21 de setembro de 2015

Muito esquisito




Vi no blog do Rigon que esses caminhões coletores aí pertencem a Transresíduos e chegaram hoje a Maringá. E os caminhões da Secretaria Municipal de Serviços Públicos? Todo mundo sabe que a frota da Semusp está sucateada, e pelo jeito, propositadamente sucateada, já que privatizar a coleta em Maringá tem sido quase obsessão da administração municipal, desde o primeiro mandato de Silvio Barros II, de quem o atual prefeito Roberto Pupin era vice.

Temos precedente importante: quando foi prefeito de 1989 a 1992 Ricardo Barros terceirizou a coleta, sucateando propositadamente os caminhões coletores da Prefeitura e entregando os serviços para uma tal Sotekol. Os prejuízos para os cofres municipais foram enormes.

O Rigon nos lembra que: " a Transresíduos recebeu o equivalente a 1 milhão de dólares dos cofres públicos, sem licitação, logo depois que Silvio Barros II (PHS) assumiu a prefeitura, em 2005. Circulou à época que a empresa tinha ligações com o sócio do então vice-prefeito, Carlos Roberto Pupin (PP), o empresário Edenilso Rossi, da Sial, que por sua vez é amigo íntimo do ex-prefeito e um dos principais financiadores de suas campanhas. Pupin disse que nada tinha a ver com as atividades do então sócio.


O fato, que resultou em ação civil pública ajuizada pelo MPE, marcou a entrada da Transresíduos no mercado maringaense e até em cidades da região. Desde então, a situação do lixo nunca foi efetivamente resolvida pela administração municipal. Hoje as conversas de bastidores são de que tem sócios muito poderosos".
Como se vê, a chegada dessa frota de vermelhinhos aí soa muito esquisito. E como.

Nenhum comentário: