3 de julho de 2015

Trapalhadas que podem melar um longo processo de investigação

Um equipamento de escuta instalado na cela da PF de Curitiba, onde se encontravam presos Paulo Roberto Costa e Alberto Yousseff pode comprometer as provas obtidas por delação premiada na Operação Lava-Jato. Revelações feitas ontem na CPI da Petrobras pelo agente da Polícia Federal, Dalmey Fernando Werlang revela que houve escuta ilegal, o que implica dizer que as delações premiadas feitas pelos dois presos podem ser invalidadas. 

Nenhum comentário: