21 de maio de 2015

Uma sentença verdadeiramente pedagógica



É comum empresas jogarem a conta da falta de segurança de seus trabalhadores nas costas da previdência social. O INSS tem reagido a isso e em recente decisão da Justiça Trabalhista de Brasília, uma construtora foi condenada a pagar pensão à família de um operário que morreu vítima de acidente de trabalho nas obras de um prédio. Foi constatado que o trabalhador não dispunha dos equipamentos de segurança recomendados e caiu de uma altura de mais de 30 metros devido ao rompimento de uma corda que o segurava precariamente.
A sentença pode parecer irrelevante num contexto nacional  de tanta irresponsabilidade, mas tem um caráter pedagógico importante. Certamente vai servir de exemplo para que  empresas, principalmente da construção civil,  se preocupem mais com a segurança de quem trabalha para elas.




Nenhum comentário: