6 de dezembro de 2010

Simon teme por Dilma


Ouvi entrevista do senador Pedro Simon (PMDB-RS) sobre o ministério da presidente Dilma. Criticou duramente os critérios de escolha, principalmente dos ministros do seu partido. Lamentou que alguns estejam sendo indicados pela relação de amizade, ou com Lula ou com Sarnei, como é o caso de Edson Lobão, que até hoje ninguém entendeu como foi parar nas Minas e Energia.
Disse que no primeiro turno votou na Marina e nos egundo votou em Dilma, porque jamais votaria em Serra. Não está nem um pouco arrependido dos votos que deu no primeiro e no segundo turno, mas está achando estraho que o maior peso na formação do ministério do governo Dilma Roussef não é de Dilma, mas de Lula. "É incompreensível que a presidente eleita não esteja tendo voz ativa na composição do seu governo. Estou preocupado com a forma como é conduzido o processo de montagem do governo que assume dia primeiro", disse o senador gaúcho, acrescentando:"Além de conpetência técnica, fico pensando que um governo para corresponder as expectativas que criou precisa ser composto por figuras de reconhecida competência técnica e de irretocável conduta moral e ética. Não estou sentindo que seja este o caso de boa parte dos indicados".

Nenhum comentário: