9 de janeiro de 2015

Muitos porquês



"A curiosidade maior em Maringá é saber porque Adarico Negromonte Filho (foto) suspeito de prestar serviços para o doleiro Alberto Youssef no esquema de superfaturamento de contratos da Petrobras, é conhecido como ‘Maringá’. ‘Maringá’ teve seu nome registrado em um dos 32 telefones apreendidos com Youssef e aparece em 34 trocas de telefonemas ou mensagens com ele".

(Blog do Lauro Barbosa)

Nenhum comentário: