2 de dezembro de 2010

Verso e reverso

Continua grande a expectativa num certo prédio da Avenida Prudente de Moraes, em Maringá, quanto ao futuro do seu proprietário no governo Beto. Ou, quem sabe, uma "boquinha" no governo Dilma. Na fonética do ÃO, não falta rima e sobra verso quando o mote é frustração.

2 comentários:

Anônimo disse...

CONSUMO INTERNO:
Veja isso Messias: http://g1.globo.com/economia-e-negocios/noticia/2010/12/juiz-declara-fator-previdenciario-inconstitucional.html

JOSÉ ROBERTO BALESTRA disse...

Q'bão!!! Valei-m' meu São Serapião!