9 de dezembro de 2010

Recordar é viver


Vejo agora no blog do Miguel Fernando uma foto do glorioso Grêmio Esportivo Maringá, o verdadeiro Galo do Norte, que foi bi-campeão do Estado e tri do Norte. Esse aí , informa Miguel " logrou sucesso no Campeonato Paranaense, Série Norte, por três vezes consecutivas: 1963, 1964 e 1965. Em uma rara publicação, vemos todos os jogadores, equipe técnica e diretoria do saudoso Grêmio Esportivo Maringá".

Acompanhei este Grêmio de perto, vibrei muito com os gols do Zé Garoto(nesta foto de 1965 já não estava mais na ativa). Quem acompanhou aquele Grêmio não esquece a elegância do volante Macário, a inteligência do Zuring, as arrancadas para o gol, do Edgard, a categoria do Roderlei, a firmeza na marcação do volante Macário e a ousadia nos dribles do carequinha Danúbio, terror dos laterais direitos do Paraná.
Esse Grêmio era o Grêmio dirigido pelo técnico Nestor Alves da Silva, presidido pelo
inesquecível Navarro Mansur.
Os outros Grêmios que vieram depois foram arremedos. Um, o de Esportes, fundado pelo Elnio Apucarana Pholmann, até que foi longe, chegando a conquistar um título estadual, mas nem se compara com este aí da foto.
Por este Grêmio passaram também estrelas como Ademir Rodrigues, Iaúca, Evir (goleiro que parecia sózia do Elvis Presley), Peter, Ariston, Adilson (goleiro que veio do Arapongas) , Valter Prado e Ademir Fragoso, entre outros.

Nenhum comentário: