15 de dezembro de 2010

Sangue Desnatado

Descobri esse ótimo blog ontem à noite, peruando pela blogosfera. É de Umuarama, de uma advogada chamada Fátima Wolf, que escreve maravilhosamente bem e posta textos de outros escribas, sempre textos de ótima qualidade, literária inclusive. Pincei o trecho de uma bela crônica da Marta Medeiros, sobre dores...de saudades:

"Trancar o dedo numa porta dói. Bater com o queixo no chão dói. Torcer o tornozelo dói. Um tapa, um soco, um pontapé, dóem. Dói bater a cabeça na quina da mesa, dói morder a língua, dói cólica, cárie e pedra no rim. Mas o que mais dói é saudade.
Saudade de um irmão que mora longe. Saudade de uma cachoeira da infância. Saudade do gosto de uma fruta que não se encontra mais. Saudade do pai que já morreu. Saudade de um amigo imaginário que nunca existiu. Saudade de uma cidade. Saudade da gente mesmo, quando se tinha mais audácia e menos cabelos brancos. Dóem essas saudades todas...".

. http://sanguedesnatado.blogspot.com

Nenhum comentário: