4 de dezembro de 2014

Caso de Procon

"A realidade tem uma mania irritante de sempre vir à tona. Mentiras, já diz o dito popular tem perna curta. Durante o ano eleitoral o investimento em publicidade do governo do estado do Paraná foi massivo. Os acordos com jornalões e jornalecos ocultavam a verdadeira situação do estado. Acabaram as eleições e a oposição falhou, falhamos, em expor a realidade. A mentira e a propaganda abafaram a verdade… mas a verdade sempre vem à tona.
O boneco do ventrículo é agora governador por mais 4 anos. E as notícias que temos no Estado indicam que cabe uma reclamação ao PROCON por propaganda enganosa, ou uma queixa na delegacia por estelionato eleitoral". 

. Requião Filho (deputado estadual eleito em outubro)

Nenhum comentário: