Pular para o conteúdo principal

É aí que mora o perigo



Bolsonaro vê inimigo imaginário em tudo que é canto. Por isso, trava uma briga diária com o bom senso, expondo o Brasil ao  ridículo e ao perigo constante. Seu sonho de tornar o país em uma nova ditadura tem seguidores e não são poucos. 

Comentários

Anônimo disse…
UM CRISTÃO NÃO PODE DEFENDER A DITADURA E ESTE GOVERNO DE MILICIANOS QUE PREGAM O ÓDIO.
Jorjão disse…
Haiti
Caetano Veloso

Quando você for convidado pra subir no adro
Da fundação casa de Jorge Amado
Pra ver do alto a fila de soldados, quase todos pretos
Dando porrada na nuca de malandros pretos
De ladrões mulatos e outros quase brancos
Tratados como pretos
Só pra mostrar aos outros quase pretos
(E são quase todos pretos)
E aos quase brancos pobres como pretos
Como é que pretos, pobres e mulatos
E quase brancos quase pretos de tão pobres são tratados
E não importa se os olhos do mundo inteiro
Possam estar por um momento voltados para o largo
Onde os escravos eram castigados
E hoje um batuque um batuque
Com a pureza de meninos uniformizados de escola secundária
Em dia de parada
E a grandeza épica de um povo em formação
Nos atrai, nos deslumbra e estimula
Não importa nada:
Nem o traço do sobrado
Nem a lente do fantástico,
Nem o disco de Paul Simon
Ninguém, ninguém é cidadão
Se você for a festa do pelô, e se você não for
Pense no Haiti, reze pelo Haiti
O Haiti é aqui
O Haiti não é aqui
E na TV se você vir um deputado em pânico mal dissimulado
Diante de qualquer, mas qualquer mesmo, qualquer, qualquer
Plano de educação que pareça fácil
Que pareça fácil e rápido
E vá representar uma ameaça de democratização
Do ensino do primeiro grau
E se esse mesmo deputado defender a adoção da pena capital
E o venerável cardeal disser que vê tanto espírito no feto
E nenhum no marginal
E se, ao furar o sinal, o velho sinal vermelho habitual
Notar um homem mijando na esquina da rua sobre um saco
Brilhante de lixo do Leblon
E quando ouvir o silêncio sorridente de São Paulo
Diante da chacina
111 presos indefesos, mas presos são quase todos pretos
Ou quase pretos, ou quase brancos quase pretos de tão pobres
E pobres são como podres e todos sabem como se tratam os pretos
E quando você for dar uma volta no Caribe
E quando for trepar sem camisinha
E apresentar sua participação inteligente no bloqueio a Cuba
Pense no Haiti, reze pelo Haiti
O Haiti é aqui
O Haiti não é aqui

Composição: Caetano Veloso / Gilberto Gil
Irineu disse…
Com PT e esquerdas no poder a fome foi erradicada, o PIB cresceu 5x, o salario minimo que era de U$ 70.00 no gov FHC passou para U$ 350 no gov Lula; alem de +de 20 milhoes de empregos terem sido gerados. Hoje no entanto bosonario e acolitos estao trasformando um pais outrora prospero, outrora a 5ª economia do mundo, numa pocilga pior que a Venezuela. A carestia dos tempos FHC/Sarney essta voltando e com ela a fome endemica. Falta de aviso nao foi.......... E aguardem, ainda nem completamos o 1º ano dessa mostruosidade de governo.... O pior esta por vir.
Irineu disse…
Politica economica do gov bosonaro? Que politica economica? As unicas coisas que guedes e bosonario fazem eh desarranjar toda a economia / cultura / educacao / saude do pais e ocupar lugar no espaco. Nao acredito que guedes seja incompetente. Eh sim muito mal intensionado. Ja assaltou o bolso de velhinos aposentados. Logo abrira sua caixa de maldades e aumentara impostos nos alimentos, ao mesmo tempo em que decretara o fim da industria nacional, com acordo de livre comercio com a China, onde exportaremos carne a U$ 1 dolar / kilo e importaremos maquinas a U$ 1.000,00 dolares o kilo. Sao em materia de traicao e desestruturacao de um pais, outrora a 5ª economia do mundo.
Irineu disse…
Fiquem tranquilos tem mas 3 anos e pouco pela frente vocês não queriam o mito o capitão tá aí agora.
começou a dec de 80 está voltando aguarde os próximos meses vai voltar o salário não vai ser suficiente nem p comida volta LULA

Postagens mais visitadas deste blog

Bolsonaro antecipou a cirurgia porque não queria abrir a Assembléia Geral da ONU

ONU? BOLSONARO ANTECIPOU UMA CIRURGIA QUE NÃO TINHA URGÊNCIA PORQUE FICOU COM MEDO DE IR À ASSEMBLEIA GERAL, ONDE CHEGARIA E SAIRIA DEBAIXO DE VAIAS. Comenta Jânio de Freitas (Folha\UOL) que a cirurgia de Bolsonaro não tinha nenhuma urgência e que poderia perfeitamente esperar a sua ida à ONU. È tradição os presidentes do Brasil abrirem a Assembleia Geral, em homenagem justamente a um dos seus fundadores e primeiro secretário geral, o brasileiro Osvaldo Aranha.
Mas apesar defazer aquela encenação toda de que iria nem que fosse de cadeira de rodas ou de maca, o fato é que o mito amarelou. E amarelou porque está mais sujo que pau de galinheiro na Organização das Nações Unidas, ainda mais depois de destratar Michele Bachelet, muito respeitada na diplomacia internacional e brigar com chefes de estado de vários países europeus.
Se for lá, mesmo de maca, Bolsonaro chegará e sairá debaixo de vaia. Acha que a equipe médica estará autorizada a dizer que ele estará liberado até lá?

Coisa de governador cagão

Incluir os estados na reforma da previdência é um esforço que só governadores medrosos fazem. Se o Brasil é uma federação e cada estado tem seu parlamento, qual o problema dos governadores proporem reformas próprias para as previdências estaduais e submeter seus projetos ao debate com os deputados estaduais?

A Ford fordeu o Brasil. Mas o presidente estava ocupado, tuitando

É inacreditável a inércia do governo brasileiro no caso do anunciado fechamento da fábrica da Ford em São Bernardo do Campo. Para entender a importância disso basta imaginar o inverso: a festa que os governantes estariam fazendo se a montadora, em lugar de fechar, estivesse abrindo uma fábrica. Mas não temos Ministro do Trabalho  para defender os 3 mil trabalhadores que, de boa-fé, fizeram um acordo em maio do ano passado para ter, entre outras vantagens, estabilidade no emprego. Também não temos ministro da Indústria e Comércio, que pressione a empresa pelos benefícios tributários que recebeu a fim de funcionar e crescer. Sequer temos um presidente disponível para falar com a alta direção da empresa, aqui e lá na matriz americana para reverter essa decisão que, noticia-se está ligada à intenção do CEO da empresa,  Jim Hackett  de reduzir ao máximo a empresa, acabando com os prejuízos e investindo onde há perspectiva de lucro. O presidente está ocupado, tuitando.
. Fernando Brito (Blog Tijo…