28 de maio de 2013

Cala a boca, Batista!!!



Essa do  Amado Batista dizer que foi torturado pela ditadura militar  mas que mereceu apanhar , foi mesmo o fim da picada. Ao ficar cara-a-cara com  Marília Gabriela, no SBT,  o cantor  comparou a tortura que sofreu  a um "castigo de criança".

"Eu acho que quando uma criança cospe na sua cara, chuta sua canela, o que o pai deve fazer? Não deve corrigir? Então, eu estava fazendo a mesma coisa, que não era uma coisa correta. Fui torturado porque, na época, trabalhava em uma livraria e permitia que professores procurados pelos militares lessem livros proibidos naquele período. Eu acho que eu não tinha de estar contra, brigando contra o governo. O governo estava nos defendendo de pessoas que estavam querendo tomar o País à força, com armas nas mãos."

Gabi reagiu: "Você está louco, Amado?"
 Amado ficou sem saber o que dizer, porque simplesmente não tinha o que dizer depois das bobagens que disse. No dia seguinte ele foi procurado por vários jornalistas, mas sumiu, não atendeu ninguém. E porque atenderia? Para desmentir o que disse sem meias palavras?
Para quem via nele um alienado, o negócio é virar o disco, porque o cara é mais do que isso, é um perfeito idiota.
Lembram do Planeta dos Homens, daquele personagem que o Jô Soares mandava calar a boca?

Nenhum comentário: