25 de abril de 2014

40 anos da Revolução dos Cravos

Há exatos 40 anos (25 e abril de 1974) o general Antônio Spínola entrava em Lisboa com suas tropa,  para por fim à ditadura salazarista que começara em 1933. Cada soldado trazia em seu fuzil, na ponta de sua baioneta ou na lapela, um cravo vermelho. O país inteiro cantava Grândola Vila Morena, de José Afonso,que se tornou o hino da Revolução dos Cravos:

Nenhum comentário: