30 de novembro de 2011

Verdades sobre o cangaço que a história oficial não conta

É aí que mora o perigo

O governo Beto Richa evita falar em privatização, mas a proposta de terceirizações pontuais que a Assembléia Legislativa aprecia hoje pode significar uma janela aberta para a entrega de boa parte do patrimônio público estadual para a iniciativa privada.
O deputado Tadeu Veneri (PT), irritado com o rolo compressor que está sendo preparado para a sessão, alerta: “Um projeto que mexe com a estrutura do estado para os próximos 30 anos e nós vamos votar isso em 24 horas, apenas ouvindo dois secretários? Não vamos ouvir os servidores, as entidades? Vamos virar as costas à população e nem discutir um projeto que propõe a transferência de milhões do patrimônio público para a iniciativa privada?”.

29 de novembro de 2011

Aos meus amigos corintianos

Por que "Operação Nero"?

Segundo a polícia , recebeu o nome do imperador romano a operação que prendeu os assassinos de Paolichi, porque Nero era homossexual e esbanjador de dinheiro público, como o ex-secretário de fazenda de Maringá. Claro que as semelhanças páram por aí.
Ressalte-se, a propósito, que Nero tornou-se um dos imperadores mais famosos da história por ter sido acusado de colocar fogo em Roma. Hoje, sabe-se que este é um falso mito. Conforme alguns historiadores, Nero estava longe de Roma quando o incêndio ocorreu e, ao regressar, ordenou perseguição aos cristãos, acusados por ele de serem os verdadeiros incendiários. Muitos foram capturados e jogados no Coliseu para serem devorados pelas feras.
Nero não foi assassinado, suicidou-se.


O

Flávio Vicente, patético

"Depois da saraivada de críticas resultantes do aumento dos subsídios dos vereadores e a amarelada de Flávio Vicente (PSDB), que articulou o aumento e pulou fora do barco ante a primeira onda contrária, agora é o vereador Heine Macieira (PP) que insinua mudar de posição. Enviou comunicado à imprensa onde considera a possibilidade de rediscutir o assunto com os demais vereadores. Nada demais em se mudar de opinião, depois de ouvir a sociedade. Aliás, postura digna e respeitosa. E que merece aplauso. Principalmente num assunto desses, quando houve um exagero sem precedentes no tamanho do aumento e, principalmente, na forma. A aprovação no afogadilho, sem discutir com a sociedade e querendo fugir do barulho, foi de uma covardia sem tamanho por parte da turma.
Mas, no caso de Vicente, que foi quem mais se esforçou para que o aumento fosse aprovado e depois saiu de fininho, querendo se passar por bom moço sem levar chumbo, deixando o desgaste todo para os colegas, ah, isso aí foi patético".

. Do Milton Ravagnani (O Diário)

PS: Concordo, em gênero, número e grau

Silogismo chinfrim



A bancada do PMDB na Assembléia Legislativa do Paraná não sabe se acende uma vela pra Deus ou se acende duas pro diabo. Crise de identidade é pouco para deifinir o affair dos deputados estaduais peemedebistas com o governador Beto Richa.
Ser ou não ser, eis a questão

Fonte: Blog do Esmael Morais

Preso o provável assassino de Paolichi

O Diário online noticiou há exatamente uma hora a prisão do provável assassino de Paolichi. Vagner Eizing Ferreira Pio, de 25 anos, foi detido em Paranavaí esta manhã pelo delegado Nagib Nassif Palma, que comandou a "Operçaão Nero".
Vagner tinha casado com o ex-secretrário de fazenda de Maringá num crtório de Londrina e a união estável faria dele herdeiro dos bens de Paolichi.Pio foi preso em companhia de outras tres pessoas, supostamente envolvidas no crime.

A hora é agora

Ana Lúcia Rodrigues disse:
"Caro Messias. Aproveito sua menção aos vereadores para lembrar a todos que o Movimento pode ser efetivo e resultar em uma grande vitória se resgatar e pôr em discussão o Projeto de Lei que diminui o repasse de recursos para o Legislativo de 5% para 3,5%, retirado de pauta pelo Presidente Hossokawa no dia da votação pelo aumento do número de vereadores. É hora da “sociedade civil organizada” (OAB, ACIM, SER) provar que estava e está realmente interessada na diminuição de gastos e não apenas na diminuição de representantes da população no Legislativo".


. A professora-doutora Ana Lúcia Rodrigues é coordenadora do Observatório das Metrópoles da UEM

28 de novembro de 2011

Mistééééério !!!

O vereador W. Andrade pediu licença de 30 dias. Disse que é para tratar de assuntos particulares. Ora, ora, estamos próximo do recesso parlamentar. E por que não esperou? Mistéeeerio!
Por falar nisso, Crispim deita falação nas sessões da Câmara, em lugar de John Alves, que licenciou-se mas é visto diariamente pelas ruas da cidade.

Ele só pensa naquiiiiiiilo !!!


foto: Nani Gois (Blog do Esmael)

O Partido Popular Socialista já foi PCB, deixando de sê-lo quando o "comunista" Roberto Freire entrou em crise de identidade ideológica. Agora vai mudar de nome novamente, deixando de ser PPS para se transformar em PSV (Partido Socialista Verde). De olho em 2014 e em Marina Silva, para tentar a sucessão presidencial, o deputado paranaense Rubens Bueno (foto) só pensa naquiiiiiiilo.

27 de novembro de 2011

Que é intrigante, isto é!

Informa Angelo Rigon em seu blog que há um claro desentendimento dos irmãos Silvio-Ricardo Barros por causa dos R$ 7,5 milhões a serem gastos com publicidade em 2012. Ricardo estaria irritado com o mano porque ele não quer dividir com a "Viva", a administração da dinheirama a ser gasta.Parece que a Meta Propaganda, que de atidivo em aditivo já vai pra 8 anos no comando da propaganda oficial, jão não tem mais a aceitação do irmão mais novo. A outra agência que RB defende que deva participar do bolo, teria ligações diretas com a deputada Cida Borghetti (PP), sua esposa.
Injusto dizer que não houve concorrência pública para a verba de publicidade. Segundo o Rigon, "Meta" e "Viva" disputaram o bolo para dar transparência ao processo, mas a primeira venceu, como tem vencido sempre.

Lendo o poste no blog do Rigon lembrei da nota que o Verdelírio Barbosa deu esta semana em sua coluna no Jornal do Povo, sobre o sério desentendimento que estaria havendo entre dois irmãos políticos da região. O Verde não cita nomes. E precisa?

Em tempo: continuo sem entender porque um município do tamanho de Maringá gasta tanto dinheiro com propaganda, e não aparecem agências de publicidade do Paraná inteiro para comprar o edital de licitação. No úlitmo ano da administração do PT foi licitado R$ 1,2 milhão e a verba foi disputada por nada mais nada menos de nove agências, inclusive duas grandes de Curitiba. É intrigante, não?

Cadeia neles!

Um grupo de skinheads anda barbarizando no centro de Curitiba. Hoje a tarde atacou um militante do PC do B, que usava camiseta do partido. O assunto foi parar na polícia e só tem um jeito para se dar um basta nessa violência absurda de neonazistas: cadeia neles.

Família que briga unida...

Numa importante família de políticos de Maringá o desentendimento é muito grande. Não está havendo entendimento entre os irmãos, e a briga entre as mulheres ainda é muito maior".

. Da coluna do Verdelírio Barbosa


PS: Um doce de puba para quem adivinhar que casal é esse. É gente que não anda devagar com o andor, exatamente por não saber que o santo é de barro.

26 de novembro de 2011

O próprio PP ajuda a "fritar" Negromonte

“Identifico fogo amigo, claro que sim! Partidos da base aliada e o próprio PP nacional – não o da Bahia – têm interesse no ministério.As denúncias surgem porque o ministério é importante. A gente toma conta de diversos programas, como o Minha Casa, Minha Vida, de R$ 170 bilhões, o de saneamento básico, de R$ 50 bilhões, o de mobilidade urbana, de R$ 30 bilhões. E a gente contraria muitos interesses. Aqui e acolá tem meia dúzia de insatisfeitos na bancada, é normal.”

. Palavras de Mário Negromonte, envolvido em denúncias de fraude em obra para a Copa de 2014. A julgar pelo comportamento da presidente Dilma no caso Luppi, o PP pode perder o ministro mas não perde o Ministério da Cidade, a pasta que mais tem dinheiro pra gastar. Não é preciso dizer, então, porque o ex-deputado e presidente do partido no Paraná, Ricardo Barros, brilha os olhos quando alguém aventa a possibilidade dele assumir o lugar de Negromonte.

Por falar nisso, lembro o episódio dos R$ 20 milhões destinados ao "desfavelamento"
do Conjunto Santa Felicidade em Maringá. O então ministro Márcio Fortes estava num fim de tarde em seu gabinete conversando com o deputado Ricardo Barros. Teria dito a ele: "Está sobrando R$ 20 milhões aqui para desfavelamento e nem sem para onde mandar este dinheiro". Ricardo não titubeO ministro teria se espantado: "Mas até onde eu sei, em Maringá não existe favela". E RB emendou: "Não tinha, agora tem".
O desdobramento desse episódio, que postei aqui há mais de um ano todo mundo sabe. O plano foi em frente, mediante um dossiê artificialmente preparado para provar que na cidade sem favela havia favela sim. Juntou-se até fotos de barracos localizados em município vizinho.
O assunto foi destaque na Folha de São Paulo e no principal telejornal da Rede TV. O apresentador Rodolfo Gamberini lei a chamada: "Prefeitura de Maringá, no Paraná, monta dossiê fraudulento para pegar dinheiro do governo federal".

Dá pra imaginar como seria a gestão de Ricardo Magalhães Barros à frente desse importante ministério.

Falta óleo de peroba


"É aceitável que um povo trabalhador – e com dificuldade na saúde, educação, moradia, transporte, segurança e em tantas coisas mais – precise entregar seus suados caraminguás para garantir vencimentos de autênticos nababos a Suas Excelências? Que ainda se intitulam seus representantes?

Gente, está faltando óleo de peroba na praça".


. Do padre Orivaldo Robles em artigo contra o reajuste dos salários dos vereadores no blog do Rigon

25 de novembro de 2011

Proposta da deputada Cida no embalo da "Terapia do Joelhaço"

"O descumprimento do disposto sujeitará a criança ou adolescente à suspensão por prazo determinado pela instituição de ensino e, na hipótese de reincidência grave, ao seu encaminhamento a autoridade judiciária competente".

Esta é a essência do projeto de lei apresentado pela deputada Cida Borghetti que já está gerando a maior polêmica. Apresentado em fevereiro, aguarda parecer da Comissão de Seguridade Social para ir ao plenário da Câmara Federal.

A proposta mostra quão distorcida (sem nenhuma intenção de fazer trocadilho) é a visão da deputada com relação aos problemas sociais do país. Seria algo parecido com a "terapia do joelhaço" do Analista de Bagé. Que tal, ao invés disso, propor melhorias das condições físicas das escolas, de salários menos indignos para o magistério, de formação de equipes interdisciplinares, inclusive com psicólogos para lidar com situações limites? E que tal também ela propor políticas públicas (ainda que compensatórias) de ocupação do tempo dos alunos por meio de contraturnos e programas culturais e de lazer para cada comunidade, envolvendo pais, alunos e professores?

O leitor Jeferson disse:

Caro Messias, você tem razão, essa elite provinciana de Maringá perdeu a noção. O setor imobiliarista , apesar de ser muito poderoso (a ponto de comandar um prefeito fantoche e a maioria de um câmara de vereadores de joelhos), vem criando uma bolha imobiliária que tem um limite, e penso que ele está muito próximo. Maringá é uma cidade de fantasia, de faz de conta, onde uma meia dúzia de provincianos hipócritas e com dinheiro fazem deste lugar seu quintal. Há uma geração de maringaenses jovens que não terão acesso a empregos dignos, bem como oportunidades de se desenvolverem na sua própria cidade. Estes jovens já não tem lugares para lazer, não tem eventos culturais populares. O espaço público em Maringá foi negligenciado para ser canalizado para os “shoppings”, para um consumismo ridículo e pior, não acessível a grande maioria. Aqui, se pressiona contra a representação na câmara de vereadores (para, na seqüência, aumentarem seus vencimentos), disparam-se tiros contra a câmara,assassina-se ex secretários que sabiam demais, renovam-se contratos imorais com empresas de ônibus e por fim, se pretende construir “monumentos à modernidade”! Essa é Maringá , um lindo lugar , com um povo trabalhador e com uma elite corrupta, corruptora e provinciana.

Nostalgia pouca é bobagem

Olho no lance, governador!

"Nos bastidores da política paranaense especula-se que Ricardo Barros esteja flertando com Ratinho, que compõe o campo da presidenta Dilma. Aliás, o nome do secretário circula em Brasília como possível substituto de Mário Negromonte, ministro das Cidades, novo alvo da mídia nacional".

. Blog do Esmael

PS: Pode até não ser verdade, mas se for, significa que RB tem uma capacidade ilimitada de de acender uma vela pra Deus e outra pro diabo. Se for apenas boato, restará poucas dúvidas de que ele mesmo alimenta a boataria. O governador Beto Richa, que o deixou fora de uma viagem à Europa mês passado, pode se preparar para a rasteira.

Magalomania



Informa o Lauro Barbosa em seu blog que ontem a noite o empresário Jeferson Nogaroli apresentou aos vereadores uma maquete do que seria feito com o enorme terreno do aeroporto velho. É um negócio futurista, ao estilo de Singapura e que consumiria mantanhas de dinheiro.
Bonito é, mas se há uma coisa de que uma cidade não precisa para se desenvolver é de complexo de megalomania.

Rabino solidário à causa palestina

Não houve espancamento

Segundo noticia a Gazeta de Maringá, laudo do Instituto Médico Legal nega versão de que Paolichi teria sido torturado antes de morrer. O ex-secretário de Fazenda de Maringá foi morto com cinco tiros e abandonado no porta-malas do próprio carro.

E agora?

Bem, o governador Beto Richa trocou mesmo o comando da Polícia Militar. O coronel Theodoro Scheremeta foi exonerado do cargo e em seu lugar entra o coronel Roberson Luiz Bonarkuk.
Resta saber agora se a parcela de oficiais infonformada com a queda do comandante vai cumprir a promessa.

Sublevação = a mais insegurança


É mais grave do que parece a crise entre a Secretaria de Segurança do Estado e a PM. Pelo menos 50% dos coronéis ameaçava se demitir, caso o governador confirmasse a saída do comandante geral, Marcos Scheremeta.
O coronel Scheremeta protestou junto ao Secretário de Segurança, Reinaldo de Almeida Cesar, o fato do Hospital MIlitar passar a atender os demais servidores públicos do Estado. Para agravar ainda mais a situação, o governador Beto Richa teria promovido um tenente-coronel por influência política.

Informa o bem informado blogueiro Esmael Morais, que por causa, principalmente, de influência política na promoção de um oficial, a maionese desandou. E agora o Paraná corre o risco de assistir a sublevação do oficialato da Polícia MIlitar.
Isso é péssimo, porque sem problemas internos na polícia repressiva a insegurança já é grande, imagine com greve dos que comandam a tropa?

24 de novembro de 2011

PMDB na telinha com Sarney e Cia Ltda

Hoje tem PMDB na telinha por 10 minutos durante o Jornal Nacional. O programa, denominado Jogo Aberto é um desfile de figurinhas carimbadas, entre elas, Renan Calheiros e José Sarney. Tem também Lula e a presidente Dilma. O apresentador é o ator Milton Gonçalves.

23 de novembro de 2011

Vale a pena ver

Pedágio mais caro

O DER aprovou hoje um reajuste de 4,53% no pedágio do Paraná, um dos mais caros do mundo. O aumento entra em vigor dia primeiro de dezembro.

Fazer o que com os pneus velhos se a Prefeitura não tá nem aí?

Os borracheiros de Maringá estão revoltados com a falta de respeito da administração municipal para com o meio ambiente. O maior problema deles é a falta de local para descartar os pneus velhos. Ter até que tem um espaço num terreno às margens do Contorno Sul. Me informou o dono de uma borracharia que as fábricas pagam a manutenção do local à Prefeitura, que teria a responsabilidade de receber esse tipo de descarte. De fato recebe, mas impõe aos borracheiros uma condição que a maioria não pode satisfazer, ou seja, a cobrança de R$ 0,50 por pneu.
Eis aí mais uma missão para o Ministéiro Público do Meio Smbiente.

Sugestão

A dita sociedade organizada colocou em out-dor nomes e fotos dos vereadores que votaram contra o aumento de cadeiras na Câmara de Maringá. Que tal colocar agora outro, mostrando os três que votaram contra os super salários?
São eles: HUmberto Henrique e ário (PT) e Dr. Manoel Sobrinho (PC do B)

22 de novembro de 2011

Haddad quase fora do governo

Antes de Carlos Lupi pode sair do governo o ministro da educação Fernando Haddad.Calma, não há contra ele nenhuma denúncia de corrupção, apesar do desgaste provodado pelor problemas com o ENEM. Haddad será candidato a prefeito de São Paulo e o PT quer que ele se desencompatibilize já, para começar imediatamente a fazer campanha em tempo integral.

Tolerância zero com o trabalho escravo

O Ministério Público do Trabalho elegeu como prioridade em 2012 combater o trabalho escravo, que tomou dimensões insuportáveis no ano da graça de 2011. O alvo principal das invistigações será a construção civil. Na lista das empresas que mais explora serventes, pedreiros e carpinteiros está a MRV.

Criatividade é isso aí!

Uma das coisas que mais admiro no jornalismo é a criatividade dos títulos. No passado, fui fã da Veja e do Notícias Populares. Na revista POIS É, eu e o Moscardi fizemos títulos memoráveis.
Acabo de ver um título genial no jornal esportivo Lance (versão online). Para uma matéria sobre a tensão do elenco do Santos, ansioso com a disputa do título muundial no Japão, o Lance tascou essa: "De TPM!" - "A menos de um mês para a estreia do Santos no Mundial de Clubes, ansiedade toma conta do elenco santista. É a tensão pré-Mundial"

Mal menor

Primeiro foi a questão do aumento, manutenção ou redução das vagas nas câmaras municipais. Agora o foco é o salário dos vereadores.No caso específico do reajuste que a maioria promoveu em Maringá, pensando na próxima legislatura e claro, contando com a reeleição, o percentual foi afrontoso. Mas agora que é hora do eleitorado se mobilizar, não apenas contra os altos salários, mas contra a qualidade duvidosa dos representantes eleitos. Sempre achei que o salário é um mal menor, tanto nas câmaras municipais, quanto nas assembléias legislativas ou Câmara dos Deputados. O problema está na relação custo-benefício. Se uma câmara municipal é ruim, como esta legislatura atual em Maringá, que vota contra os interesses da comunidade, aí convenhamos, tem vereador que se trabalhar de graça sai caro.
Aproveitando a deixa, gostaria de ver como vai se posicionar a sociedade organizada, Observatório Social e SER à frente, na questão da verba publicitária que a "administração cidadã" gastará em 2012, só por coincidência um ano eleitoral.

Muito dinheiro e nada de transparência

Informa o blog do Rigon que "a Prefeitura de Maringá vai gastar R$ 625 mil por mês com propaganda pelos próximos 12 meses. O prefeito Silvio Barros II (PP) fez publicar no Órgão Oficial do Município, ontem, o extrato de contrato com a Meta Propaganda para prestação de serviços publicitários, a serem realizados na forma de execução indireta, sob o regime de empreitada por preço unitário, por mais 12 meses. A empresa presta os serviços para a administração há cerca de 7 anos e recentemente venceu uma rara licitação, disputando contra a agência preferida da deputada federal Cida Borghetti (PP). Agora, serão mais R$ 7,5 milhões".

Meu comentário: o volume de recursos a ser gasto é absurdo. Mas o grave talvez nem esteja nas cifras, mas na absoluta falta de transparência do processo licitatório (se é que ele existe) para definir a agência, que é a mesma desde que Silvio Barros II assumiu em janeiro de 2005.Pior ainda é o silêncio das concorrentes, que nunca questionaram nada.Lembro que na administração do PT, quando houve uma licitação para R$ 1,2 milhão a ser gasto durante um ano, 9 agências participaram da disputa. E três venceram, pois o montante foi distribuído entre mídia eletrônica (TV), mídia impressa e mídia eletrônica (rádio). E aí sobrou pauleira pra todo lado, mesmo sendo tudo foi feito na maior transparência, com pulverização da verba para vários órgãos de comunicação, sempre obedecendo ao critério técnico.

21 de novembro de 2011

Melhor do Brasil

O ex-reitor Fernando Ponte de Souza , atualmente lecionando na Universidade Federal de Santa Catarina, deve estar orgulhoso do desempenho do curso de medicina da UEM, considerado pelo MEC como o melhor do país. O curso foi criado na gestão Fernando/Jacó Gimenes (vice-reitor), meio no peito e na raça, em parceria com o então prefeito Said Ferreira. Infelizmente, Dr. Said já não está mais entre nós para comemorar o feito.

Se pegar, o Brasil dará um grande salto de qualidade

A Lei de Acesso à Informação sancionada na última sexta-feira garantirá a total transparência do estado brasileiro. Entra em vigor no mês de maio com a possibilidade de promover amplo controle social também sobre o Congresso Nacional, e o que é mais importante, sobre a Justiça e o Ministério Público. Há lei que pega e lei que não pega. Roguemos a Deus para que essa pegue realmente. Se pegar, estaremos diante de um verdadeiro processo revolucionário. Revolução pelo império da lei. Já pensou que coisa mais formidável?

20 de novembro de 2011

Ah se a moda pega!


"Comerciantes da Rua Saldanha Marinho, no Centro de Curitiba, fizeram uma verdadeira faxina neste sábado (19) em protesto contra o abandono do histórico local pela prefeitura".

. Blog do Esmael

Se a moda pega, Maringá passaria por faxina em quase toda a cidade, principalmente no centro. O abandono é visível em pontos como: Praça Napolão Moreira da Silva, Praça Raposo Tavares e Avenida Getúlio Vargas. Haja água, haja vassoura, haja sabão.
E que tal faxina também nos fundos de vale, que viraram verdadeiros depósitos de lixo? Quem duvidar do que estou falando dê uma passadinha no Jardim do Carmo (fundos do Seminário Santo Agostinho)

19 de novembro de 2011

De Dilma a FHC

É preciso mesmo ir fundo nas investigações de toda e qualquer denúncia de corrupção. O Brasil não pode mais continuar convivendo com esta chaga, que atinge o setor público, nas suas tres esferas. No caso específico do esforço que se faz para espremer a "cabeça de prego" que brotou vistosa no governo Lula e continua amarelada no governo Dilma, é preciso voltar um pouco no tempo. Voltar ao governo FHC, e não deixar escondido embaixo do tapete os escândalos das privarizações, por exemplo.
Por que será que a mídia, sobretudo o tal PIG, nunca fez questão de levar adiante as denúncias daquele período? A assepsia tem que ser geral, de A a Z, de Dilma a FHC.

Por tabela

Fábio Campana tem ódio mortal de Requião, mas hoje deu uma colher de chá ao senador, numa fala em que este critica o ministro Paulo Bernardo, com respingo no deputado Ênio Verri.
É o dedo de Ricardo Barros apontando na direção do principal adversário do clã na sucessão do irmão mais velho.

Comendo pelas beradas

"Metodicamente sem agredir diretamente a presidenta a mídia solapa a credibilidade do governo.Basta pequena crise economica..."

. Do senador Roberto Requião em seu twitter

O cúmulo da morbidez

Informa o blog do Ancelmo Góis que "a empresa SAF (Serviço de Assistência Funeral), de Nova Friburgo, RJ, lançou um novo serviço para seus segurados.
Agora, um de seus planos inclui... transmissão do velório ao vivo pela internet, para parentes que não puderem comparecer".

Pesquisas a dar com pau

Vem aí uma verdadeira chuva de pesquisas eleitorais. Até 31 de dezembro sai de baixo. E com um detalhe: vai aparecer instituto que ninguém nunca ouviu falar. E tantos outros de credibilidade abaixo de zero. E sabe porque isso? Simplesmente porque até o último dia do ano as pesquisas não precisam ser registradas na Justiça Eleitoral.

18 de novembro de 2011

Efeito paeja?

O jornalista Fábio Campana está detonando o deputado Ênio Verri, a quem chama de Robespierre do terror tributário. Insinua que a possibilidade de Verri se eleger prefeito assusta o maringaense.
Só um detalhezinho: Campana é hoje uma espécie de porta voz do Secretário da Indústria e Comércio do Paraná , Ricardo Barros, a quem rasga elogios quase que diariamente no seu blog.
A crítica, muito passional e nada profissional, revela, no mínimo, que Barros está indo ao ataque antes da hora.
Em tempo: será que o Fábio Campana esteve ontem no Clube Olimpico comendo a famosa paeja?

Caso de polícia

O crime foi a dois: o zagueiro Bolívar, do Internacional, deu uma entrada criminosa no atacante Dodô, do Bahia. Devia ter saído preso do estádio. E no BO caberia acusação também ao juiz Paulo Cesar Oliveira, que não marcou penalti e se limitou a dar um cartão amarelo para o zagueiro carniceiro. Confiram o lance:

Preciosidade latina

Victor Jara - Plegaria a un labrador

Esposa de Lupi desabafa

A jornalista Angela Rocha, esposa do ministro Carlos Lupi desabafa, em carta aberta à blogosfera:


"Quando comecei na profissão como estagiária na Tribuna da Imprensa, ouvi de um chefe de reportagem uma frase que nunca esqueci: “Enquanto você não ouvir todos os envolvidos e tiver todas as versões do fato, a matéria não sai. O leitor tem o direito de ler todas as versões de uma história e escolher a dele. Imprensa não julga, informa. Quem julga é o leitor”.

Quero deixar claro que isso não é um discurso para colocar o Lupi como vítima. O Lupi não é vítima de nada. É um adulto plenamente consciente do seu papel nessa história. Ele sabe que é simplesmente o alvo menor que precisa ser abatido para que seja atingido um alvo maior. É briga de cachorro grande.

Tentaram atingir o seu nome como corrupto, mas não conseguiram. Agora é mentiroso, mas também não estão conseguindo, e tenho até medo de imaginar o que vem na sequência.
companheiro de uma vida, quero te dizer, como representante desse pequeno nucleozinho que é a nossa família, que nós estamos cansados, indignados e tristes, mas unidos como sempre estivemos. Pode continuar lutando enquanto precisar, não para manter cargo, pois isso é pequeno, mas para manter limpo o seu nome construído em 30 anos de vida pública.

E quando estiver muito cansado dessa guerra vai repousar no seu refúgio que não é uma mansão em Angra dos Reis, nem uma fazenda em Goiás, sequer uma casa em Búzios, e sim um pequeno sítio em Magé. Que corrupto é esse? Que País é esse?"

17 de novembro de 2011

Mais uma rodovia a ser pedagiada

" O governo pode fazer uma Parceria Público-Privada (PPP) para exploração dos serviços na PR-445, principal rodovia estadual que corta a cidade de Londrina.

A rodovia tem pouco mais de 158 quilômetros de extensão, começa no entroncamento com a BR-376, em Mauá da Serra, e segue até o cruzamento com a PR-437, em Primeiro de Maio. A maior parte da via é pista simples".

. Bondenews

16 de novembro de 2011

Pego na mentira

Calros Luppi mentiu ao Congresso e foi desmentido por foto e vídeo. Cometeu perjúrio, logo, está no bico do urubu. Sua queda é questão de dias.

A grande interrogação

"O financiamento se retrai. Os juros sobem. O crédito seca. A economia despenca. As receitas fiscais minguam agravando o desequilíbro dos Tesouros. A peste da desconfiança se auto-alimenta".

.Carta Maior

Minha interrogação: Será que o capitalismo está por um fio, seu auto-destruindo como previu Lênin logo após a Revolução Russa?

O novo visual de Lula


Pela primeira vez nos últimos 30 anos Lula raspou a barba. O ex-presidente trata de um câncer de laringe e decidiu se antecipar à natural queda de cabelo.

Há "bandidos de toga"

Saiu no jornal O Globo:

" A corregedora nacional de Justiça, a ministra Eliana Calmon, reafirmou na noite desta segunda-feira que há, na magistratura brasileira, “bandidos de toga” e que sua declaração polêmica não foi contestada pelos corregedores de Justiça do país, responsáveis por investigar juízes de primeira instância. Em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, a ministra afirmou ainda que o problema da magistratura não está na primeira instância, mas nos tribunais.

- Os juízes de primeiro grau tem a corregedoria. Mesmo ineficientes, as corregedorias tem alguém que está lá para perguntar, para questionar. E existem muitas corregedorias que funcionam muito bem. Dos membros dos tribunais, nada passa pela corregedoria. Os desembargadores não são investigados pela corregedoria. São os próprios magistrados, que sentam ao lado dele, que vão investigar – criticou a ministra".

14 de novembro de 2011

Em breve, "Reis e Ratos"

Trata-se de um filme sobre o golpe militar de 1964 e a participação dos Estados Unidos, que "temiam" que o efeito Cuba transformasse o Brasil na "China sul americana"

Denúncia de escravidão branca no Mc Donalds

A palavra está com...


Este absurdo aí estaria fixado no P.A Zona Norte e foi denunciado pelo servidor Paulo Vidigal. O próprio Paulo pe quem questiona:

"O não fornecimento de atestado a servidores não poderia ser entendido como um ato de discriminação? A determinação do cartaz não poderia ser entendida como uma interferência em um ato que é privativo do médico?"

Com a palavra a Sociedade Médica de Maringá e o Conselho Regional de Medicina. Com a palavra também, o Ministério Público, que tem uma promotora, a Dra. Elza,destacada só para trabalhar na área da saúde.

Renato abandona show no Oeste



O cantor/compositor Renato Teixeira abandonou um show que fazia na entrega do prêmio de jornalismo da AMOP - Associação dos Municípios do Oeste Paranaense, em Cascavel. Motivo: algumas pessoas conversavam de costas pra ele. Não deu outra: a grande estrela da MPB , depois de cantar duas músicas, colocou o violão embaxo do braço e foi embora.
A notícia está no Facebook do deputado estadual Nereu Moura, do PMDB, que que critica:

"Isso que é se achar a última bolacha no pocote. Resta a Amop entrar na justiça para tentar receber de volta o dinheiro pago antecipadamente e dizem que não foi pouco! Muito feio o papel do cidadão que pelo fato de ser um pessoa pública, deveria dar exemplo de respeito e comportamento. Lamentável".

PS: Vamos e venhamos, como condenar só Renato Teixeira pelo desrespeito? E os que estavam de costas vendo o show? Talvez seria interessante fazê-los também pagar pelo dano causado.

13 de novembro de 2011

Cuidado com o Panga!


Um dia conversando com o especialista Gilberto Pavanelli, um dos maiores entusiastas da piscicultura na região, ele comentou sobre o Panga, um peixe importado do Vietnan e que é vendido nos supsemercados brasileiros a menos de R$ 10 o quilo.

O problema, segundo Pavanelli é que este peixe é originário de um rio muito poluído e portanto, o filé de Panga vem para a mesa do consumidor brasileiro cheio de resíduos de metais pesados.
Agora recebo um email, repassado por uma mulher chamada Gilda Melo, alertando para os riscos de se consumir referido peixe.Informa o consumidor que produziu a informação, que "os Pangas estão infestados com elevados níveis de venenos e bactérias. (arsénio dos efluentes industriais e tóxicos e perigosos subprodutos do crescente setor industrial, metais pesados, bifenilos poli clorados (PCB), o DDT e seus (DDTs), clorato, compostos relacionados (CHLs), hexaclorocicloexano isómeros (HCHs), e hexaclorobenzeno (HCB))".

Este peixe, que custa menos da metade , por exemplo, da Tilápia , é pescado no Rio Mekong , um dos mais poluídos do planeta. Vale a lembrança, inclusive, de que os Estados Unidos jogaram o "agente laranja" neste rio durante a Guerra do Vietnan

Novas praças de pedágio

Vem aí mais rodovias paranaenses pedageadas. Será um trecho da PR-323 e a BR-277, entre Maringá e Guaíra.
A promessa do governador Beto Richa às concessionárias é de abrir licitação já no começo do ano.

Fonte: Blog do Esmael Morais

O alerta não é de hoje


A vereadora Marly Martin, que vem há tempos querendo saber sobre a existência de algum plano de emergência para caso de acidente no túnel do Novo Centro, continua sem resposta. Há um claro jogo de empurra sobre responsabilidades. E os riscos são iminentes. Volto a lembrar que falei disso logo no início do blog em 1997. A nota que transcrevo agora foi postada no dia 9 de março daquele ano:

"Provocada pelo Ministério Público a ANTT - Agência Nacional de Transportes Terrestres, fez uma vistoria nos três mil metros de túnel do Novo Centro de Maringá. Isso foi há mais de um ano e até agora ninguém conhece o relatório. É possível que a Prefeitura o tenha. A solicitação partiu de ambientalistas preocupados com a falta de suspiros adequados para a dissipação da fumaça de óleo diesel que as locomotivas soltam diariamente lá dentro. Segundo um desses ambientalistas, constatou-se na época que o potencial de risco do túnel é muito grande. Devido a corrosão provocada pela fumaça, já havia rachaduras nas estruturas de concreto do túnel. E foi verificado também um grande número de dormentes podres. Não se tem notícia de que algum reparo tenha sido feito pela ALL, empresa que explora o trensporte ferroviário na região. Parece que o túnel anda meio abandonado, tanto que serve hoje de esconderijo de viciados em drogas. Há informações de que o espaço deixado para uma futura estação intermodal de passageiros também vive cheia de desocupados. Não se tem conhecimento de que a América Latina Lojística disponha de algum plano de emergência para casos de acidentes. O mesmo engenheiro que me falou dos riscos que oferecem as arquibancadas cobertas do Estádio Willie Davids também manifestou preocupação com o túnel do Novo Centro. Sugiro aos pauteiros dos jornais locais e das emissoras de TV, que programem matéria sobre o assunto. Com segurança não se brinca. As autoridades públicas, principalmente as ligadas a segurnaça, precisam tomar ciência do potencial de risco a que me refiro e, claro, agir imediatamente".

12 de novembro de 2011

Tais brincando?

"Segundo o repórter Salsicha, o vereador Bravin disse que precisa operar o joelho e para isso pretende licenciar-se das atividades da Câmara, mas depende da palavra de Ricardo Barros. O que ele decidir eu faço, teria dito o nobre edil, representante de Floriano, distrito famoso".

. Akino Maringá, colaborador do Blog do Rigon

PS: Será que o nível de subserviência chega a esse ponto? Cruzes!!!

Parabéns, meu mestre


Não sou muito de dar nota de aniversário mas abro aqui um precedente para cumprimentar o grande Geraldo Altoé pelos seus 84 anos comemorados hoje. Fui aluno dele na UEM na disciplina História do Brasil. De tantos bons professores que tive nos cursos de Estudos Sociais e História, professor Geraldo foi um dos melhores.

Cultura inútil? Nem tanto

O que é tautologia? Que bicho é esse?

Informa o professor Pasquale Cipro Neto, um dos maiores craques em Lingua Portuguesa, que "é o termo usado para definir um dos vícios, e erros, mais comuns de linguagem. Consiste na repetição de uma idéia, de maneira viciada, com palavras diferentes, mas com o mesmo sentido.
O exemplo clássico é o famoso 'subir para cima' ou o 'descer para baixo'. Mas há outros, muitos outros. Eis alguns exemplos:

Elo de ligação,acabamento final, certeza absuluta,em duas metades iguais, livre escolha, encarar de frente, multidão de pessoas, amanhecer o dia, criação nova, empréstimo temporário, surpresa inesperada e a seu critério pessoal.

Deu pra perceber como essas repetições são dispensáveis? Já viu elo que não seja de ligação? Certeza que não seja absoluta? Empréstimo definitivo? Alguma surpresa esperada?

11 de novembro de 2011

Lá como cá


"Se “Deus está no comando” como mostrava uma frase num quadro no gabinete do prefeito de Londrina, Homero Barbosa Neto, poderia se dizer que “Deus” é uma motoserra?

A mania que a prefeitura de Londrina tem de derrubar árvores – fez isso no Calçadão, nos vales do lago Igapó, e agora no Bosque Central – é de chorar".

. Do Blog Paçoca com Cebola


PS: Será que o prefeito Barbosa andou fazendo estágio em Maringá, onde canafístula não se cria?

O bicho está pegando no Paraná. Semana que vem deve chover ações contra o tarifaço do governador Beto Richa.

10 de novembro de 2011

Luppi faz até a alma do velho Briza corar de vergonha

Luppi faz até a alma do velha Briza corar de vergonha
O peixe morre pela boca, Luppi vai morrer pelo gogó. Esse negócio de dizer que só sairia do MInistério do Trabalho à bala pegou mal pra burro. O senador Cristõvão Buarque ficou tão envergonhado que já pensa em sair do partido, caso o PDT continue tendo Carlos Luppi como o seu dono.
Pobre Brizola, deve estar se virando no túmulo.

A dança dos iguais

"A administração pede na justiça a volta do secretário Mússio. Impressionante a queda que esta administração tem por secretários e assessores de conduta duvidosa… Maringá merece !!!".

. Do blog do Lauro Barbosa

A grata surpresa

foto: Blog Conversa Afiada

"Nos como brasileiros precisamos torcer para que essas pessoas que estão envolvidas em falcatruas na organização da Copa sejam presas antes de 2014. Só asssim as coisas podem melhorar".

. Do ex-jogador e deputado federal Romário, em entrevista hoje à SPN TV.

Ontem a tarde em audiência na Câmara Federal, Romário colocou contra a parede Jerome Valcke, secretário gera da Fifa, e a Ricardo Teixeira, presidente da CBF e do Comitê Organizador da Copa. E terminou dizendo: "Vou lutar, brigar para que a Fifa não monte um Estado dentro do Brasil e nem que esteja acima da soberania brasileira”.

Os jornalistas que acompanham o dia-a-dia do Congresso Nacional já apontam o melhor jogador da Copa de 1994 como a grande revelação da nova safra de parlamentares.

9 de novembro de 2011

Teria sido ele uma vítima do radicalismo de esquerda?



A esquerda brasileira sempre teve Wilson Simonal como um dedo duro do regime militar. Caiu em desgraça por causa disso, embora tenha negado até a morte. Seu filho, o Simoninha, iniciou uma luta sem tréguas para provar que o pai jamais entregou alguém aos torturadores do Doi-Codi.
Revendo este clipe, da música que o Simonal fez em parceria com Ronaldo Bóscoli para homenagear Martin Luther King, me pego a pensar: será mesmo que os chamados cantores/compositores de vanguarda da MPB não foram injustos com o talentoso Simona?

O real de um mundo surreal


Até final de 2014 Neymar fica no Santos por um "modesto" salário de R$ 3 milhões. Não sei se comemoro na condição de santista ou se fico perplexo como a maioria dos brasileiros, que assistem, encantados, o desfecho de uma trama surreal.
Viva o talento, Neymar tem méritos de sobra para subir ao paraíso econômico, mas o problema não é ele: é a desigualdade brutal que existe no próprio futebol, onde tantos craques com talento equivalente, vivem na pindura e sonhando chegar a este paraíso com generosos 10% do supersalário que a joia santista passa a receber.

8 de novembro de 2011

ALEP aprova o tarifaço

O tarifaço do governador Beto Richa, que reajusta em 271% as tarifas do Detran, foi aprovado hoje a tarde por 42 votos a 8. Votaram contra os 7 deputados estaduais do PT e mais o Anibelli, do PMDB.
Ano que vem é ano de eleição municipal e se for realmente candidato a prefeito o Dr. Batista será muito cobrado nas ruas de Maringá.

6 de novembro de 2011

Seguro morreu de velho...


"O deputado estadual Ênio Verri, que preside o PT paranaense, está com a bola cheia. Em Maringá, por onde circula, todos o chamam de prefeito e não de deputado".

. Coluna Verdelírio Barbosa (Jornal do Povo)

Meu comentário: mais do que ninguém o deputado Ênio Verri sabe que o jogo é jogado e que portanto, essa história de já ganhou é um perigo danado. Ouvi de um dirigente do PT local a seguinte observação: "Não nos iludimos com o apregoado favoritismo. Vamos pra luta com a garra,a determinação e a organização de sempre.Cairá do cavalo quem imaginar que vamos relaxar e gozar".

Lei de Meios e o combustível à hipocrisia nacional

Estão tentando associar a palavra regulação à censura. O ex-ministro da comunicação de Lula, Franklin Martins, autor do projeto da Lei de Meios, rechaça essa comparação. Sua proposta, que tem dado tanta polêmica visa, segundo ele "democratizar a oferta de informação, garantir a expressão da diversidade de opiniões, impedir a concentração de propriedade, garantir a existência de uma comunicação pública e comunitária de qualidade, promover a cultura nacional e regional com o estabelecimento de quotas claras, estimular a produção independente".

Algmas dessas medidas, ressalte-se, já estão previstas na legislação, mas não são respeitadas. Diz Franklin: “TV e rádio, que usam concessões públicas, não podem vender horário para igrejas, por exemplo.Isso já é proibido”.

Tem muita gente entendendo tudo errado. Ou isso é proposital? Ora, se o objetivo é regular, evitar abusos, por que abortar o debate a respeito da Lei de Meios? O Brasil, com suas dimensões continentais e especificidades regionais,precisa despasteorizar a informação, fortalecer as mídias regionais e combater a ditadura do "discurso único" que a grande mídia alimenta.A Argentina fez isso agora e o resultado, nem é preciso dizer, foi a reeleição da presidente Cristina Kirchner com a maior votação da história do país, desde Peron.

5 de novembro de 2011

Que a CGU tenha piedade de nós


Esse é mais um desmoronamento do "Transtorno Norte". A foto, postada no blog do Rigon hoje a tarde é de Roger Bivanco. Falta funcionalidade e sobra problemas na obra de quase R$ 200 milhões. Há até casos de trechos da pavimentação que cedeu com as chuvas. A Controladoria Geral da União ainda vai ter muito trablho a fazer em Maringá, onde já investiga suspeita de superfaturamento do Novo Centro. Só lembrando: o contrato para execução do rebaixamento da linha férrea e da Avenida Horácio Racanello foi assinado pelo ex-prefeito João Ivo com a CR Almeida, com prazo de execução firmado em 40 meses. Lá se vão quase tres anos de atraso e aditivos que praticamente triplicaram o valor original do obra.

Só vale falar mal

A direção da RBS (Globo/Rio Grande do Sul) proibiu seu departamento de jornalismo de falar do governador Tarso Genro, a não ser em situações negativas. Durante viagem inaugural do "Catamarã", barco que faz a travesia Porto Alegre/Município de Guaíba , a reporter entrevistou um passageiro, para que o mesmo elogiasse a paisagem oferecida pelo grande estuário gaúcho. Mesmo bem ensaiado o passageiro não se conteve e rasgou elogios ao governador pelo grande projeto. Não deu oura: mandaram cortar no ar e segundo o blog Cloaca News, houve um show de piti na redação da emissora.

O mininistro beija-mão na marca do pênalti



Carlos Lupi, o ministro beija-mão, que tem irritado a presidente Dilma com tanto rapapé, seria a nova bola da vez. Informa o blogueiro Cláudio Humberto que Luppi anda também, enrolado com ONGs. A suspeita é de desvio de dinheiro do FAT para supostos cursos de qualificação profissional.
Talvez seja a deixa que a presidente espera para fundir o Ministério do Trabalho com o da Previdência.

4 de novembro de 2011

Bom por um lado, mas por outro...

"Quanto maior o custo de uma campanha, mais remotas as chances de vitória de uma candidatura desvinculada de interesses econômicos".

. Deputado Henrique Fontana, relator do projeto de reforma política na Câmara Federal.

O deputado gaúcho não tem dúvida de que o financiamento público torna menos desigual a disputa para qualquer cargo das três instâncias do poder político - municipal, estadual e federal. Pelo menos teoricamente, põe dique de contenção nas relações promíscuas entre partidos e iniciativa privada.O grande problema é saber como as agremiações partidárias vão se comportar na distribuição dos fundos de campanha, sem garantir privilégios aos caciques partidários, matando a míngua aqueles que têm voto mas não gozam da simpatia das cúpulas.

Absolutamente incomprenensível

"Israel não quer nenhum Estado palestino em seus arredores.
E se não bastasse isso, provocou a Síria, ofendeu a UNESCO e agora ameaça o Iran.

Afinal, o que querem os israelenses?
Por que odeiam tanto a convivência e a paz?
Alguém pode explicar por que tanto ódio?

Que mal os iranianos fizeram?

Há mais de 30 mil judeus vivendo, e muito bem, no Iran.
Participam do parlamento, têm seus hospitais, suas sinagogas, suas escolas, seus açougues e nunca foram molestados".

. Georges Bourdoukan

Disputa no campus

Vai haver bate-chapa nas eleições da Aduem e da Sesduem (braço sindical da Associação dos Docentes da UEM). Pelo que se especula no campus, a oposição tem chances reduzidas nos dois embates.

A Falsa Tartaruga

"A mídia conservadora brasileira é uma espécie de Falsa Tartaruga(de Alice no País das Maravilhas). Ela não hesita no emprego de sua peculiar aritmética de enfeiar, confundir e escarnecer.

Sua proeza mais recente é a fabricação de uma conta sobre o tamanho da corrupção no Brasil, seguida de sua difusão maciça. Faz como ensinava um famoso propagandista alemão: para transformar uma mentira em verdade, é preciso repeti-la mil vezes.

Hoje, ela fala em 85 bilhões de reais anuais, como se pode ver na capa da principal revista da direita nativa. Ontem, eram 70 bilhões. Amanhã, sabe-se lá. E não importa. O relevante é trombetear uma cifra que impressione, qualquer que ela seja.

A mídia conservadora pega o número e o põe nas manchetes, na boca de comentaristas televisivos, em suas “análises”. Ficam todos compungidos com o tamanho do problema. Como se não fosse ela mesma que lhe deu a dimensão que tanto a assusta".

. Marcos Coimbra (diretor-presidente do Instituto de Pesquisas Vox Populi)


PS: Isso vai mais ou menos na linha do que disse Caco Barcelos, sobre o denunciasmo e a apuração porca que a grande imprensa vem fazendo dos fatos que trazem à tona com grande estardalhaço.

Palpite infeliz

" Muito se tem falado recentemente sobre o “complexo de vira-lata”, metáfora do sentimento brasileiro criada por Nelson Rodrigues, para se referir à política externa brasileira. Hoje, de maneira deselegante, o colunista da Folha Sergio Malbergier sugeriu que a presidenta Dilma Rousseff poderia estar substituindo este complexo pelo de “poodle”, ao fazer exigências à União Européia perante a cúpula do G-20".

. Flávio Aguiar, correspondente da Carta Maior em Berlim

3 de novembro de 2011

Falta consistência nas denúncias


"Certos jornalistas estão levando ao público muitas denúncias com base em declarações, sem que se apure as coisas como deveriam". Palavras do experiente Caco Barcelos que, em debate na Globo News lembrou do caso Collor, que caiu devido às reportagens investigativas da imprensa, mas que sofreu apenas o julgamento político. "O que teria acontecido para Collor não ser condenado pela Justiça? Seria a Justiça venal, ou faltaram provas contundentes nos processos de apuração, também por parte do Ministério Público?", analisa, para concluir: "A apuração feita às pressas, com pressa de se dar o furo, está levando a nossa imprensa a levantar escândalo atrás de escândalo, que pela inconsistência das provas podem dar em nada. Claro que a imprensa deve denunciar, tem um papel importante nisso, mas as tais denúncias declaratórias, são facas de dois gumes".

Nem sinal da grana

O prefeito de Paranaguá, José Baka Filho (PDT), denunciou hoje o governo Beto Richa, de não repassar para o seu município o dinheiro enviado pelo governo federal para consertar os estragos feitos pelas enchentes de março. As localidades conhecidas como Morro Inglês e Colônia Santa Cruz continuam isoladas, sem pontes nas estradas que ligam esses povoados à sede. Em entrevista a uma rádio da Capital, Baka disse que não sabe mais o que fazer, já que a prefeitura não tem recursos para recuperar o que foi destruído. Segundo ele, a presidente Dilma liberou R$ 25 milhões para o Estado do Paraná, R$ 5 milhões só para Paranaguá. Mas até agora, neca de pitibiriba.

Fonte: Blog do Esmael

Efeito Strechar

"Tem assessor de vereador na Câmara Municipal de Maringá, dizendo que está só esperando ser mandado embora para botar a boca no trombone. E, pelo que se comenta, nem mesmo parentes ou ex parentes serão respeitados".

. Da coluna do Verdelírio Barbosa (Jornal do Povo)

Minha indagação: será que tem gente na Câmara de Maringá temendo o efeito
Admir Strechar, de Guarapuava?

2 de novembro de 2011

Não deu bola pro Santo


Nada importante, mas apenas como curiosidade: o presidente do Sindicato dos Aposentados de Maringá, cujo projeto de declaração de utilidade pública foi vetado pelo prefeito Silvio Barros II, tem como presidente o Santo Aquino, que recentemente estrelou uma campanha de publicidade da "administração cidadã".
Silvio é adventista, não crê em São Tomaz de Aquino, mas deu de ombro aos protestos doa aposentados, lembrando a eles que Santo de casa não faz milagre.

Que coisa mais maluca, senador!



O senador Walter Pinheiro (PT-BA) está apresentando projeto que institui pagamento de comissão para quem denunciar atos de corrupção. O denunciante teria direito a 10% do valor recuperado em casos de desvios de dinheiro público ou de crimes tributários.
Será que é por aí? Combate-se a corrupção por um lado e por outro fomenta-se a criação de verdadeiras organizações denuncistas?
Que mecanismo maluco é esse, senador?
Walter Pinheiro, sem dúvida um parlamentar baiano muito sério e incorruptível segundo meu tio Daniel, amigo e cabo eleitoral do senador petista, quer colocar fogo na casa para combater os ratos.

Prepare o coração e o bolso

Que os proprietários de veículos automotores preparem o bolso. Vem aí aumento de 183% nas taxas do Detran/Paraná. O projeto do governador Beto Richa, criando novas taxas e reajustando as atuais, deve ser encaminhado semana que vem à Assembléia Legislativa.
O que será que vai acontecer em Maringá, onde já há uma azeitada fábrica de multas?

1 de novembro de 2011

Quem és tu Coriolano?

Assim como os corruptos e os corruptores, o quarto poder é uma das peças dessa engrenagem que movimentam a corrupção em nosso país. A corrupção é endêmica ao capitalismo, um não vive sem o outro. E como os donos da grande mídia não propõem uma ruptura com o sistema, conclui-se que o discurso propagandeado em defesa da ética é falso, oco, vazio.

Por isso, o discurso dos comentaristas e o noticiário em geral têm sempre um enfoque moralista, conservador e não revela o que, de fato, está por trás e motiva a corrupção.

. Lúcia Rodrigues ( Caros Amigos)

Prefeito se envolve em acidente

Deu no blog do Esmael Morais esta notícia:

"Um grave acidente, envolvendo dois carros – um BMW e uma Mercedes Benz -, foi registrado pelo Corpo de Bombeiros por volta das 21h30 desta segunda-feira (31), em Londrina. Um dos motoristas, envolvidos na colisão, é o prefeito Barbosa Neto (PDT), de 45 anos. Segundo o condutor do outro carro, Nilton Silva, de 55 anos, Barbosa teria furado o sinal".