Pular para o conteúdo principal

Pra não dizer que não falei das flores...



O Clube.38 está na moda e está na mídia. Localizado na cidade catarinense de São José, tem como assíduos frequentadores os irmãos Carlos e Eduardo Bolsonaro. Lá esteve também, curiosamente na mesma época em que Carlos passou uma temporada treinando duro para aperfeiçoar a pontaria, ninguém menos de que Adélio Bispo.
Adélio estava desempregado e foi de Montes Claros para São José fazer uma horinhas de aula de tiro, que custa a bagatela de R$ 100,00 a hora. Depois, o homem que esfaqueou Jair Bolsonaro passou um mês na cidade catarinense e só depois retornou à  Minas. “Dois dias após Adélio ter ido treinar sua mira no clube, Carlos chegou ao local para mais um fim de semana de descanso em meio às armas”, publicou em reportagem o site DCM.
A pergunta que fica é a seguinte: como explicar que Adélio, que treinava tiro e que, pelo menos teoricamente era um exímio atirador, cometeu um atentado a faca contra um candidato a presidente da república? Mesmo cometendo o ato tresloucado no meio de uma multidão de fãs do “mito” ele escapou ileso, sem nenhum arranhão. Melhor  assim, mas que foi algo que contraria a lógica, isso foi. Ou não?

Comentários

Anônimo disse…
Ai é tão bonitinho fazer arminha affff....
Eu disse…
Será que o ministro da justiça a gazela emburrada de Maringá o Moro sabe da verdadeira história desta trama macabra?
Anônimo disse…
Messias fale da greve da educação contra a politica educacional do Bozo que está acontecendo em todo Brasil e está forte aqui em Maringá.
Hudson disse…
Se investigarem essa milícia, digo família, não sobra um. A rede é muito grande. Os "lambaris" entregarão o serviço e só restará o impeachment. O que será que o marreco vai fazer? Calar-se até outubro de 2020?
Famiglia Bozo e os milicianos.
Irineu disse…
Nosso dignifico, excelentissimo honesto, transparente, competente idolatrado mito ate agora nao entregou nada que nao foi prometido. Quem disser que foi traido e um tremendo mentiroso. Salve o mito. O melhor politico de todos os tempos. Brasil acima todos e "deus" acima de tudo e a america para os americanos. Que seja aprovado logo esta regorma. Escola e artigo de luxo. Quer estudar pague. Mito mito mito kkkkkkkkk.
Venho aqui dar uma força ao Bozo e dizer que apoio completamente suas palavras quando ele diz: "Não nasci para ser presidente" Tem meu apoio, e nem precisava falar. "Estou velhinho para o cargo com a saúde meio debilitada" Concordo Capitão Aproveita que ninguém mais te aguenta, renúncia e vá pescar. "Tem de mudar isso aí" Assino embaixo.
Cassio Marcelo de Oliveira Alves disse…
Pra mim o GOLPE esta em andamento ..BOZO, o bode, foi tolerado e testado por um tempo, bombou, como se esperava.

Depois da reforma da previdência, provável, com contas abertas da milícia, distanciamento de Rodrigo Maia, descontentamento popular crescente, com TETO NOS GASTOS ..por ser ele próprio quem é, um tirano sociopata IGNORANTE ..BOZO CAI !!!

Assume MOURÃO, o mesmo que convidou MORO pro governo ..Mourão que atendeu à gratidão das Forças Armadas pra com o Juíz de Piso, pelo GOLPE sujo dado por este contra a democracia (LULA), a constituição, e as grandes empresas brasileiras.

Minha duvida é se os militares quererão sair tão cedo, ou se não irão querer reeditar 1968 (AI5) ..ou, PIOR, com este
STF-TSE e com URNAS inauditáveis, se vão arriscar e tentar passar a impressão de que seriam conduzidos por "unanimidade" em 2022/2026/2030...

MELHOR reflexão do dia vem de HADDAD : "..acho que a nova republica acabou .." disse

Postagens mais visitadas deste blog

Eudes venceu a Covid e está em casa. Parabéns, grande santista!

O Eudes Januário, ex-secretário municipal do Meio Ambiente (gestão Zé Cláudio/João Ivo) ficou 51 dias na UTI do Hospital Municipal com a Covid 19. Foi entubado e passou por momentos difíceis. Hoje de manhã ele recebeu alta e já está em casa com a família. Venceu o coronavírus, o grande santista Eudes.

Tal pai, tal filho?

Mera coincidência ?
--------- Um professor da UEM ia todo sábado pegar filmes em uma locadora da Avenida Morangueira. Certo dia, durante um período eleitoral, ele chegou no balcão e escolheu um monte de fitas. Quando o funcionário relacionava os filmes que seriam levados pelo professor para devolução na segunda-feira , chegou o dono da locadora, vestindo uma camiseta com a sigla PT em vermelho no peito. Enfurecido, o professor deixou as fitas no balcão, saiu bravo e mandou que cancelassem sua ficha que ali não voltaria mais. Acreditem, a história é verídica. Nome do professor: Dalto Moro (+), que aliás foi meu professor de Geografia no curso de Estudos Sociais na UEM. Dalto, muito bom na matéria que lecionava, diga-se de passagem, nutria um ódio inexplicável do PT e seu líder máximo. Aliás , o mesmo ódio que nutre seu filho Sérgio, que anos mais tarde acabou colocando Lula na cadeia.

Coisa de governador cagão

Incluir os estados na reforma da previdência é um esforço que só governadores medrosos fazem. Se o Brasil é uma federação e cada estado tem seu parlamento, qual o problema dos governadores proporem reformas próprias para as previdências estaduais e submeter seus projetos ao debate com os deputados estaduais?