13 de outubro de 2015

Riquezas da nossa América


Víctor Jara foi um destacado artista chileno. Diretor de teatro, compositor, cantor, líder do movimento da Nueva Canción Chilena, que gerou uma revolução na música popular de seu país durante o governo de Salvador Allende. Foi professor de jornalismo na Universidade do Chile onde, vítima do regime sanguinário de Pinochet, foi preso, torturado e fuzilado. Alguns livros da história do golpe militar que derrubou (e também assassinou) Salvador Allende, informam que Jara teve suas mãos cortadas depois de morto. Mas esta versão não é confirmada. O que se sabe, de fato, é que seu corpo foi abandonado na rua de uma favela em Santiago.

Nenhum comentário: