2 de junho de 2012

Aditivos em série

"A Prefeitura de Maringá assinou o quarto aditivo do contrato com a Engemim Engenharia e Geologia, de Pinhais, e prorrogou até novembro deste ano a entrega dos serviços contratados há mais de dois anos, ou seja, a elaboração de projeto e estudo de viabilidade, técnica, econômica e ambiental, estudos ambientais, desapropriação e projeto básico e executivo, para implantação e pavimentação do Contorno Sul Metropolitano de Maringá, na BR-376/PR, trecho de 32,2 quilômetros. A empresa foi contratada por R$ 1.704.090,61. A licitação é de março de 2010 e os serviços deveriam estar concluídos em até seis meses após a homologação do certame". Lendo esta nota no blog do Rigon não resisti a tentação de relembrar o caso do Novo Centro. A possibilidade de fazer aditivos e mais aditivos é que provocou um atraso de pelo menos 4 anos nas obras de rebaixamento. E um projeto que seria executado em 40 meses ao preço de R$ 43,8 milhões já passa dos R$ 100 milhões.

Nenhum comentário: