20 de junho de 2014

Vitória de Requião deixa Álvaro mais aliviado


Orlando Pessuti seria candidato ao Senado pela coligação PMDB/PSDB, que não vingou, porque Requião surrou os adesistas e vai ser candidato a governador. Melhor para Álvaro Dias, que andava de cara com Beto, ameaçando partir pra briga interna caso o governador botasse pilha num concorrente à única vaga que o Paraná tem no Senado da República nessas eleições.
Diante do resultado da convenção peemedebista de hoje (350 a 250 pró candidatura própria), a sucessão estadual ganha combustível e promete pegar fogo. A candidatura Requião é certeza de segundo turno.
Em tempo: o PMDB terá candidatura ao senado, mas o candidato Márcio Almeida, que tem muito dinheiro mas não tem voto, não chega a ameaçar a cadeira de Dias.

Nenhum comentário: