19 de dezembro de 2015

A crise construída


O PT prova hoje do próprio veneno.No passado, fez de tudo para ajudar na construção das crises econômicas que eram frequentes. No presente, são adversários que constroem a crise , criando um clima de terra arrasada no país. Depois do golpe que levou do Supremo, a oposição tenta se recompor para voltar a oxigenar o processo de impeachment, o que aliás vem tentando construir desde que Dilma tomou posse para o segundo mandato.

O fato alimentador dessa construção pós-derrota do jeito Eduardo Cunha de conduzir o processo na Câmara , foi a saída ontem do ministro Joaquim Levy. A troca de ministro da fazenda é o combustível que alimenta a indústria do caos neste final de semana. 

Vi, ouvi e li opiniões de vários líderes oposicionistas e de economistas sobre a entrada de Nelson Barbosa no posto de principal gestor da política econômica. É de apavorar. O objetivo é exatamente este, assustar a sociedade brasileira e ao mesmo tempo, colocar receio no mercado, porque é por aí que o Brasil vai para o brejo e com o país, com todos nós, vai o governo Dilma e o PT, cuja perspectiva de enfraquecimento é o sonho do PSDB e suas figuras sinistras, tipo FHC, Serra, Aécio, Ackmin, Aluísio.

Nenhum comentário: