Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2019

Pega na mentira

A Lupa – conceituada agência de Fact-Checking, analisou a fala do ministro Paulo Guedes na audiência pública da Comissão de Economia do Senado no último dia 27. A conclusão é que ele mentiu descaradamente sobre o deficit da previdência e sobre questões do orçamento da União. Mas nem precisou a Lupa apontar os dados furados do "Posto Ipiranga". O senador Paulo Paim o desmascarou ali mesmo, no tete-a-tete.

É isso que o presidente quer celebrar

O discurso dos saudosistas é de que a ditadura militar, que eles chamam de revolução, só torturou e matou vagabundos, terroristas, comunistas. E que foi preciso jogar duro porque era clara a ameaça comunista que pairava sobre o Brasil em 1964. Nada é mais falso do que essa narrativa torpe. Primeiro porque esse negócio da ameaça vermelha é pura falácia. Jamais o Brasil esteve próximo de qualquer predomínio dos comunistas, nem em 1964 e nem em 1934, quando falsificaram um relatório sobre uma tal intentona comunista para justificar a implantação do Estado Novo. Quando se fala emtortura e assassinatos durante os anos de chumbo, o símbolo daquele período sombrio é o jornalista Vladmir Herzog, então editor-chefe da TV Cultura de São Paulo. Vlad foi preso e morto no DOI-Codi e diante da repercussão negativa, inclusive internacionalmente, os militares divulgaram uma foto dele pendurado numa corda, como se tivesse se enforcado. Morreu muita gente que os documentos oficiais não revelam. E as víti…

Ele foi preso não sabe porque, apanhou, quase morreu e até hoje não sabe porque

O texto é longo, mas é um depoimento muito forte, de um, entre as centenas de brasileiros que comeram o pão que o diabo amassou na ditadura militare sobreviveram para contar a história. O depoimento de Paulo Coelho, o escritor brasileiro que mais vende livros no mundo, foi publicado no Washington Post, um dos principais jornais dos Estados Unidos.


”28 de maio de 1974: um grupo de homens armados invade meu apartamento. Começam a revirar gavetas e armários – não sei o que estão procurando, sou apenas um compositor de rock. Um deles, mais gentil, pede que os acompanhe “apenas para esclarecer algumas coisas”. O vizinho vê tudo aquilo e avisa minha família, que entra em desespero. Todo mundo sabia o que o Brasil vivia naquele momento, mesmo que nada fosse publicado nos jornais. Sou levado para o DOPS (Departamento de Ordem Política e Social), fichado e fotografado. Pergunto o que fiz, ele diz que ali quem pergunta são eles. Um tenente me faz umas perguntas tolas, e me deixa ir embora. Oficia…

Recorde de MPs

MP tem força de lei e deve ser emitida pelo presidente apenas em caso relevância e urgência. Bolsonaro já assinou 9 medidas provisórias em três meses de governo. Em uma dessas, ele proibiu as empresas de recolher contribuições sindicais em folha de pagamento para repassar aos sindicatos. Ou seja, quer assassinar a golpes de faca a representação classista.

Deforma da Previdência

Qualquer brasileiro, com um mínimo de informação, sabe que o déficit propagado na Previdência Social é manipulado. Existem absurdos (privilégios) no pagamento de pensões e aposentadorias (a uma casta social: políticos, Judiciário, MP e militares) e existe uma gama enorme de sonegadores (pequenos, médios e grandes empresários). 
As reformas propostas em todos os governos nunca visou coibir esses abusos. Só penalizou o trabalhador. A tentativa atual é acabar com a aposentadoria e obrigar o cidadão comum a recorrer a fundos de previdência. Fundos esses geridos pelos bancos, sonegadores contumazes.
Claro como água. Só não entende quem não quer!
    . José Maschio (jornaista/Londrina)

Eleentar? Não, não é elementar...

A PEC da Previdência esconde várias armadilhas que ferram bonitinho o trabalhador brasileiro e criam mecanismos perversos de aceleração da miséria no país. Uma dessas armadilhas é a retirada da Previdência do tripé da seguridade social, que diga-se de passagem, é superaviária. A outra é a redução à menos da metade do beneficio de prestação continuada para quem tem menos de 70 anos. Uma terceira, só para ficar nessas três, é a extinção das verbas rescisórias para aposentados que continuam trabalhando com carteira assinada.Agora, pense um pouquinho no seguinte: por que o mercado financeiro e o grande empresariado pressiona tanto o Congresso para que aprove logo esta monstruosidade? Elementar? Não, não é elementar, não, meu caro Watson. O jogo é sorrateiro feito o diabo. Mas coloque aí como pano de fundo dessa reforma o olho grande dos bancos no crescimento da previdência privada e do patronato, na desobrigação do empregador recolher a contribuição previdenciária que recolhe hoje. Some…

Enfim, uma boa medida

"O Ministério das Cidades publicou no Diário Oficial da União desta terça-feira (24 de outubro) a deliberação nº 173, datada do último dia 18 e assinada pelo presidente do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), Maurício José Alves Pereira, determinando a suspensão da "placa Mercosul" em todo território nacional".   . UOL
Ótima medida, porque essa placa omite duas informações fundamentais: a cidade e o estado de origem do veículo

Uma grata surpresa no Congresso Nacional

                                 TABATA ANIMA A QUEM NÃO
                                 PERDE A ESPERANÇA NA POLÍTICA


Temos uma juventude alienada, mais para analfabeta funcional de que qualquer outra coisa? Temos sim, temos não. Temos sim quando percebemos que a geração game parece ser regra. Temos não quando constatamos que, felizmente, jovens politizados e de muitas leituras podem não ser exceção. Confesso que me anima bastante a atuação de uma moça de 25 anos que foi eleita deputada federal pelo PDT de São Paulo. Seu nome: Tabata Amaral. Já no primeiro discurso que fez na Câmara, ela deu uma aula de política e de conhecimento dos problemas sociais do país. Esta semana Tabata surpreendeu de novo, colocando contra a parede o ministro da Educação, Wélez Rodriguez, durante audiência pública na Comissão de Educação da Câmara dos Deputados. Tabata, que teve uma vida de muita dificuldade financeira, chegou a estudar com bolsa no exterior.É prova viva de que vale a pena investir na educa…

O problema dele é ele mesmo

O presidente Bolsonaro deu ordens para que a caserna celebre a ditadura militar, o regime que prendeu, torturou e matou adversários políticos com a justificativa de uma falsa (e ridícula) ameaça comunista. Até os generais da ativa devem estar constrangidos com isso. Principalmente se lembrarem de que Bolsonaro era desprezado pela cúpula do Exército, que o via como um desequilibrado e inconsequente. O presidente Geisel, por exemplo, achava Bolsonaro um mau militar, “completamente fora do normal”. Numa entrevista concedida ao site Terra Magazine o ex-ministro e senador Jarbas Passarinho (+), que era militar, disse sobre Bolsonaro: “ Já tive com ele aborrecimentos sérios. Ele é um radical e eu não suporto radicais, inclusive os radicais da direita. Os da direita me fazem lembrar aquele livrinho da Simone de Beauvoir sobre “O pensamento de direita: “O pensamento da direita é um só: o medo”. O medo de perder privilégios”. Com seu discurso tosco de preservação dos valores éticos da família…

Defender a reforma da previdência só por interesse ou total desinformação

SE VOCÊ LER ISSO E VER O VÍDEO, SÓ FICARÁ A FAVOR DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA SE TIVER ALGUM INTERESSE NESSA PILANTRAGEM OU SE FOR MESMO UM ABESTADO. DESCULPE A FRANQUEZA, MAS NÃO DÁ PRA TRATAR ESSA POUCA VERGONHA COM ESPÍRITO REPUBLICANO.
A Previdência é antes de tudo um sistema de proteção social, que visa garantir uma vida digna para aquelas pessoas que trabalharam a vida inteira e que ao deixar o mercado de trabalho, tem o direito a viver sossegado. Por isso, a Previdência é bancada por várias fontes de arrecadação, destinadas a formar o orçamento da seguridade social, da qual faz parte a saúde, a assistência social e também a previdência. A contribuição do empregado e do empregador é apenas uma pequena parte do que a SS recebe. O seu orçamento é formado ainda pelo Pis-Cofins, pelo Pis-Pasep, pelo Ipva e pelas loterias da Caixa. Só em 2017 a seguridade social teve uma arrecadação de R$ 750 bilhões. Desse total, o governo desviou para outras áreas R$ 159 bilhões, usando como instrume…

Bolsonarianas

TRUMP, JOHNSON E NIXON. TUDO A VER
Se tudo isso fosse pouco, Bolsonaro disse na Casa Branca que acredita “piamente” na reeleição de Donald Trump. Sentiu cheiro de banana e foi procurar a casca para escorregar. Os dois presidentes que mais ajudaram a ditadura brasileira foram Lyndon Johnson e Richard Nixon. Um encantou-se com o marechal Costa e Silva, o outro com Emilio Médici. Ambos foram eleitos com memoráveis maiorias e acabaram naufragando. Amaldiçoado, Johnson desistiu da reeleição. Acuado, Nixon renunciou. Os presidentes brasileiros não disseram coisa parecida. Trump nunca teve a força de qualquer um desses antecessores.
A Lei de Murphy diz que, se uma coisa pode dar errado, errado ela dará. O governo do capitão parece disposto a enriquecê-la: Se uma coisa pode dar certo, trabalham para que dê errado. . Elio Gaspari (O Globo)

Tungagem à vista

FIQUE ESPERTO, GUEDES QUER TIRAR R$ 2 TRILHÕES DO SUS
Mesmo subfinanciado o SUS é um exemplo bem sucedido de universalização da saúde pública. Pode melhorar com mais recursos, pois recebe do sistema de seguridade social, uma Coca-Cola pet por habitante. Se houver aporte maior ao orçamento, a saúde pública no Brasil melhora. Mas se tirarem do que já tem, aí vira um caos total e absoluto. Pois acreditem, é o que pretende fazer o ministro da Fazenda Paulo Guedes. Ao propor, via PEC, a desvinculação de recursos da União, Estados e Municípios, desobrigando os ente federativos de investir percentuais constitucionais na saúde, ele quer surrupiar R$ 2 trilhões do SUS em 10 anos. E aí, como imaginar que o Sistema Único de Saúde conseguirá bancar medicamentos caros e tratamentos de alta complexidade, inclusive transplantes?t

Assalariados poderão perder o abono do Pis

SE O CONGRESSO NACIONAL DEIXAR, BOLSONARO VAI CORTAR O SEU ABONO DO PIS
Sabe aquele abono que o trabalhador de baixa renda recebe uma vez por ano? Sim aquele mesmo que você chama apenas de “meu Pis”, que todo ano está lá na Caixa Econômica para ser sacado por quem ganha até dois salários mínimos .
Pois saiba que na PEC 6/19 há um artiguinho que tira o benefício de quem ganha mais de um salário mínimo. Ou seja, numa canetada o governo Bolsonaro vai cortar o abono de milhões de trabalhadores. Segundo a economista e auditora fiscal aposentada da Receita Federal, Maria Lúcia Fatoreli, 91,5 % dos trabalhadores que recebem o abono vão ficar chupando o dedo.

O governo mente e a mídia omite

O governo alardeia um déficit da Previdência superior a R$ 200 bilhões, para justificar a reforma e a ferrada no trabalhador. Mas em nenhum momento fala dos grandes devedores dessa mesma Previdência. E nem a mídia tradicional se dá ao respeito de informar a população sobre os 500 maiores caloteiros que, somados, devem meio trilhão a esta mesma Previdência. Entre os devedores estão: JBS, Bradesco, Itaú, Santander, Caixa Econômica, Vale, Mendes Júnior, Volkswagen, Lojas Americanas, Ford e Pireli .

Suprema humilhação

O PRESIDENTE BOLSONARO DEU SHOW DE VASSALAGEM HOJE NA CASA BRANCA
O que pensar de um governo cujo chefe defende interesses de outro país invés de defender os do seu país?
Foi o que Jair Messias Bolsonaro fez hoje em Washington. O grau de vassalagem ficou explícito em todos os momentos da visita e mais ainda no encontro que teve com Donald Trump, cuja conversa ele não quis revelar, por tratar-se “de segredo de estado”. Nunca se viu tanta submissão de um presidente brasileiro para com uma super-potência. Bolsonaro e o filho Eduardo fizeram declarações desrespeitosas aos cidadãos brasileiros que buscam uma vida melhor na América do Norte. O 02 disse sentir vergonha dos brasileiros que estão ilegalmente naquela país, como se fossem todos marginais. Bolsonaro considera Trump um poço de boas intenções. E para agradá-lo, aboliu a necessidade dos norte-americanos apresentarem vistos de entrada no Brasil, liberou Paulo Guedes para enfatizar que vai vender o Pré-Sal de cabo a rabo e de quebra, e…

A preço de banana

Repare bem o "NOVO" jeito de governar!!!                                  Ciro Gomes, no face

Anos atrás, pelas mesmas práticas entreguistas, de vender patrimônio público por valores muito inferiores ao preço real das estatais, Bolsonaro disse que FHC tinha que ser o primeiro a ser morto.
Um exemplo para reflexão: O maior aeroporto do Nordeste deixou de ser estatal brasileira para ser estatal espanhola. É bom para os espanhóis, mas não é bom para o nosso povo???
E assim vai sendo garantido o futuro das próximas gerações de filhos e netos, não os nossos, mas os de países estrangeiros, no caso citado do exemplo: as gerações espanholas. E concluímos que o slogan "Brasil acima de tudo" foi um estelionato eleitoral. Dia 22 todos nas ruas!!!

Vê se entende

Você por acaso sabe quem é Octavio Lazari? Ele faz parte de um grupo de grandes banqueiros (os maiores do país) que se arma para pressionar o governo e o Congresso Nacional pela reforma da previdência. Lazari vem a ser presidente do Bradesco, um dos bancos que mais fatura com a previdência privada. Entendeu agora?


Os gols contra da Lava-Jato

Combater a corrupção é dever do estado e da sociedade. É dever principalmente do Ministério Público e do Poder Judiciário. A Lava-Jato foi bem -vinda num primeiro momento, mas perdeu credibilidade ao apresentar como resultado ao país, a quebradeira de gigantes da Construção Civil, quando a punição deveria ser dos gestores e não das empresas. O resultado disso, somado ao espírito seletivo que predominou na força tarefa, foi um saldo altamente negativo, tanto político quanto econômico. E a julgar pelas sentenças e pelos investigados presos, fica cada vez mais claro que o objetivo não era exatamente combater a corrupção no país, mas acabar com o PT e inviabilizar a volta do principal líder político brasileiro da atualidade à presidência da república. O PT foi desmilinguido em termos de votos nas últimas eleições, Lula continua inelegível e preso e o país caiu nas mãos belicistas e bravateiras de um capitão reformado do Exército, que já deu demonstrações claras de que tem QI de ameba e p…

Menor do que quando entrou

Um erro comum na análise política é interpretar as vitórias eleitorais como sinal da superioridade dos mais votados e da inferioridade dos derrotados. Os ganhadores seriam “melhores” porque souberam “se dar bem”.
O tempo passa e, muitas vezes, chega-se ao oposto. Quem ganhou se apequena e o derrotado fica maior. Ri melhor quem ri mais tarde. Mais de 70 dias depois da posse, Bolsonaro está menor, antes sequer de que o desgaste inevitável do governo produza efeitos. Não tem sido necessário aguardar para que a realidade frustre as expectativas da população.  . Carta Capital

Não há o que justifique uma omissão dessa

O caso de feminicídio em Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba, foi revoltante e abalou bastante o prestígio da Polícia Militar. Os pedidos da presença da polícia no local foram insistentes e alguns desesperados. A mulher começou a ser agredida pelo marido às 11 horas da noite. Uma viatura da PM só chegou ao local às duas e meia da manhã, quando a mulher estava morta há pelo menos 40 minutos. Não há justificativa para o descaso com que trataram a ocorrência. Dizer que as viaturas estavam atendendo outros casos não justifica. Afinal, o que poderia ser mais urgente do que os gritos de socorro de uma mulher próxima de ser assassinada pelo covarde do marido ?

Governadores do Nordeste se unem em consórcio

                                QUANDO A UNIÃO FAZ A FORÇA
Oito governadores e um vice-governador do Nordeste se reuniram esta semana em São Luís do Maranhão e formaram um consórcio. Objetivo: atuar conjuntamente em defesa da região junto à esfera federal, que tem hoje um comandante pouco a feito às questões sociais. Juntos, os governadores vão planejar políticas públicas de apoio às populações pobres do semiárido, ao mesmo tempo em que cuidarão, com responsabilidade, da gestão pública e da organização das finanças estaduais. Uma das ações práticas definidas é a da compra em conjunto de bens e serviços que, feitas em grandes quantidades, derrubarão preços.
Escolhido por unanimidade o primeiro presidente do Consório de Governadores é Rui Costa, da Bahia. O mandato é de um ano, havendo rodízio entre os integrantes.
“Com o consórcio formalizado, poderemos fazer licitação para a saúde, por exemplo, naqueles itens que forem comuns, e assim mudamos o patamar de escala da licitação. Se for lic…

Mariele vive. E por que vive?

PORQUE MARIELE VIROU UM SÍMBOLO INTERNACIONAL DO COMBATE À VIOLÊNCIA
Muita gente fica intrigada e se pergunta: por que o assassinato da Mariele repercute tanto, se tantas Marieles morrem todos os dias sem que os crimes tenham qualquer destaque? Na crônica policial há crimes que entram para a história e suas vítimas se eternizam como ícones da luta contra a violência. Mesmo naqueles casos em que a vítima sobrevive, seu sofrimento acaba desfraldando bandeiras de resistência à bestialidade humana. É o caso, por exemplo, da Maria da Penha, que comeu o pão que o diabo amassou nas mãos do marido violento. . Mariele é uma vítima emblemática, não de um crime comum , mas de um crime político, contra uma mulher, contra uma vereadora de luta, contra uma ativista de fibra e sobretudo contra a democracia. Quem a matou não queria apenas eliminar uma vereadora incômoda, mas queria sobretudo mandar um recado a todos os que se insurgem contra as injustiças sociais e contra a impunidade de homens e org…

No caminho de volta

O BRASIL ACELERA O PASSO NA SUA CAMINHADA DE VOLTA AO MAPA MUNDIAL DA FOME

A privatização da Telebrás há 20 anos foi celebrada como um passo decisivo para a modernização das telecomunicações no Brasil. A modernização ocorreu sim, e isso é incontestável. Mas ocorreu, é bom que se diga, por conta da modernização tecnológica (irreversível) e não da privatização do sistema. No caso brasileiro, a privatização foi ruim, porque a agência reguladora criada para torear a ganância das operadoras privadas não conseguiu evitar a escalada absurda das tarifas e nem implantar um sistema de celular e internet eficaz, que não gerasse enxurradas de reclamações nos procons, brasil a fora. Sustentava-se à época que o fim do monopólio estatal resolveria todos os problemas da telefonia fixa, móvel e da banda larga. Resolveu em parte, porque as dores de cabeça são imensas, inclusive com a péssima qualidade da internet em pelo menos 2.221 municípios brasileiros, onde a fibra ótica ainda não chegou. E porque …

Guedes anuncia o ponto de partida para um tempo de caos social absoluto

PRESTEM ATENÇÃO PORQUE ISSO É MUITO GRAVE:

Uma entrevista do ministro Paulo Guedes publicada neste domingo no Estadão é uma verdadeira ameaça à população pobre do Brasil. Ele anuncia que o governo vai mandar para o Congresso uma proposta de emenda constitucional que desobriga estados e municípios a cumprirem tetos mínimos de gastos sociais, o que já vinha sendo feito pela União por meio da PEC dos gastos, pasmem, aprovada por deputados e senadores durante o governo do vampiro Michel Temer. A proposta de Guedes piora ainda mais a situação, porque leva para o âmbito também dos municípios, a desobrigação de ter que gastar , por exemplo, um mínimo de 25% do seu orçamento com a educação e igual proporção com a saúde. Isso tudo vem no bojo da reforma da previdência, que deve inviabilizar a aposentadoria para a esmagadora maioria dos trabalhadores brasileiro. O anúncio feito pelo super-ministro da economia é uma espécie de cronica do genocídio anunciado. Se a situação social do país já é gra…

Lava-Jato entrega a Petrobrás para os EUA

. Do portal 247
O portal Conjur, o mais respeitado site jurídico do País, revela detalhes do acordo firmado entre a força-tarefa da Lava Jato, a Petrobras e o Departamento de Justiça dos Estados Unidos. Em troca dos R$ 2,5 bilhões que serão entregues pela estatal a uma fundação capitaneada pela República de Curitiba, chefiada por Deltan Dallagnol, a estatal irá repassar informações comerciais sigilosas e suas patentes ao governo norte-americano. Ou seja: a Petrobrás não é mais brasileira e o Brasil passa a ser oficialmente uma colônia. Leia, abaixo, a reportagem do jornalista Fernando Martines, do Conjur:
Por Fernando Martines, do Conjur – Ao que tudo indica, a "lava jato" se tornou um canal para o governo dos Estados Unidos ter acesso aos negócios da Petrobras. A multa de R$ 2,5 bilhões que será desviada do Tesouro para um fundo gerido pelo Ministério Público Federal, na verdade, inicialmente seria paga ao Departamento de Justiça dos Estados Unidos (DoJ). Em troca do dinheir…

Cuidado Haddad, Bolsonaro quer te pegar!

E SABE COMO? ENCONTRANDO O ESCONDERIJO DAS MAMADEIRAS DE PIRÓCA

“Lava-Jato da Educação”. A operação é um manifesto desejo de Jair Bolsonaro, o candidato. Mas Jair Bolsonaro presidente não desistiu da ideia e quer mandar investigar o MEC de todo jeito, para pegar ele não sabe o que mas sabe para punir quem . O jornalista Reinaldo Azevedo , que não é necessariamente um petista, mas sim um antipetista imperdernido, levanta a questão em artigo publicado hoje na Folha de São Paulo e no portal UOL. “É para punir Fernando Haddad, que Bolsonaro e bolsonaristas querem ver na cadeia". Quem sabe na nova Lava Jato, que poderá ter a orientação do ministro Sérgio Moro, o presidente Bolsonaro consiga encontrar o que procura. Encontrar, talvez, mais alguns milhares de exemplares do “kit gay” e algum depósito clandestino das tais mamadeiras de piróca. Quem sabe?

Cinzas no mundo do trabalho

Vinícius Torres (Folha de São Paulo)
É o caso de prestar atenção no que se passa, até porque um dos pilarzinhos da quase estagnação econômica, as estacas dessa palafita, é o consumo, que em parte grande depende da recuperação de emprego e salário. Há cheiro de queimado no mundo do trabalho: 1) Emprego e salário desaceleram desde o terceiro trimestre do ano passado; 2) A precarização aumenta; 3) Setores em que houve grande devastação do trabalho, mal se recuperam (construção civil) ou têm sintomas de resfriado (indústria); 4) Não há decisões de políticas públicas que tratem da grande desgraça do emprego, de um setor ainda em recessão, o da construção civil; 5) O ritmo de criação de emprego formal desacelera e começa a ficar relevante a quantidade de empregados pelo regime de trabalho intermitente, o que suscita pelo menos uma dúvida séria sobre a qualidade do trabalho oferecido com carteira assinada. Uma das categorias de emprego que crescem de modo mais rápido e relevante é o “por conta própr…

Chupa essa manga

Bolsonaro vai mesmo criar a carteira profissional que não garante direitos trabalhistas ao empregado. A carteira de trabalho com capa verde e amarela está sendo gestada no Ministério da Fazenda e vem no bojo da reforma da previdência a ser implantada com a aprovação dessa. Quem tiver essa carteira abre mão dos direitos trabalhistas, inclusive férias e 13º. salário. Segundo o bem informado jornalista político Kennedy Alencar, o empresariado não vê a hora de poder contratar e remunerar o tempo trabalhado, sem ter que pagar vantagens sociais consagradas na CLT desde Getúlio Vargas. Paulo Guedes acha que assim o empresariado terá mais disposição para empregar. Nesse contexto, pobre do trabalhador que tiver a carteira azul. Ao se candidatar a uma vaga, ouvirá do empregador a seguinte pergunta : “Qual ao cor da sua carteira?”. Se responder que é azul, ouvirá simplesmente: “Sinto muito, mas não há vaga. Quando optar pela verde e amarela, quem sabe...”. Com esse novo tipo de contrato de trab…

Um mata leão no sindicalismo

O fim do imposto sindical estabelecido na reforma trabalhista foi um duro golpe nos sindicatos obreiros, que já tinham perdido a obrigatoriedade da taxa negocial. Agora, salve-se quem puder, porque uma medida provisória do presidente Jair Bolsonaro acaba com qualquer possibilidade do desconto em folha, remetendo o pagamento do imposto ao boleto bancário, para o trabalhador pagar se achar que deve. Enfim, o presidente Bolsonaro, que já pregava na campanha a fragilização do trabalho ante o capital, deu um mata leão no sindicalismo. Foi além: golpeou a Justiça Trabalhista, que ficará impedida de julgar ações das entidades sindicais que buscam sapida jurídica para recompor minimamente suas fontes de financiamento.

Ratinho surpreende

“Fiz o que ele e qualquer outro faria no meu lugar. É apenas um gesto de solidariedade para um ex-presidente”, disse  Ratinho Júnior quanto jornalistas lhe perguntaram sobre os motivos que o fizeram  liberar um avião do governo do levar Lula ao velório do Neto. Com o gesto de grandeza , Ratinho ganhou pontos.


Os abutres exultam

" O que diferencia seres humanos de feras é o respeito pelos mortos. Mas talvez me equivoque e os elefantes e outros bichos tenham maior respeito pelos de sua ordem do que certos bichos que se intitulam humanos. Malditos sejam os que se alegram com a morte do próximo". Professor Roberto Romano da Silva (Unicamp) PS: Ele se refere aos que comemoraram a morte do neto de Lula , como haviam comemorado a morte de dona Marisa e do irmão do ex-presidente, sobre o qual não perderam as oportunidades de tripudiar feito abutres. Foi o caso de Eduardo Bolsonaro.