25 de junho de 2016

É caso para investigação


“Enquanto a Consist do Paulo Bernardo cobrava R$ 1,25 (o valor real seria R$ 0,30)  a Zetra Sof, contratada pelo governo Beto Richa, cobra R$ 2 reais por transação de consignados”.
Blog do Cícero Catani

Bem, se cobrando R$ 1,25 a Consiste conseguiu formar um propinoduto de mais de R$ 100 milhões, o que não faria com uma taxa operacional de R$ 2 em cada empréstimo consignado para servidor público?
Catani informa que a Zetra Soft, contratada pelo governo do Paraná, gerencia um banco de dados com informações de todos os funcionários públicos estaduais, atendendo a demanda de 25 instituições financeiras.
O deputado estadual Requião Filho já fala em levar o caso para o Gaeco investigar. 

“Queremos saber como se deu a contratação da Zetra Soft pelo Governo do Paraná, se houve processo licitatório, se a empresa foi beneficiada de alguma forma com a aprovação do PL 920/2015 que alterou as consignações em folhas de pagamentos dos servidores públicos. Vamos investigar e cobrar explicações do Governo do Estado” declarou o parlamentar, filho do senador e ex-governador Roberto Requião.


Nenhum comentário: