2 de maio de 2016

"Isso não vem ao caso"



A oposição aplaudiu o bloqueio que o ministro do Supremo Gilmar Mendes fez do crédito suplementar para propaganda institucional do governo federal. Algumas pessoas, inclusive do time dos coxinhas , desses que vão às ruas de verde e amarelo, tiveram orgasmo com o despacho do ministro. O que talvez elas ignoram é que a verba seria destinada a  institucionais , por exemplo, de campanhas de prevenção contra o zika vírus. Além disso, deveria incrementar a publicidade das Olimpíadas, que estão se aproximando. O governo avalia, corretamente diga-se, que o esvaziamento dos Jogos Olímpicos, podem provocar à imagem do Brasil um estrago maior que os dos 7 a 1 que tomamos da Alemanha ano passado. Mas, como diria o próprio ministro togado, cujas preferências partidárias são por demais conhecidas, “isso não vem ao caso”.


Nenhum comentário: