8 de julho de 2013

De fato, a mudança continua...

Soa estranho ouvir o ex-prefeito Silvio Barros II discorrer sobre sustentabilidade, falar, por exemplo, em meio ambiente e sensibilidade social. Para quem acha que estou de birra, que pesquise os fundos de vale da cidade para ver em que estado se encontram; faça um levantamento do número de árvores sãs que acabaram cortadas e o número de árvores doentes que ainda estão por ser substituídas. Será que a cidade já esqueceu o escandaloso caso da canafístula?
No que diz respeito à questão social, que atentem para o descaso dos seus 8 anos de gestão para com as cooperativas de reciclagem e os catadores.
Como se pode ver pelos primeiros seis meses da administração que Roberto Pupin compartilha com Ricardo Barros, a mudança realmente continua. Mas claro, trata-se de uma mudança à Lampeduza:”Tudo deve mudar para que tudo fique como está”.

Nenhum comentário: