Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2013

R$ 6 bi a menos no C.U.

O Conselho Nacional de Justiça manteve liminar concedida à OAB/Pr que impede a transferência para o tal Caixa  Único do  governo Beto Richa dos R$ 6 bilhões dos depósitos judiciais que estão sob a guarda do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR).
É menos dinheiro da C.U. para o governador trabalhar pensando na reeleição.

. Do facebook

A voz rouca do pato...

Naquela mesa está faltando ele...

Direto do facebook

Viva a criatividade!

Pincei do facebook

Vamos refletir sobre a nossa desordem?

“As coisas estão a tomar um açodamento muito estranho. Emissoras de TV quase a querer conduzir as manifestações. Pessoas até então lúcidas a agir e apoiar os mais destemperados atos. Sei não. Acho que o momento é de refletir sobre a nossa própria desordem”.
. José Maschio (jornalista em Londrina)

Meu comentário: Maschio (Ganchão), um dos grandes do jornalismo paranaense, está coberto de razão. Há muito destempero nessa onda de protestos. Claro que tudo isso é positivo, que podemos começar a partir daqui as grandes reformas que o país precisa, como a reforma política e a tributária, mas que tem muita gente se aproveitando da situação, ah isso tem mesmo. Os espasmos de destempero, entretanto, não podem servir como justificativa para que se criminalize o movimento, que é nacional. Quanto às hostilidades pra cima de partidos de esquerda, é compreensível, principalmente a partir da constatação de que a instituição partidária no Brasil está desmoralizada. Ainda que agremi…

Aqui como no resto do Brasil

Que me lembre , só a de 1968, quando uma multidão perseguiu e vaiou o governador Paulo Pimentel, se equipara ao que houve hoje em Maringá. Uns falam em 10 mil,outros em 15 e há quem fale em 20 mil pessoas, muitas das quais estavam até há pouco no Terminal Urbano e vaiando a presença da PM.
A manifestação deveria ser pacífica, mas diante do clima que se verifica em todo o país, sempre tem aquele grupo mais exaltado que acaba fazendo besteira. Em Maringá não foi diferente. Pelo que me informou um garoto que esteve presente, andaram quebrando vidraças na Prefeitura, o que é lamentável. O prefeito Roberto Pupin foi xingado, mas do jeito que os ânimos estavam exaltados fosse quem fosse o prefeito, seria hostilizado.
Aqui como no resto do país, os manifestantes fizeram questão de deixar claro que tratava-se de um movimento apartidário. Tanto que sobrou para o PSTU, que também em Maringá teve bandeiras arrancadas das mãos de seus membros.
Ainda no início da concentração em frente…

Direto ao ponto

As manifestações de protesto que surgem em todo o país não são contra Dilma, nãosão contra Lula, não são contra FHC. É uma insatisfação coletiva, fruto de muita demanda reprimida, da péssima distribuição de rendas, da moleza que o fisco dá para as grandes fortunas, dos gastos exagerados com a Copa. O aumento de passagens de ônibus é apenas um pretexto para a explosão social. É preciso compreender esse contexto, é um erro simplificar as coisas e achar que há um vilão ou uma vilã nessa história . A grande vilã é a classe política como um todo e nós eleitores, nos incluímos nessa, porque também votamos mal e porcamente. Se todos esses protestos tiverem , e felizmente não têm, apenas o governo como alvo, com certeza, a mobilização está fadada ao fracasso, não vai a lugar nenhum. Compreender o momento, fazer a leitura correta dos acontecimentos é tudo o que o país precisa nesse momento, até como forma de iniciarmos, pra valer, o processo de profilaxia de que tanto necessitamos…

O som da democracia

Qual outra explicação?

Por que será que o estacionamento que substituiu (temporariamente) o prédio histórico da Rodoviária Américo Dias Ferraz de Maringá amanheceu fechado, com correntes e cadeados? Bem ao lado, em frente ao terminal de ônibus urbano haverá uma grande manifestação de protestos hoje às 17 horas. Seria por isso, para evitar que a população ocupe este espaço? Se for, não creio que as correntes serão barreiras para que o povo adentre , sem pedir licença, ao local. Vamos aguardar.
Foto: Blog do Rigon

Do limão, JK fez uma saborosa limonada

A presidente Dilma, que previa as vaias e por isso nem discursou no "Mané Garrincha", ficou de maus bofes e tratou logo de declarar aberta a Copa das Confederações de 2013. Convenhamos, faltou a ela o que sobrou ao grande Juscelino Kubitschek : presença de espírito para tirar as vaias de letra. Conta a história que JK, estrepitosamente vaiado ao pegar o microfone para discursar para uma plateia repleta de estudantes, reagiu assim:

- Feliz é a nação que pode vaiar seu presidente.

Não deu outra: houve uma explosão de aplausos.

A fufa e o fole, companheiro!

A isenção total do PIS e Cofins para o transporte coletivo urbano vigora desde janeiro. Só isso justificaria a redução em R$ 0,10 na passagem da TCCC já a partir do segundo mês do ano. Mas ao contrário, o prefeito de Maringá autorizou um reajuste, para depois baixar o que havia majorado, quando na verdade a tarifa deveria ter caído ainda mais agora, por conta de outras duas isenções fiscais – o ICMs do óleo diesel e a isenção total do ISS, um imposto municipal.
Quando se pergunta porque há protestos em Maringá contra a passagem de R$ 2,55 é exatamente por isso, o que prova que a população não é boba, não passou batida nesse efeito sanfona. Nos meus tempos de moleque, brincando de salva na Favela Cleópatra, a gente chamaria isso de “gorpe da sarchicha”. Levando para o campo da música, especialmente do instrumento que para produzir aquele maravilhoso som precisa ter seu fole puxado, lembro da canção do gaúcho Garfunkel – A fufa e o Fole.

Assistindo a aula de futebol da Espanha

Debate no Face Book

Messias Mendes AlmeidaÉ muito importante esse debate da integração e da região metropolitana, mas alguns pingos precisam ser colocados nos is. Primeiro é necessário lembrar que a integração do passe para moradores de Sarandi e Paiçandu veio pela metade, porque esses passageiros vão ter que pagar uma diferença no segundo embarque, que é o que o coordenador da RMM, João Ivo Caleff não aceitava quando propôs o convênio, com intermediação do Estado, que o então prefeito Silvio Barros II e seu vice Pupin, se recusaram a assinar. O segundo ponto, é que todo o mérito da criação da Região Metropolitana de Maringá é do ex-deputado estadual Joel Coimbra. O que a deputada Cida Borghetti  fez, foi propor emendas, aumentando o número de municípios, inclusive descaracterizando o projeto original que previa 8 e hoje está com mais de 20. Em tempo: essa redução de passagem e integração meia boca vieram agora por causa da pressão da sociedade e por conta das isenções fiscais dos governos estadual e fed…

Quer sair no JN? Então, preste atenção

" Manifestação pública que se preza tem que sair no Jornal Nacional. E para sair ir lá, alguns ingredientes se fazem necessários: alguém ateando fogo nas próprias vestes, jovem com o roto sangrando, PM descendo o cassetete e dá-lhe jatos de água e bombas de efeito moral. Esse cenário ideal só  é possível com a conjunção de fatores como alguém se imolando e arruaceiros promovendo quebra-quebra, tudo dentro do horário que permita a cobertura das TVs, lá pelas 10 e 17 horas, em locais com grande concentração".

. Blog do Cícero Catani

Clima de terra arrasada

De um amigo, militante de esquerda que nasceu,mora e ama Sarandi, ao conversar comigo hoje no facebook::
“Sarandi parece terra arrasada, oposição muito fragmentada e principalmente, fragilizada. A situação numa sinuca de bico dessas e a oposição não consegue botar o bloco na rua. O estrago que as eleições proporcionaram aqui foi grande.
Agora mesmo a prefeitura quer aumentar o perímetro urbano na cidade – pra favorecer as loteadores novamente – e não tem mobilização de massa contra. Tá tenso”.
Ele lamenta a volta do Carlos De Paula, lamenta mais ainda a pasmaceira dos grupos políticos adversários e a ausência total de mobilização popular em defesa de uma Sarandi menos problemática

Twitadas que incomodam

As farpas do senador Requiao, atiradas via twitter contra  Beto Richa tem deixado os assessores diretos do governador preocupados. Isso porque , pesquisas internas apontam crescimento do adversário nas pesquisas de intenção de votos para 2014. O que mais tem pegado, sigla do Caixa Unico , criado com o objetivo de unificar as contas bancarias do governo estadual, virou motivo de piada. Como quem tem CU tem medo, Beto trata de desarmar essa bomba relógio, tentando encontrar saída para evitar que as twitadas requionicas se propagem pela mídia estadual.

Correio sentimental

Requião oferece para Pessuti, como prova de carinho e amizade