23 de fevereiro de 2017

Uma aula de brasilidade


Muita gente não gosta do Requião e deve ter suas razões pra isso. Muitos odeiam o senador paranaense pela sua verborragia  e volta e meia, pela sua agressividade verbal, geralmente contra pessoas fragilizadas diante da autoridade que ele representa nos momentos de fúria.  Concordo com os que pensam assim, mas não posso fazer coro aos que, como Luiz Nora, chegam a dizer que Requião não é um ser humano.  Mas não tem como deixar de reconhecer que nas três vezes em que foi governador do Paraná tratou a educação com sensibilidade e respeito, cuidou bem das finanças do estado e no último mandato, diante da crise das pequenas e médias empresas, as isentou de 90 mil itens do ICMS e impediu aumentos abusivos das tarifas de água e  luz. A Sanepar, por exemplo, ficou quase quatro anos sem subir o preço da água, porque antes  de autorizar qualquer majoração, ele exigiu do presidente Stênio Jacó redução das perdas antes de qualquer coisa. No Senado, Requião é um dos melhores oradores da atualidade. Seus discursos são peças oratórias imperdíveis, como   este que fez agora, usando o quadro mundial como preâmbulo, para fazer sérias denúncias contra o entreguismo do governo Temer. Aos que querem se informar e ouvir uma peça de oratória irretocável, sugiro que veja este vídeo. Esqueça a revolta que tem do temperamento explosivo do Senador, mas preste a atenção não discurso, que é realmente uma aula de brasilidade:




Nenhum comentário: