Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2016

Temer não quer ministros na campanha, mas alguém tem dúvida como RB agirá em Maringá?

O presidente Temer determinou hoje que não quer ver nenhum de seus ministros na campanha eleitoral.  Segundo a coluna Painel da Folha de São Paulo, “todos receberam orientações expressas do Planalto, no grupo deles no WhatsApp, sobre como se comportar nas eleições deste ano”. Segundo o chefe do gabinete civil, Eliseu Padilha, Temer não permite ministros em disputas regionais. Até porque, inevitavelmente entrarão em confronto com adversários pessoais, azedando as relações com partidos aliados do Planalto. O medo é criar fissuras que possam influir na votação do impeachment no final de agosto no Senado.
Diante disso fica a pergunta: como Ricardo Barros fará para comandar as campanhas da filha Maria vitória, em Curitiba e do irmão Silvio, em Maringá?
Não se preocupe, ele dá um jeito nisso. Vai ficar certamente como o técnico que recebeu cartão vermelho no jogo anterior e no próximo confronto terá que comandar seu time por celular, de uma cabine do estádio. Não creio que isso seja tão difíci…

Temer armará circo para rasgar a CLT?

. Por Leonardo Sakamoto, em seu blog
Um pai deve compartilhar as tarefas relativas à formação de seu filho ou sua filha. Isso é o básico, não é favor. Afinal de contas, tarefas domésticas ou familiares não são incumbência de determinado gênero, mas responsabilidade de pais e mães. Se você fica orgulhoso por “ajudar sua mulher em casa'' e acha que merece um troféu de Maridão do Ano, rapaz, acorde. Você está no século 21, não faz mais do que sua obrigação. Dito isso, quase fundi meu cérebro tentando entender o que passou pela cabeça do presidente interino Michel Temer ao convocar a imprensa para registrar o momento em que buscou, ao lado de sua esposa, seu filho em uma escola de Brasília. Na tentativa de melhorar sua imagem junto à população, quis demonstrar que é uma pessoa igual a todas as outras e apanhou o mancebo em seu primeiro dia de aula depois da mudança para a capital. Mas o circo montado soou tão fake, forçado e art…

Chorar mais ou chorar menos, eis a questão

Acho que de todos os adversários políticos que teve, nunca Ricardo Barros se deparou com um que lhe batesse mais do que Umberto Crispim. Hoje , Crispim é um aliado de peso de RB, a quem entregou de bandeja o PMDB, já nas eleições de quatro anos atras. Em troca, Crispim ganhou o direito de indicar o vice na chapa de Pupin, duas secretarias , uma ocupada pelo compadre Miguel Grillo e outra , a do  Meio Ambiente, por ele mesmo. Agora, o esforço é para manter o casamento, com o mesmo Cláudio Ferdinandi na vice de Silvio Barros II,  caso este não venha a ser barrado pela Lei da Ficha Limpa. Resta saber quem é que tem mais força junto ao síndico do condomínio barroso – se o tempo de televisão do PMDB e o exército crispiniano ou o cacife econômico e partidário dos Matos, que  trabalham  para emplacar o tucano Wilsinho. Quem pode mais? Quem será que vai chorar menos?

Chamem o Moro!!!

. Por *Arruda Bastos
O Ministro da Saúde, Ricardo Barros, tem sido alvo frequente dos meus artigos. No último publicado, abordei a possibilidade de ser declarada a sua interdição judicial por absoluta incompetência técnica e por sua incapacidade psicológica para tocar uma pasta de tamanha importância. O artigo teve grande apoio popular, das entidades defensoras do SUS, dos profissionais da saúde, bem como de gestores e uma repercussão bastante positiva na imprensa e nas redes sociais.

O Movimento “Médicos pela Democracia” do Ceará e da Bahia, o Comitê Unificado Saúde e Democracia do Ceará, outras instituições e militantes da saúde pública de vários estados brasileiros lançaram, na mesma linha, um abaixo-assinado pela exoneração do Ministro da Saúde. Os argumentos reforçam os contemplados no meu artigo: Ação de interdição urgente para o Ministro da Saúde, Ricardo Barros.

Pensei até em me aquietar um pouco e esperar pelo resultad…

Este é o jeito Barros/Pupin de governar

O ministro foda

“Poucas vezes na minha nem tão curta nem tão longa vida eu vi uma ação de governo tão estúpida quanto essa do ministro da Justiça anunciar, com estardalhaço que prendeu uns caras que ele não sabe quem são, mas talvez estivessem preparando um atentado para as Olimpíadas”, escreve o jornalista Alex Solnik, sobre o carnaval que o governo interino de Michel Temer faz ao prender os supostos terroristas. Solnik lembra que anunciar prisão desse tipo seria papel da Polícia Federal e não do Ministro da Justiça, que ao atrair para si todos os holofotes, certamente gritou diante do espelho:”Espelho, espelho meu, existe um careca mais foda do que eu?”.
De fato, Alexandre Moraes é mesmo um ministro foda. Tanto afastou do Brasil milhares de turistas que se preparavam para ver as Olimpíadas. “Qualquer policial amador, ou mesmo espectador de filmes policiais sabe que o grande segredo de uma investigação séria é o segredo. Ou seja, se você suspeita que há bandidos no teu quintal e os prende, não precisa…

O novo xodó da classe média metida a besta

Michel Temer passou a ser o grande ídolo da elite brasileira e da classe média, que sempre se esforça para estar próxima de quem a explora e nunca de quem com ela é explorado. A mídia, principalmente a televisão, Rede Globo à frente, vive ressaltando os feitos do presidente interino, ao mesmo tempo em que omite (só quando não dá mesmo para fugir da notícia) o lado sombrio de Temer e sua equipe de ministros nada probos. Omite também, ou trata com descaso, as propostas de desmonte do estado social.
Há quem veja em Temer um galã da novela das nove, embora eu não consiga dissociar a sua tez da tez  de Cristopher Lee, o ator que celebrizou a figura do Conde Drácula no cinema. Parece que ambos foram trocados na maternidade. 

Mas isso não vem ao caso. O que vem ao caso agora é a falsa delação premiada de João Santana, que os telejornais e os jornalões impressos destacaram, como sendo uma bomba que ele soltou no quintal da presidente afastada Dilma Rousseff.
Na verdade, o marqueteiro não chegou …

Datafolha faz pesquisa que favorece Temer e pressiona senadores que podem votar contra o impeachment

.  Do Site 247
No último domingo, a Folha de S. Paulo publicou uma pesquisa feita sob medida para legitimar o golpe parlamentar no Brasil. O levantamento informava que 50% dos brasileiros defendem que Michel Temer continue na presidência, 32% querem a volta da presidente Dilma Rousseff e apenas 3% são favoráveis à tese de novas eleições .
No mesmo dia, o site  247 esclareceu que se tratava de uma evidente fraude estatística:  “O motivo: outros institutos, como o Ibope e o Paraná Pesquisa, haviam feito pesquisas indicando que 63% querem novas eleições – número próximo ao de uma pesquisa do próprio Datafolha realizada em abril. Como Temer não realizou nenhum milagre nos últimos dois meses, tendo inclusive perdido ministros por denúncias de corrupção e adotado medidas impopulares, como aumentos de servidores públicos, nada explicaria que os 63% a favor de novas eleições virassem 3% em tão pouco tempo.
Ontem, o jornalista Glenn Greenwald, do The Intercept, publicou nova reportagem explica…

MPF aponta para verdadeiro alvo da Lava Jato

. Janio de Freitas (Folha de São Paulo)
O lado de farsa do impeachment leva uma trombada forte. Na mesma ocasião, a Lava Jato arrisca-se a comprovar o lado de farsa implícito na acusação, feita por muitos, de que o seu alvo verdadeiro não é a corrupção, mas Lula e o PT.
A conclusão do Ministério Público Federal sobre as tais "pedaladas", fundamentais no pedido e no processo de impeachment de Dilma Rousseff, recusa a acusação de constituírem crime de responsabilidade. Dá razão à tese de defesa reiterada por José Eduardo Cardozo, negando a ocorrência de ilegal operação de crédito, invocada pela acusação. E confirma a perícia das "pedaladas", encomendada pela Comissão de Impeachment mas, com o seu resultado, mal recebida na maioria da própria comissão. À falta de base da acusação, o MPF pede o arquivamento do inquérito.
A aguardada acusação final do senador Antonio Anastasia tem, agora, a adversidade de dois pareceres dotados de autoridade e…

Ação de interdição urgente para o Ministro da Saúde, Ricardo Barros

. Por Arruda Bastos
O Ministro interino da Saúde, Ricardo Barros, desde que assumiu o cargo vem tomando atitudes e fazendo declarações dignas de indivíduo fadado à interdição judicial. Como sou médico e ainda não conclui meu curso de Direito, para escrever este artigo consultei amigos advogados para aprofundar-me no tema da interdição. Para ilustrar, através da intitulada “ação de interdição”, uma pessoa será declarada incapaz para os atos da vida civil, sendo nomeado um curador para auxiliá-la. A incapacidade no Brasil ocorre por dois critérios: objetivo, pela idade; e subjetivo, pelo psicológico. Para ser declarada incapaz, a pessoa deve ter dificuldade para compreender as consequências de suas ações e decisões. Infelizmente, é o caso do nosso Ministro. Ele é um sem noção. O Ministro se enquadra em todos os pré-requisitos, senão vejamos: quando assumiu o cargo, não parecia um Ministro, mas sim um macaco em casa de louça, fomentando a desconstrução do SUS. Logo depois, encampou a pr…

Entrega do Pré-Sal será o maior crime de Lesa-Pátria da história

   .    da Federação Única dos Petroleiros (FUP)
No dia 12 de julho, quando a Câmara dos Deputados Federais aprovou o regime de urgência para o Projeto de Lei 4567/16, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo divulgou relatório mensal onde afirma que o Brasil alcançará em 2017 o maior aumento de produção de petróleo fora da Opep, atingindo 3,37 milhões de barris por dia. Segundo o estudo, nós estamos na direção contrária a das outras nações, cuja média diária do aumento de extração deverá ser reduzida à metade no próximo ano. A Opep também apontou o Brasil como o único país da América Latina que aumentará a produção em 2016. Tudo graças aos excelentes resultados operacionais da Petrobrás, que, a despeito dos seguidos recordes de produção, continua sendo dilapidada por seus gestores e está na iminência de perder as garantias legais que lhe permitem participar de todos os campos do Pré-Sal e ser a única operadora destas reservas. Esse é o objetivo do governo interino de MiShell Teme…

O dia em que Maringá caiu no "conto do avião de rosca"

Maringá foi levada não faz muito tempo a acreditar que sediaria uma fábrica de helicópteros, tornando-se em pólo industrial de aviões. O governador Beto Richa e seu Secretário do Desenvolvimento, Ricardo Barros, fizeram tilintar taças de champanhe, colocando também no ângulo de visão do fotógrafo oficial do Palácio Iguaçu, o prefeito Roberto Pupin.
Hoje, como tem insistido Ângelo Rigon em seu blog, já se sabe que tudo não passou de um grande calote. Ou seja, Maringá caiu no “conto do avião de rosca", aplicado por Luigino Fiocco,  tido então como um próspero empresário da industria aeronáutica na Sardenha. Agora, publica Rigon e reproduz Cícero Catani:  “um site especializado em whistleblowing (denúncia de atos ilícitos, especialmente de crimes de corrupção) inseriu informações, no mês passado, a respeito do italiano  Fiocco  e do ganês Andrew Stanley Quist”.
Resumo da opera: a tal  Avio International Group Holding, que investiria R$ 174 milhões em Maringá, fabricando 600 helicópte…

E põe estapafúrdia nisso

“O ministro da Saúde, interino, ilegítimo e provisório disse que o Sistema Único de Saúde não cabe no orçamento. E que por isso iam ter dois tipos de planos de saúde. Um dos ricos, que cobre qualquer tipo de doença, outro para os pobres que cobre só uma pequena parte das doenças. Isso é um absurdo, é criar no Brasil dois tipos de pessoas. Aquelas que têm acesso à saúde plena, e aquelas que não têm”.
  . Dilma Rousseff sobre a proposta estapafúrdia dos Planos Populares de Saúde de autoria do ministro Ricardo Barros.

Uma paulada no futuro do país

Enquanto Eduardo Cunha lia sua carta de renúncia e chamava a atenção da mídia para o seu teatro, a Comissão Especial da Petrobras e Exploração do Pré-Sal, dava um grande passo para golpear o futuro do pais. Aprovou o relatório do deputado José Carlos Aleluia(DEM-BA), validando o projeto do senador e agora ministro José Serra, que acaba com a obrigatoriedade do papel da Petrobras como operadora única do Pré-Sal. Assim, entrega de mão beijada às Sete Irmãs, a grande riqueza que demorou sáculos para o país descobrir que possuía. Segundo o jornalista de economia Luis Nassif “ a mudança legislativa afeta todos os blocos contratados pelo regime de partilha de produção em áreas do pré-sal, que tinha o comando da estatal brasileira. Um grande lobby envolvendo empresas estrangeiras acompanhou todo o processo de tramitação dessa lei, no sentido de permitir a participação internacional nos lucros da descoberta nacional”. Na prática significa que o Brasil abre mão de muitos bilhões de dólares, q…

Justiça manda Beto Richa parar com a farra dos supersalários

. Blog do Esmael

O governo de Beto Richa (PSDB) que nega reajuste de 8,17% a professores e servidores públicos, conforme determina a lei da data-base, paga os maiores salários do país ao secretariado e dirigentes de empresas públicas do estado. No entanto, essas informações não estão à vista noPortal da Transparência, que foi convertido em ferramenta de combate ao funcionalismo do quadro próprio. Desde 1º de janeiro de 2015, Beto Richa tem o maior salário dentre os governadores brasileiros. Ele aumentou os próprios vencimentos de R$ 29,4 mil para R$ 33,7 mil. A título de comparação, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), recebe mensalmente R$ 21,6 mil. O homólogo Camilo Santana (PT) percebe R$ 16,7 mil ao mês. Ou seja, os paranaenses pagam supersalários para o primeiro escalão do governo do estado envergonhá-los nas páginas policiais. Vide os casos de corrupção e propina na Receita Estadual, no Instituto Ambiental, na SUDE/Fundepar, etc. Os secretários recebem mensalm…

O impeachment subiu no telhado

Requião arregimenta colegas de Senado contra o impeachment e a favor de um plebiscito para ver se a população quer antecipar as eleições presidenciais, possivelmente para este ano, mas com a volta de Dilma ao Palácio do Planalto. Ontem  Requião  jantou em seu apartamento funcional em Brasília com o ex-presidente Lula e na avaliação de ambos,  chega a 36 o número de senadores simpáticos à tese. Significa que a permanência de Michel Temer na presidência da república está ameaçada.

Quem diria!

Quem diria, Kátia Abreu, que já foi uma espécie de musa do agronegócio, defendendo Dilma e desmascarando a farsa do impeachment na Câmara e no Senado:

Viúva reage à tentativa mesquinha de diminuir Freire, o maior educador do mundo

A viúva do educador Paulo Freire , que foi considerado nos Estados Unidos o terceiro intelectual do mundo, de toda a história da humanidade, está inconformada com o que andam fazendo com a memória do marido dela.  AWikipedia apresenta a biografia de Freire com alterações grosseiras (e sacanas), colocando-o “ como envolvido com um projeto de educação atrasado e fraco de caráter doutrinário marxista e manipulador”. Ana Maria Araújo Freire escreveu uma carta ao presidente interino Michel Temer,  pedindo providências, porque a alteração foi feita pelo Serpro. Leia a carta na íntegra:
Exmo. Sr. Presidente Interino do Brasil Prof. Dr. Michel Temer ASSUNTO: PAULO FREIRE: Wikipidia e SERPRO Na qualidade de viúva, estudiosa e sucessora legal da obra do Educador PAULO FREIRE, quero, através dessa carta, estabelecer um diálogo cordial e franco com V.Exa., mesmo estando nós dois, em termos ideológicos, em posições diferentes, no sentido de esclarecer assunto que vem sendo divulgado pela imprensa naci…

Sanepar ferra os consumidores e afaga os acionistas privados

Desde que assumiu o governo estadual, o governo Beto Richa (PSDB) aumentou a tarifa de água e esgoto da Sanepar em 104,6%, enquanto os lucros distribuídos pela estatal aos acionistas privados saltaram 449%. A inflação acumulada no mesmo período foi de 40,57% (INPC).


Fonte: site do vereador de Maringá Humberto Henrique

CENSURA JUDICIAL: Ministra Rosa Weber suspende ações de juízes contra jornalistas do Paraná

Por Marcos de Vasconcellos (Consultor Jurídico –  Conjur)
A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal, suspendeu os processos de juízes do Paraná contra o jornal Gazeta do Povo e seus jornalistas. O caso ganhou bastante repercussão, pois foi uma ação coordenada dos juízes, depois de o jornal publicar notícias mostrando os vencimentos dos magistrados. Para o advogado Alexandre Jobim, "a reconsideração da ministra Rosa Weber confirma a seriedade e imparcialidade do STF". O abuso do direito de ação, diz ele "será apreciado pelo STF e não por aqueles que possuem interesse nas demandas. Acredito que a liberdade de expressão prevalecerá na linha dos precedentes da Suprema Corte".Inicialmente a ministra havia negado o pedido dos jornalistas, representados pelo advogadoAlexandre Kruel Jobim. No entanto, nesta quinta-feira (30/6), reconsiderou sua decisão na Reclamação 23.899 e concedeu a medida, para suspender o trâmite das “ações de indenização propostas em decorrênc…