11 de abril de 2016

Acreditem, mas aplaudiram o assassinato dos sem terra na ALEP


Na sessão de sexta-feira na Assembleia Legislativa do Estado, muita gente que ocupava as galerias, aplaudiu a morte dos sem-terra na Fazenda Araupel. A PM se disse surpreendida por uma tocaia, mas o senador Requião denuncia que um dos trabalhadores mortos levou um tiro nas costas. Como pode alguém que está de tocaia ser alvejado nas costas? O aplauso pelo assassinato de dois seres humanos  seria caso de prisão em qualquer país democrático  do mundo, por incitação à violência. Ainda mais que está provado que as terras da Araupel são devolutas. Já há decisão judicial determinando que tal propriedade pertence à União. Portanto, os invasores da fazenda não são exatamente os trabalhadores sem-terra.



Nenhum comentário: