9 de março de 2016

A bem da verdade


Até por questão de justiça, é importante informar que o professor Dalton Moro, que faleceu em 2005, era apolítico. Fui aluno dele no curso de Estudos Sociais da UEM e lembro bem que ele se recusava a falar em política partidária. Tudo o que dizia em sala se relacionava à Geografia, sua disciplina. Mais tarde, ele realmente se envolveu numa campanha política, mas para ajudar o amigo Basílio Bacarin, também professor, que se elegeu vereador em Maringá pelo PSDB. São injustas, portanto, as críticas que se fazem ao falecido Dalton para atingir o filho dele, juiz Sérgio Moro.


Nenhum comentário: