26 de maio de 2016

Jornal francês diz que foi golpe mesmo


Em um país em recessão, a revolta popular foi instrumentalizada por políticos corrompidos para depor a presidente Dilma Rousseff, escreve a correspondente do jornal francês "Libération" Chantal Reyes. "Sabemos agora que as motivações para destituí-la não tinham nada de nobre", diz, antes de resumir as conversas reveladas pela Folha nas quais Romero Jucá (PMDB-RR) defende uma "mudança de governo para parar tudo", ou seja, frear as investigações do gigantesco escândalo de desvio de recursos da Petrobras.
A conversa entre Jucá e Sérgio Machado, ex-diretor da Petrobras, traz para dentro do escândalo o PSDB, partido de oposição, de centro-direita. Mas o que é pior, segundo o "Libération", é que o Supremo Tribunal Federal, de acordo com a conversa registrada, pensava que destituir a chefe de Estado reduziria a pressão popular sobre a Lava Jato.
. Folha de São Paulo

Nenhum comentário: