14 de abril de 2016

Um golpe na agenda social do país





Faz parte do pacote , embalado pelo projeto “Ponte para o futuro”, do PMDB de Michel Temer: desvinculação de 25% de receitas dos estados, municípios e do Distrito Federal dos recursos de áreas vitais como saúde, educação e tecnologia. A PEC 143/2015 foi aprovada na surdina pelo Senado. Digo na surdina porque não mereceu uma linha nos grandes jornais e nem qualquer menção nos telejornais das grandes redes de televisão, que só tem olhos para o impeachment. Adverte o senador Requião que isso é apenas uma mostra do que virá por aí, caso Michel Temer vire presidente da república, com Eduardo Cunha na vice. Veja o discurso feito no senado sobre o assunto pelo senador paranaense Roberto Requião que, gostem ou não, ainda é um dos poucos que levantam no parlamento brasileiro a bandeira da justiça social. 

          

Nenhum comentário: