15 de dezembro de 2015

Acredite se quiser mas ele está livre de condenação


Acreditem : Jairo Gianoto está livre dos processos que haviam contra ele, que não eram poucos. Ontem o STJ mandou arquivar o último processo criminal que ainda restava.
No Recurso Especial – RESP – número 1.254.492/PR ele reduziu a sua pena remanescente, que era de 4 anos e 11 meses de reclusão, para 3 anos 2 meses e 15 dias. Em seguida decretou a prescrição.
Acusado pelo Ministério Público de  surrupiar quase meio milhão de reais dos cofres municipais no que se convencionou chamar “Esquema Jairo-Paulichi” , o ex-prefeito de Maringá  não tem mais nenhuma condenação, continua primário e com bons antecedentes. O acórdão deve ser publicado amanhã no site do STJ.
O que seria isso, deficiência da justiça , falha do Ministério Público na condução das investigações e formatação dos processos ou competência dos  advogados de defesa?
Confesso que estou perplexo, mas não me atreveria a chamar de ladrão um réu primário.

Nenhum comentário: