15 de junho de 2013

Debate no Face Book


  • Messias Mendes Almeida É muito importante esse debate da integração e da região metropolitana, mas alguns pingos precisam ser colocados nos is. Primeiro é necessário lembrar que a integração do passe para moradores de Sarandi e Paiçandu veio pela metade, porque esses passageiros vão ter que pagar uma diferença no segundo embarque, que é o que o coordenador da RMM, João Ivo Caleff não aceitava quando propôs o convênio, com intermediação do Estado, que o então prefeito Silvio Barros II e seu vice Pupin, se recusaram a assinar. O segundo ponto, é que todo o mérito da criação da Região Metropolitana de Maringá é do ex-deputado estadual Joel Coimbra. O que a deputada Cida Borghetti  fez, foi propor emendas, aumentando o número de municípios, inclusive descaracterizando o projeto original que previa 8 e hoje está com mais de 20. Em tempo: essa redução de passagem e integração meia boca vieram agora por causa da pressão da sociedade e por conta das isenções fiscais dos governos estadual e federal. E ainda por cima o município de Maringá teve que engolir uma isenção de ISS para a empresa que detêm o monopólio do transporte coletivo urbano.

Nenhum comentário: