2 de maio de 2018

O protegido é o patrão


Walmir Oliveira da Costa, presidente da Comissão de Jurisprudência e Precedentes Normativos do TST, sobre a reforma trabalhista, aprovada a toque de caixa pelo Congresso Nacional em 2017:
“Temos no Direito do Trabalho uma legislação especial feita para equilibrar uma relação desigual e que foi invertida. Ele protege  o empregador. Seria melhor revogar a CLT e mandar aplicar o Código Civil, que seria mais benéfico”,


Nenhum comentário: