7 de março de 2015

Será que é? Tá mangano d´eu, conterrâneo?




Será que é Poesia? Indaga no título do livro o poeta que sempre foi sem saber que era, Laércio Souto Maior, de quem me orgulho de ser amigo. O lançamento em Maringá foi quinta-feira (5/3) no SESC do também amigo Vieira. O público não era numeroso como merecia o autor, mas era de alta qualidade, como reconheceu, envaidecido, o ilustre terra seca.
Já em casa, folheando o livro, magistralmente editado pelo Téo, um dos tesouros do pernambucano de Caruaru, percebi que Laércio manga de quem vê a capa do livro ao fazer aquela pergunta descabida do título. Poesia pura, meu caro. Dessas que Mário Quintana assinaria embaixo e ficaria lambendo os beiços, com gosto de quero mais, quando terminasse de ler a obra num piscar de olho. Parabéns, meu comandante, grande Ministro Plenipotenciário do Nordeste.

Nenhum comentário: