1 de setembro de 2011

Rompante autoritário e o debate torto da redução

“Esse idiota aí. Você vai se ver comigo”. Foi o que o vereador Paulo Soni acabou de falar pra mim, em tom claro de ameaça (em oito anos como repórter nunca tinha ouvido uma dessas). O motivo da tensão é o fato de ter sido publicado aqui no blog, outro dia, a frase “ainda bem que saiu o cheiro do PT”, dita por Soni, enquanto subia as escadas da Câmara. A frase foi uma referência à mobilização em defesa das casas geminadas. Soni também é autor de outra frase que lhe rendeu dor de cabeça, sobre os adesivos contra o aumento do número de vereadores. Durante sessão da Câmara, ele disse que quem usar os adesivos é criminoso".

. Do blog do Fãbio Linjardi (pinçado do site do Rigon)

É por essa e por outras que fico me perguntando às vezes: reduzir o número de vereadores é aumentar a possibilidade de termos mais Paulo Soni na Câmarta de que Humberto Henrique,Dr.Manoel , Mário Verri ou mesmo Marly.

Nenhum comentário: