9 de janeiro de 2017

Perdemos o grande Osvaldo



Osvaldo Reis, que faleceu ontem à noite aos 66 anos , marcou sua passagem pela história de Maringá, como trovador, contador de causos e como assessor político. Foi chefe de gabinete (em Brasília) do deputado Renato Bernardi (+) e em Maringá, chefe de gabinete do prefeito Said Ferreira, também falecido. Hábil com as palavras, Osvaldo tinha um senso de humor inigualável, embora parecesse amargo muitas vezes, fruto certamente dos seus problemas da saúde, que agora na reta final da sua vida, não eram poucos.
Osvaldo foi também animador de comícios (bons tempos aqueles dos grandes comícios) e levou consigo uma enorme frustração: a de ver seu MDB velho de guerra transformado nisso que é o PMDB hoje. Osvaldo, é bom lembrar, foi durante muito tempo o Rei Momo de Maringá. Comandava o carnaval de rua e dos clubes, sempre com animação mas sem nunca deixar de lado a crítica social e política que fazia sempre onde quer que estivesse - na igreja ou na folia.
Que Deus o tenha num bom lugar, amigo Osvaldo.

Nenhum comentário: