9 de outubro de 2017

Que justiça é essa?


Seu Divino sofreu um AVC, está em cadeira de rodas , tomando medicação controlada e usando frauda geriátrica. Levado pelo filho a uma repartição pública de São Paulo para tirar segunda via da carteira de identidade, seu Divino foi preso, porque a servidora que o atendeu, levantou que ele tinha uma condenação por pensão alimentícia não paga. A sentença é de 10 anos atras e foi cumprida agora, inclusive quando os filhos do segundo casamento do réu já são todos maiores de idade. Não é possível que ao prender um homem nessas condições, o delegado não tenha se sensibilizado e tentado junto à Justiça, uma análise das condições físicas do réu. Ele simplesmente foi colocado numa cela comum, junto com marginais perigosos e lá estava até hoje, contemplando a grade sem sequer entender o que está acontecendo, pois nem fala mais e até tem dificuldade de reconhecer as pessoas. Inevitável a pergunta: que Justiça é essa?

O fato foi noticiado pelo blogueiro Eduardo Guimarães, de São Paulo, que não só denunciou a prisão absurda, como arrumou um advogado para tentar tirar o pobre homem, de 69 anos, da cadeia. Diante de uma coisa tão absurda como esta, a gente não sabe se fica mais indignado ou mais preocupado com a absoluta falta de sensibilidade de certos operadores do Direito.

Nenhum comentário: