25 de fevereiro de 2015

Veja aqui quais os trechos de rodovias interditados no Paraná



Nas rodovias federais são 16 pontos de bloqueio: BR-467, Km 76, em Toledo; BR-272, km 364, em Campo Mourão; BR-158, Km 204, em Peabiru; BR-369, km 83, em Cornélio Procópio; BR-158, Km 204, em Londrina; BR-369, Km 369, em Ubiratã; BR-163, Km 284, em Marechal Cândido Rondon; BR-373, km 478, em Coronel Vivida; BR-376, Km 187, em Marialva; BR-376, Km 295, em Mauá da Serra; Br-277, Km 338, em Guarapuava; BR-369, Km 179, em Arapongas; BR-376, KM 245, em Apucarana; BR-163, Km 32, em Santo Antônio do Sudoeste; BR-163, Km 64, em Pérola D’Oeste; e BR-376, Km 137, em Nova Esperança.

Na manhã desta terça-feira, a Polícia Rodoviária Federal desbloqueou o trecho da BR-163, na altura do Km 86, em Capanema, na Região Sudoeste doParaná. O trecho estava interditados por cerca de 50 caminhões há um dia. Os veículos aguardavam a liberação nos pátios dos postos de combustíveis da região.
Por volta das 11h30, os caminhoneiros bloquearam os dois sentidos da BR-476, no Km 150, em frente à Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar), em Araucária.A Polícia Rodoviária Federal (PRF) negociou com os manifestantes e conseguiu liberar a pista por volta das 13 horas.
As rodovias estaduais têm 25 trechos bloqueados: PR-420, Km 42, em Pien; PR 466, km 91 e 100, em Jardim Alegre; PR-323, km 36, em Sertanópolis; PR-491, trevo, Marechal Cândido Rondon; PR-317, Km 467, em Santa Fé; PR-218, KM 254, em Astorga; PR-170, Km 381, em Guarapuava; PRC-487, Km 295, em Manoel Ribas; PR-466, Km 179 e 180, em Pitanga; PRC-280, Km 130, em Palmas; PR-281, Km 467, em Chopinzinho; PR-182, Km 459, em Realeza; PRC-158, Km 528, em Vitorino; PR-193, Km 32, em Itapejara do Oeste; PR-566, KM 12, em Itapejara do Oeste; PRC-280, Km 175, em Clevelândia; PR-281, kms 535 e 540, em Dois Vizinhos; PRC-280 km 194, em Mariápolis; PRC-280, km 255, em Marmeleiro; PR-471, km 222, em Nova Prata do Iguaçu; PR-562, km 85, em São João; PR-483, km 001, em Francisco Beltrão; PR-180, km 541, em Francisco Beltrão; PR-160 km 53, em Cornélio Procópio; e PR-314, Km 48, em Santa Fé.
Gasolina

Após sete dias de protestos, municípios do estado começam a sofrer com o desabastecimento. Em Londrina, vários postos estão com escassez de combustíveis nas bombas, principalmente de etanol, segundo informações do Jornal de Londrina. Diante da falta de combustíveis, o preço também vem sendo reajustado por alguns donos de postos da região. Em um estabelecimento de Arapongas, o litro da gasolina era vendido a R$ 4,499 na manhã desta terça-feira (24), de acordo com reportagem publicada pelo JL.


Nenhum comentário: