

Nenhum comentário: