23 de julho de 2015

Fidel, o profeta


O jornal argentino Clarín publicou hoje reportagem sobre o reatamento das relações Cuba-Estados Unidos. E fez uma revelação surpreendente:  num encontro com jornalistas, respondendo a uma pergunta sobre perspectiva do reatamento que hoje ocorre, 42 anos depois , o líder cubano disse: "O reatamento das relações entre Cuba e os EUA ocorrerá quando os americanos tiverem um presidente negro e o mundo, um papa latino-americano".


Nenhum comentário: