Pular para o conteúdo principal

Bugalho é o mesmo que alho? Bolsonaro faz seus seguidores acreditarem que sim

 


Não creio que Bolsonaro tenha inteligência suficiente para aplicar os golpes de mestre que vem aplicando nas instituições.  Deve haver por trás dele uma espécie de  Rasputin, que o orienta na formatação dos seus pacotes de maldades e falsas bondades. Um dos exemplos recentes foi  a colocação de um jabuti na LDO, elevando para mais de R$ 5 bi o fundo partidário para ser usado nas eleições de 2022.  Ante a reação negativa da sociedade, Bolsonaro se mostrou perplexo, mesmo estando hospitalizado.

O curioso é que  seus dois filhos , um na Câmara e outro no Senado, votaram a favor da excrescência.  Eduardo Bananinha saiu do plenário para detonar a aprovação e culpou o presidente da sessão, o vice Marcelo Ramos, pela manobra. Ramos se enfureceu e criticou pai e filhos, deixando claro que as digitais do presidente da república estavam nessa aprovação inaceitável.

Bolsonaro anunciou que vai vetar, mas Ramos denunciou em entrevista hoje cedo na CBN que é tudo de caso pensado. Ou seja, Bolsonaro estaria negociando para mandar ao Congresso um novo PL, reduzindo os recursos para os partidos dos R$ 5,7 bilhões para R$ 4 bilhões, 2.700 a menos que a cifra escandalosa e dois a mais do que o valor atual. Ou seja, Bolsonaro deu um tapa e escondeu a mão, como convém a quem vive fazendo o mal e construindo uma narrativa sacana de que o bugalho não é bugalho, é alho mesmo.

 

Comentários

Jorjão disse…
Meu amigo Messias, eu penso que Bolsonaro dispõe de apenas 12% do eleitorado, composto por fanáticos fascistas, corruptos e infames criaturas(boa parte evangélicos pentecostais, carismáticos catolicos, milicianos, traficantes...). Os demais que aparecem nas pesquisas são aqueles que ainda acreditam em suas mentiras porque tem um certo grau de idiotia, ai o Bozo chega a uns 26%. mas estes bolsonaristas circunstanciais podem mudar de posição (o que vem acontecendo lentamente).
Anônimo disse…
Bolsomínion ingênuo. O Bozo faz esse circo e, como disse Marcelo Ramos, no final aprova-se o valor de 4 bilhões, o dobro do anterior. Tudo articulado pela base do governo. Velhíssima tática do bode na sala. Nesse circo, adivinha quem é o palhaço.
Anônimo disse…
Qto antes defenestrar esse M I L I C I A N O. . .G E N 0 C I D A, esse B.URR0 mito dos bu rins sem Q.i, melhor para o país. Sim, pois esses 3 anos do B.URR0 FoiDendo tudo o país, de tal forma que serão necessários 10 anos a consertar a desgraça. Dollar disparou. Comida triplicou. Gás quadruplicou. Combustível quintuplicou. Dívida Publica dobrou. Desemprego decuplicou. Só bu rin ainda apoia o B.URR0.
Carlos disse…
Site aponta que deputados federais alinhados com Homero Marchese querem fundão eleitoral de R$ 6 bilhões
A conhecida frase da Bíblia Sagrada "Diga-me com quem andas e eu te direi quem tu és" nunca esteve tão popular como nos dias de hoje.

Segundo Matéria divulgada no portal 'O Presente', dos 30 deputados federais do Paraná, 14 votaram favoravelmente à proposta de Lei de Diretrizes Orçamentárias que aumenta de R$ 2 bilhões para quase R$ 6 bilhões o dinheiro que será destinado ao financiamento das campanhas eleitorais em 2022.

Entre os que votaram a favor da proposta, temos uma surpresa desagradável, dois parlamentares que se dizem bolsonaristas, Filipe Barros (PSL), Paulo Eduardo Martins (PSC), que se elegeram com discurso contra o fundão no passado, votaram a favor do aumento do fundão eleitoral que aumentará a verba para os partidos gastarem nas eleições de 2022.

Não é segredo para ninguém que o deputado estadual Homero Marchese (Pros) tem alinhamento e afinidade com os amigos, os deputados federais, Paulo Martins e Filipe Barros.

Paulo Martins é o responsável direto do atual mandato de Homero Marchese, que chegou ao poder após dobradinha nas eleições de 2018. Filipe Barros assim como Martins, apoiaram a candidatura de Homero Marchese para prefeito de Maringá. Homero fez apenas 18,85% dos votos válidos e foi derrotado pelo seu grande rival, o atual prefeito Ulisses Maia que venceu as eleições de 2020 já no primeiro turno com quase 60% dos votos válidos.
Carlos disse…
Luiz Nishimori é o único deputado de Maringá que votou a favor do fundão bilionário para partidos políticos

Luiz Nishimori é o único deputado de Maringá que votou a favor da LDO com fundão de R$ 6 bilhões para partidos políticos gastarem nas eleições.

Dos 04 deputados federais de Maringá, o deputado federal Luiz Hiloshi Nishimori (PL), foi o único que votou pelo aumento do fundão para quase R$ 6 bilhões. O fundão é a verba que o governo federal destina para os partidos realizarem gastos durante as eleições.

Não seria surpresa para ninguém, já que o deputado Nishimori que é um agricultor, também foi relator do projeto de aumento de venenos na área agrícola.
Irineu disse…
Jair Bolsonaro voltou a bater hoje em uma tecla repetidamente soada por ele e seus seguidores.

“Lula não consegue comprar uma pinga no botequim que vai ser vaiado”, disse hoje, em entrevista à Rádio Itatiaia, de Belo Horizonte, numa variante do que volta e meia fala.

Não é uma opinião, é uma voz de comando.

Ele prepara as suas falanges, mesmo em estado minguante, para agredir e fornecer “provas” de que ainda tem o controle de massas e que o ódio a Lula permanece nos patamares que o fizeram ser eleito em 2018.

Meia dúzia de fanáticos provocadores podem, em meio a centenas de pessoas , criar um clima de provocação e até de violência.

Quanto mais se apequena, mais brutal vira o bolsonarismo. Já há poucos, ou nenhum, inocente entre eles.

É como se fará a “narrativa” – neologismo da moda entre bolsonaristas para substituir mentiras e armações – de que as pesquisas são falsas e que não há o maciço apoio ao candidato que encarna a oposição ao presidente.

Claro que a rua, seu ambiente natural, será importante para Lula, mas é evidente que, agora, é tempo de não entrar nas armadilhas que lhe prepara Bolsonaro.

Tudo o que ele deseja é conflito, pancadaria e, se possível, uma brutal ação policial que, exceto pelos acontecimentos de Pernambuco, até agora tem se conseguido evitar.

À medida em que já não pode mobilizar, caminha para provocar e manter, no grito, o ódio do qual se alimenta.
Joao Maria disse…
Marchese, Felipe Barros, Paulo Martins e o bakatare Nishimori que é pau mandado de Ricardo Barros= Quadrilha representando Maringa a nivel nacional.

Postagens mais visitadas deste blog

Adeus, amigo Frank

  Morreu hoje de manhã o empresário e jornalista Frank Silva, dono do O Diário, que infelizmente foi à falência há pouco mais de um ano. Frank estava há 20 dias internado no Hospital Maringá, onde tratava de um câncer. Nos deixou aos 78 anos de idade. Meus sentimentos à família . Frank fazia parte da história da cidade, como cidadão e como empresário da comunicação. Que Deus o tenha em bom lugar.

Simples assim

  Enquanto 238 ricos acumulam R$ 1,6 trilhão, cerca de 10 milhões de brasileiros passam fome. Se   você acha que esta concentração de renda criminosa é normal, então você é de direita. Ou é um perfeito idiota.

Canalhice econômica

  O Lula e a Dilma fizeram um superávit primário gigantesco, acumularam reservas de quase U$ 400 bilhões para Temer e Bolsonaro torrarem. Agora, por exemplo, o Conselho Monetário Nacional autorizou repasse de R$ 325 bilhões do BC ao Tesouro Nacional. Pra que? Pro Bozzo pagar juros da dívida pública e ficar bem com o mercado, meio injuriado por causa da fritura de Guedes e das ameaças de rompimento do teto de gasto.