22 de fevereiro de 2015

Primeira vítima fatal do pacotaço

O professor Luís Carlos da Silva sofreu um AVC e faleceu esta semana, depois de se mostrar contrriado e até indignado com o queo governo Beto Richa estava fazendo com a escola que ele dirigia em Juranda, município da região de Campo Mourão. Segundo o deputado profesor Lemos,  Luís Carlos da Silva, diretor do Colégio Estadual João Maffei Rosa tombou lutando contra o pacotaço do governo Beto Richa.
Pra se ter uma ideia do tamanho da angústia do professor Luiís Carlos, o parlamentar relada: “ O colégio dele foi impedido de fazer matrículas do ensino médio noturno. A vice-diretora foi exonerada. Duas pedagogas foram tiradas da escola. O governo ainda fechou várias turmas. Tem alunos tendo que ir estudar nos municípios de Ubiratã e Rancho Alegre”.
Professor Luís morreu  ontem à noite aos 46 anos de idade, provocando grande comoção em toda a região Oeste do Paraná.  “Juranda está de luto pela morte prematura de um grande batalhador da educação”, lamenta ou professor e vereador Molina (PT).
Fonte: Blog do Esmael Morais

Nenhum comentário: