28 de outubro de 2014

Derrota em Minas. Como explicar?

A grande pergunta que se faz hoje é: por que Aécio perdem em Minas, estado que governou duas vezes e onde em 2010 se elegeu senador com um pé nas costas? Além disso, dizia ele na campanha que teve 90% de aprovação como governador.
Das duas uma: ou Aécio foi um governador muito ruim ou, tomado pela soberba, achou que Minas era macuco no emborná. Dizem lá em André Quicé , terra do saudoso Carlos Alberto de Paula, que foi soberba mesmo. Primeiro, porque Aécio tirou Pimenta da Veiga do sarcófago para ser seu candidato a governador. Segundo, porque achou que os aeroportos de Cláudio e Montezuma iam passar desapercebidos. Terceiro, porque imaginou que ficaria impune sua perseguição a jornalistas e seu desprezo pelo professorado da rede estadual. Não sei se há um quarto motivo, mas a verdade é que Aécio não conseguiu, por mais que se esforçasse, se livrar do tom arrogante do seu discurso, sempre muito dissimulado.

Nenhum comentário: