3 de agosto de 2016

Toma lá , dá cá


O presidente Interino Michel Temer tenta por todos os caminhos forçar a antecipação do julgamento final da presidente Dilma no Senado. Chegou, segundo alguns jornalistas políticos, a negociar com Renan Calheiros um ministério, o do Turismo. Renan tenta agradar Temer batendo pé que apressará a votação, inclusive com sessões no domingo, o que significaria a repetição do espetáculo circense ocorrido na Câmara dos Deputados.
O presidente do STF, ministro Ricardo Lewandowiski já teria dito que não aceitará sessões nos finais de semana e que se for o caso, adiará a sessão definitiva, marcada para começar dia  25 para a segunda-feira , 29.

Quanto ao balcão de negócios que Temer montou para forçar a barra e garantir logo o impedimento definitivo da presidente, até uma comentarista da suspeita Globo News, tocou no assunto. Disse Renata Lo Prete que Renan Calheiros e Michel Temer usavam como moeda de troca na antecipação a indicação para o Ministério do Turismo, de Marx Beltrão, de Alagoas. Beltrão, para quem não sabe é réu no STF.

Nenhum comentário: