29 de setembro de 2007

Barbosa vem aí!

Um jornalista da Folha, velho amigo e analista político dos mais competentes, me informa que num eventual segundo turno, lá estará Barbosa Neto e dele ninguém conseguirá tirar a vitória. Deputado, radialista apelativo, como tantos que temos por aqui, Barbosa é uma espécie de Belinatti remoçado. Pergunto sobre as chances de Cheida e André Vargas, e a resposta vem de bate-pronto:"O Cheida tem chances pequenas. Quanto a este outro, pode tirar o zóio!".

Posse no Cesumar

"Solenidade de posse do novo comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar. O tenente coronel Devaldir Geraldo Amadei, passou o comando para o major Adilson Castilho Casitas. Advinham aonde foi a posse? Escolinha do Cesumar, do nosso querido Senador do Voto Zero, Wilson Ewing Mattos. E não é que o empossado é pai da nora do senador! Mãe do céu, parece que a cidade vai acabar parando toda dentro do Cesumar. Até posto de saúde, que antes era público, já tem lá. Só que sem médico, né Prefeito??".
. Do Blog Notícias da Província

28 de setembro de 2007

No ventilador


A CPI da esquisita negociação da TVA pelo Grupo Abril é nitroglicerina pura. A comissão deverá sair e certamente não ficará só no grupo dos Civita. Tremem na base só de pensar, outros poderosos empresários da comunicação de massa. A ilustração aí do lado diz tudo

"De joelho é melhor"

"No jornal Hoje Notícias desta sexta-feira o ex-vereador Oscar Batista de Oliveira (PMDB) disse que os vencidos na convençção do partido estão sendo perseguidos. Ele referia-se ao fato das notificações que o diretório municipal começou a fazer hoje a quem tem cargos na administração no PP e é filiado ao PMDB.
Oscar, que eu gosto interpretando "De joelho é melhor", conhece a Bíblia e sabe que não se pode servir a dois senhores ao mesmo tempo. Como observou o presidente Umberto Crispim, não dá pra atravessar o rio com os pés em duas canoas".

. Do blog do Rigon

Manobra global

"Um passarinho que veio de Brasília e pousou na minha janela contou que ontem, quinta-feira, por volta das 13h00, a Globo fez uma pressão violentissima, de última hora, sobre o Palácio do Planalto, para impedir que o Presidente Lula fosse à festa de lançamento da Record News.
O Presidente Lula recebeu uma informação com detalhes técnicos minuciosos, que continha o argumento de que a lei impede uma rede de ter dois canais na mesma área. Os argumentos eram técnicos - e falsos".
. De Paulo Henrique Amorim

Vaticínio

Faço minhas as palavras do Mino Carta, para falar dos liberais dessas paragens: "talvez eles se esforcem para adiar o naufrágio do Império, mas, segundo Cassandra, chegam tarde. Podem enganar por algum tempo, mas os jogos já estão feitos, as Parcas teceram a teia".

Ameaça ao império global

. Nenhuma democracia do mundo pode conviver por muito tempo com a situação anômala de que desfruta a Globo: com 50% da audiência, a Globo detém 70% da verba publicitária.
. De cada real gasto em publicidade, num país que se diz democrático, e do tamanho do Brasil, a Globo fica com 35 centavos.
. Do Blog de Paulo Henrique Amorim, ao comentar a inauguração da Record News, um canal com 24 horas de notícias na tv aberta.A Globo está com a pulga atrás da orelha.

Do Zé Simão

"O governo está distribuindo lote de camisinhas numa cidade do Paraná. Não sei o que eles fizeram ou não fizeram, mas a camisinha venceu! Perdeu a data de validade! E qual o nome da cidade? Rolândia!!! Rolândia não usa camisinha! E o prefeito decretou estado de calamidade PÚBICA!!!
Outra: argentino é preso em Cascavel com cinco cobras dentro da cueca!!!
É uma piada atrás da outra!
Falei que argentino tem mania de grandeza...
Cinco cobras na cueca! Esse não pode usar cueca, tem de usar luva!!!

O Brasil já teve dólar na cueca, diamante na cueca, drogas na cueca... Agora, um argentino resolveu colocar cobras na cueca! Além de guloso, tem mania de grandeza! E luva nele!

Frases, frases...

. Um dos primeiros Presidentes do Brasil foi o Prudente de Morais, daí
prá frente tivemos um monte de presidentes imprudentes e imorais.
. Mudou o apelido do avião do Lula. Agora é Arca de Noé: " Só entram
os sobreviventes do Delúbio".>
. Pensando bem.qualquer dia até os papagaios no Brasil vãofalar
corruptaco, corruptaco (Cláudio Humberto)>
. Bons tempos aqueles em que os Três Poderes eram o Exército, a Marinha>
e a Aeronáutica (Millor)
. O Lula e o PT estão tentando cruzar cabra com periscópio, para ver se
acham um bode expiatório.
. Antes era o PC Farias.> Agora é o PT Faria. Faria as reformas, faria a
distribuição de renda,faria um governo honesto ...
. A única diferença entre o político e o ladrão é que o primeiro> agente
escolhe e o segundo escolhe a gente...>
. O canto lírico de Roberto Jefferson não tem dó. Só tem réu maior!!!
. Estamos numa época em que o Fim do Mundo não assusta tanto quanto o
Fim do Mês
Recebi as frases por email e resolvi suprimir algumas que além de não ter graça, eram de extremo mau gosto

Lá como cá?

"Nilton Micheleti, irmão do prefeito de Londrina, Nedson Micheleti (PT), filiou-se ao PP e apoiará Antonio Belinati.
Inevitável, agora, voltar a pensar em Maringá".

. Do blog do Angelo Rigon

Vai fechar mesmo

"Vejam que notícia triste:
A Escola Municipal Delfim Moreira, que fica na Placa Iler, vai fechar as portas por falta de alunos. Acabou este ano letivo, em dezembro, ela não abre mais.
Os 80 alunos que hoje estudam lá deverão ser transferidos para escolas no perímetro urbano de Maringá, bem como os professores.
Isso vai tumultuar a vida deles.
O curioso é que esta escola foi fundada por Silvio Barros, pai do atual prefeito maringaense. E agora, na administração do filho, a escola será fechada.
. Do blog do Edson Lima, hoje

No último dia 20 postei a seguinte nota neste blog

"Delfim Moreira" ameaçada

A Escola Rural Delfim Moreira está em vias de ser desativada. Tem hoje apenas 80 alunos, mas os moradores da região da Placa Iller pediram a Silvio Barros II que estude uma forma de manter a escola, criando cursos profissionalisantes e outras alternativas para evitar que a estrutura seja jogada às traças. O prefeito teria balançado a cabeça negativamente e deixado claro que a desativação é inevitával, principalmente porque escola rural não dá votos. A frustração dos sitiantes que tem seus filhos estudando alí, foi muito grande.
Sobre esta escola rural, uma curiosidade histórica: ela foi inaugurada na gestão Silvio Barros I (1973/1976). Eu estava na solenidade como repórter da Folha de Londrina e nunca esqueci o constrangimento a que foi submetido o reitor da UEM Rodolfo Purpur, quando em seu discurso, o prefeito referiu-se ao reitor como "o magnífico, que na verdade não tem magnificência nenhuma".

Dois discursos diferentes...

28.09.07

“Uma obra pronta não pode ficar parada, sem atender a população. Mas não posso abrir um pronto atendimento sem médico, pois aí sim o cidadão vai reclamar mesmo”, desabafou ontem o prefeito Silvio Barros (PP). Ao ler a declaração, publicada hoje em O Diário, Luiz Fernado Rodrigues, da Pastoral da Juventude, comentou:

Me estranha muito esta fala do prefeito, visto que na posse do Conselho Municipal de Saúde, no último dia 11, ele criticou o conselho por ter questionado a prefeitura sobre a abertura de um Posto de Saúde dentro do Cesumar, sem médicos. Na ocasião ele disse que não poderia deixar a estrutura parada se a população necessitava de atendimento e por isso ele abriu a unidade, mesmo sem médico. Como proporcionar atendimento de saúde sem um profissional (médico) para realizar o atendimento? Até hoje esta unidade está com falta de profissionais e o Ministério Público acionou a prefeitura, pois ela desrespeitou deliberações do Conselho de Saúde ao abrir uma unidade de saúde sem médicos.
A reabertura do Pronto Atendimento do Alvorada - Nis III, citado na matéria, foi fruto de muitas discussões no conselho. Foi aprovada sua abertura somente quando toda a equipe estiver completa, isto para garantir que a população tenha um atendimento de qualidade. A prefeitura, através da Secretaria de Saúde, tinha um projeto de fechar o Pronto-Atendimento do Hospital Municipal para garantir a abertura do NIS III, com a transferência dos profissionais. Na Conferência Municipal de Saúde, esta proposta não foi aceita, entendendo que o pronto-atendimento deve ser mantido no HM.

. Do Blog do Rigon

Benditas férias

Informa o Lukas no seu blog Casa do Noca, que a Mírian Leitão vai entrar em férias na
Globo e na CBN. Seria bom demais se também saíssem em gozo de merecidas férias o Alexandre Gracinha e o Arnaldo Jabour.Os telespectadores e ouvintes penhoradamente agradeceriam. E quem sabe a Veja não daria algumas semanas de descanso ao Diogo Mainardi?

Os "cansados" estão voltando


"Os "cansados" voltam, divididos em alas. Ala Hebe Camargo, Ala Ivete Sangalo, Ala Regina Duarte e Ala Agnaldo Rayol. Não dá para encarar protesto com camiseta de grife e faixa encomendada na “Só Placas”. Tudo certinho, tudo bonitinho. Será que ninguém mais improvisa? Depois reclamam quando os petistas chamam a turma de ‘Dazelite’. Olhe o cartaz de divulgação . Nem o Washington Olivetto faria melhor. Genial, né? Tão genial que espanta.
Manifestante do “Cansei” você conhece pela quantidade de laquê que passa no cabelo. Parece Concurso de Fantasia no Hotel Glória. Todas de Leopoldina. E atenção para o minuto de silêncio! Que só tem trinta segundos porque senão cansa. Quaquaquá".
. Do Blog do Marcus Vinícius, de Curitiba

27 de setembro de 2007

Crescendo com cidadania...

"Quero parabenizar a Coordenadoria e chefia da Guarda Municipal de Maringá por colaborar com a atual administração na aplicação da cidadania. Quando fui solicitar minhas férias me disseram que não era possível porque não tinha outro guarda para substituir, faltava pessoal, etc , etc...
Mas para me aplicar uma suspensão de trinta dias ninguém questionou nada. Simplesmente me disseram que “alguém” mandou e tinha que ser assim.
Parabéns Maringá, por tanta cidadania...
(Reynaldo Carrara, servidor municipal)
. Este desabafo está no blog do Sismmar

Tem remédio?

"O Instituto da Árvore está enfrentando um problema sério para levar adiante o ajardinamento dos canteiros centrais: a falta de consciência de algumas pessoas, que estão destruindo as flores. Isto pode ser conferido dentro a Catedral, no Centro, e em avenidas como a Mandacaru.Deste jeito, fica difícil".
. Do Blog do Rigon

Trocadalho: e as árvores cortadas para descobrir fachadas e placas? Será que este problema tem remédio? A luta pela reposição de árvores boas que foram sacrificadas por motivos que até os passarinhos sabem quais são, é uma luta NOSSA.

Controle de natalidade

27.09.07

"O que você faria se ganhasse na Mega-Sena?
Teve um que disse: "Eu faria vasectomia, pra não ter que dividir com ninguém"!.
. Do Blog do Zé Simão

Bons exemplos



"SEMENTES DE ESPERANÇA

NO SANTA FELICIDADE".

Por Paulo Vidigal

No Conj. Santa Felicidade, zona sul de Maringá, Moisés Oliveira planta sementes de cidadania. Ele desenvolve voluntariamente uma escolinha de futebol que hoje treina cerca de 120 crianças, meninos e meninas.
Moisés começou o projeto há dois anos treinando 10 crianças. Pedreiro de profissão, trabalha na construção até as quatro da tarde. E diariamente após a dura jornada, vai direto para o campo. Transforma-se no treinador de futebol respeitado pelas crianças, pelos jovens e pela comunidade. O projeto se chama "Vida Melhor Com Futebol" e o time "Esporte Clube Atlético Maringá". Jacaré, que tem filhos participando da escolinha, diz que as crianças depois que entraram na escolinha de futebol, melhoraram o desempenho escolar e o convívio em grupo.

Meu comentário: Exemplos como este do Sr.Moisés devem ser divulgados. Aproveito, então, para lembrar o seo João, outro pedreiro que faz o mesmo trabalho na região do Borba Gato. Até já formou um time que disputou campeonato juvenil. Os treinos e jogos, num campo da Rua das Azaléias, acontecem todo domingo de manhã. Seo João luta com muita dificuldade, mas consegue arranjar material esportivo e manter sempre arrumado o campo que fica num terreno de proprietário desconhecido.Pessoas como essas merecem todo apoio, inclusive do Poder Público Municipal.A Secretárfio de Esportes Edith Dias conhece o seu João e o projeto, mas nunca se dignou a dar um pulo no campinho num domingo de manhã. Sou capaz de apostar que ela jamais apareceu lá no Santa Felicidade para uma conversinha com o seu Moisés.

Vale a penar ler

O blog Notícias da Província está na ponta dos cascos, batendo pra valer, mas enumerando fatos que parecem irrefutáveis.Não conheço o blogueiro, mas pelo nível de informação que tem, deve ser alguém que convive no meio empresarial e tem boas fontes dentro da administração municipal.Será que o promotor Cruz acessa o NOTÍCIAS DA PROVÍNCIA?

Cridê,fala pra mãe!



"Como o tempo passa rápido. Amanhã vai dar dois anos que o comediante Ronald Golias; o Bronco, o Profeta, o Pacífico, o Carlos Bronco Dinossauro, o Bartolomeu Guimarães... foi fazer micagens e graças em algum lugar.
Às vezes eu fico pensando... tem gente nesse mundo que não devia ir, não. Tinha que ficar aqui uns 200 anos pra fazer a gente rir e se emocionar. O Golias é um deles, esse filho da mãe".
Do Blog do Lukas, que já tem projeto para ampliar a Casa do Noca

O Rizzo tá certo

Em amail enviado ao Milton Ravagnani,e publicado na coluna do ilustre juris consulto, o jornalista Luiz Carlos Rizzo chama a atenção para um detalhe que não tinha me ocorrido ainda: o de que a CPMF é o único imposto que não dá pra sonegar. Lembra Rizzo que de 30 a 50% do PIB nacional é sonegado, "ou seja, é devido, cobrado do consumidor e não repassado para o fisco". A carga tributária no Brasil é pesada demais, absurda sem dúvida. Mas não dá pra discordar da observação do amigo, que vê uma certa hipocrisia na "indignação" do grande empresariado com o chamado imposto do cheque.

Tomara!

Comissão de deputados vem a Maringá vistoriar aeroporto. A matéria , assinada pelo jornalista Clóvis Augusto Melo, saiu na edição de hoje de O Diário. Aí pensei: será que esta comissão não fará o mesmo papel daqueles senadores que foram investigar o trabalho escravo em uma fazenda do Pará? Espero que não. Da mesma forma que espero que os parlamentares verifiquem não apenas a questão do rádio, mas atentem também para um detalhe prosaico, que não ameaça a segurança de vôo, mas limita o acesso da população ao local: o pedágio alí implantado.

26 de setembro de 2007

Afiando o bico


O PSDB estadual decidiu que vai disputar as prefeituras das principais cidades do Paraná em 2008. Significa que o esforço do deputado Ricardo Barros para cooptar o PSDB pode estar indo por água abaixo. O tucanato está afiando o bico para atacar quem tentar fazer da sigla, partido de aluguel.Só lembrando que a cúpula nacional do tucanato está "porraqui" com "serristas" e "alkimistas" de ontem, que pularam para o lado de dentro do balcão.

"Peidei, mas não fui eu"


"O roqueiro Lobão lançou o “Peidei, mas não fui eu.” Trata-se de um misto de movimento anárquico e embrião de partido político. Destina-se, segundo diz, a combater a corrupção que grassa no país. Diferentemente do “Cansei”, o “Peidei” não exclui Lula do rol de produtores de futum.
Em entrevista ao Programa do Jô, exibida na madrugada desta quarta-feira (26), Lobão disse que, quem tiver a oportunidade de examinar a mão do presidente da República, verá que ela está tão “amarela” quanto às demais.
Explicou que um dos objetivos do “Peidei” é o de “acordar” a esquerda brasileira, que, a seu juízo, anda meio “adormecida”. Lobão entoou a música-tema do seu movimento. Trata-se de uma paródia da célebre “Que será que será”, do lulista Chico Buarque. Na versão de Lobão, “Que será” virou “Quem Será que Peida”".

. Do blog do Josias de Souza

Começam os recados

Um vendedor de vassouras comenta com uma dona de casa, que ficou irritado ao ouvir comentário em um certo programa de rádio local, em que o apresentador reclamava do ex-prefeito João Ivo, culpando-o pela condenação judicial que sofrera em 2004. A sentença é decorrente do desrespeito à lei eleitoral. Vale lembrar que a sentença condenatória é de um juiz e não do ex-prefeito.E se punição houve, é porque a lei eleitoral foi ferida de morte naquela ocasião. A cidade inteira sabe da história e sabe também que o projeto de desconstrução de candidatos que ameacem a reeleição do atual prefeito, já foi tirado da gaveta.E mais: ao atacar quem acionou a Justiça contra uma injustiça, o comunicador está desrespeitando é o próprio Poder Judiciário.

Cúmulo do paradoxo

O presidente Lula viaja o mundo divulgando o álcool de cana como uma referência da nova matriz energética brasileira, alicerçada nos combustíveis naturais. Enquanto isso, na sala de justiça, os cortadores de cana denunciam a exploração dos usineiros. Há casos, inclusive, de maus tratos, humilhação e carga de trabalho excessiva, além dos limites físicos de cada trabalhador. O governo precisa tomar uma pvovidência, parar com esse
absurdo de afagar quem dispensa tratamento desumano aos trabalhadores.
Quem quiser saber detalhes da exploração aqui no Norte do Paraná, basta dar um pulinho na banca mais próxima e comprar um exemplar da Folha de Londrina de hoje.

25 de setembro de 2007

Pulverizar para levar para o 2o.

"O fato de a petista Gleisi Hoffman navegar em torno dos 10% nas pesquisas externas e internas reforçou a teoria de que, para se chegar a um segundo turno e, aí sim, sair na mão limpa com o prefeito Beto Richa (PSDB), somente pulverizando os votos com vários candidatos no primeiro turno. O PT já conversou com Rubens Bueno (PPS) e quer que o PDT de Osmar Dias lance candidato também. Sem falar no PMDB, onde, avalia-se, o melhor candidato é mesmo Rafael Greca, presidente da Cohapar. Esperava-se melhor desempenho da mulher do ministro Paulo Bernardo. Assim como um abalo na imagem do atual prefeito por conta da divulgação do escândalo da “sogra fantasma” de seu ex-assessor direto. Agora aposta-se num time inteiro de candidatos capazes de tirar votos de Richa e impedir que ele leve a taça no primeiro turno. Isso é o que se pensa agora".
Do Blog do Zé Beto

Perguntar não ofende

Como será que está a Guarda Municipal? Dela farão parte apenas os guardas municipais já existentes, quase todos, funcionários de carreira? Ou será que vai ter muito diretor de associações de bairros integrando a corporação? Como será que deve funcionar a hierarquia da nossa milícia? Serão todos soldados rasos ou pelo menos os que forem recrutados agora, chegarão ostentando divisas de cabo?

24 de setembro de 2007

Mistura indigesta

Em Washington até as pedras sabem que o Departamento de Estado não quer a Venezuela no Mercosul. E que a mídia americana, que dá a linha para os jornalões brasileiros, mante sobre Chaves, que não teria falado nada sobre o Senado Brasileiro no último encontro com Lula. O próprio Hugo Chaves diz que o petróleo venezuelano e o álcool brasileiro é uma mistura indigesta para o paladar de Tio San. Mais informações sobre este assunto no site do Luiz Carlos Azenha.

Do blog do Zé Simão

Chico Neto, um horror!

O "Chico Neto" estava lotado ontem a tarde no encontro das CEBs - Comunidades Eclesiais de Base. Os participantes ficaram horrorizados com o estado de abandono do ginásio de esportes. Não havia água nos banheiros e na hora que Dom Anuar celebrava missa, os holofotes se apagaram.

22 de setembro de 2007

Ele disse

Na ediçao de hoje do O Diário o prefeito Silvio Barros II disse com todas as letras que Ricardo Barros e Ênio Verri são aliados. E admite a possibilidade de uma aliança entre Barros e Verris em 2008. Não sei qual será a reaçao do PT, mas de uma coisa tenho certeza: se o próprio Ênio ou o Diretório Municipal do PT se calarem, a militância vai "rodar a baiana".

Onde há fumaça...

"Recebo telefonema de uma servidora municipal dizendo que caiu muito o padrão da comida nas creches de Maringá. Algumas crianças não estariam conseguindo engoilir a gororoba e por isso ficam com fome. Da mesma fonte, vem a seguinte informação: "tem havido com frequência palestras nas creches, para a divulgação de um produto chamado dolomita".
Acho que o Observatório Social, tão zeloso com o erário e a SER - Sociedade Eticamente Responsável, tão preocupada com a cidadania, deveriam entrar em campo para verificar se há fundo de verdade nisso".

Postei esta nota no Blog no último dia 11. Acho que nem a SER e nem o Observatório Social entraram em ação. E nem acredito que os membros de tão zelosos mecanismos de controle social da gestão pública tenham se posicionado contra a transferëncia de mais de R$ 300 mil reais da merenda das creches para a propaganda.

Pior que 78

O episódio do renangate reduziu a credibilidade do Senado a níveis bem mais baixos do que os de 1978, quando temendo mais um sucesso do MDB nas eleicóes daquele ano, o presidente Geisel decretou o "Pacote de Abril". Foi neste pacote que o Regime Militar embalou em papel de presente de grego os senadores biônicos. O Paraná teve um, Afonso Camargo.
A propósito da bionicidade, também pode ser considerado biônico o suplente que assume quando o titular se afasta para uma cirurgia de joelho.

21 de setembro de 2007

O problema é o cachimbo


" O curto intervalo de três dias –entre segunda e quarta-feira—, o Planalto mandou pagar mais de R$ 47 milhões em emendas parlamentares. Reservou, de resto, outros R$ 37,9 milhões para liberar nos próximos dias. Para onde vai tanto dinheiro? Destina-se a financiar obras nos municípios que compõem a base eleitoral dos deputados.
Auditorias realizadas pelo TCU e inspeções feitas pela CGU apontam esse tipo de canteiro de obras como foco de recorrentes desvios de verbas públicas. São comuns o superfaturamento e o direcionamento das licitações. A despeito disso, o governo não hesita em abrir as burras do Tesouro sempre que precisa açular o espírito patriótico de seus “aliados”.Do Blog do Josias de Souza

Meu comentário: Sempre achei este negócio de emenda parlamentar uma escrecência. Essa é, de muito tempo, uma das principais portas de entrada da corrupção na administração pública. Já tivesse deixado de existir, muitos deputados que se eternizam no mandato por conta da farta distribuição de verbas orçamentárias para prefeitos de suas bases, estariam fora da política. Imaginei em 2002 que a eleição de Lula significaria o fim de práticas abomináveis como esta. Infelizmente tudo continua como sempre foi.A liberação por conta da aprovação da CPMF na Câmara Federal é apenas mais um episódio do gênero. A boca já está torta, gente! É preciso exterminar o cachimbo e montar uma força tarefa de cirurgiões plásticos, liderada por Pitangui, para tentar corrigir o defeito.

Conselhos do Abramo

Cláudio Abramo, um dos profissionais mais respeitados da história do jornalismo brasileiro dizia sempre que ele não tinha duas éticas. A sua ética de jornalista era a mesma ética de marceneiro. E não era por ser jornalista que se dava o direito de sair por aí infringindo leis, com a certeza da impunidade pelo fato de ser jornalista. Recorro a este conceito emitido por Abramo em A Regra do Jogo (meu livro de cabeceira), a propósito de email que recebi do mesmo servidor municipal da nota anterior. Ele se queixa de ofensas que teriam sido feitas esta manhã a um agente de trânsito pelo apresentador Fabretti, ao ser multado por excesso de velocidade.

Bronca de um agente

Um agente de trânsito me envia email denunciando que está sendo obrigado a ir para as blitz na cidade sem colete de proteção. Disse que está indo hoje relatar o fato ao Sindicato dos Servidores Municipais, que deverá tomar as providências cabíveis.

20 de setembro de 2007

Maldição de Hitchcok

Coincidência, apenas coincidência, mas foi em Mônaco que Alfred Hittchcok rodou há meio século o seu filme "Ladrão de Casaca". Em Mõnaco é que foi preso Salvadore Cacciola, o homem que aplicou no Banco Central brasileiro o chamado "Golpe do Risco Sistêmico", que rendeu mais de R$ 1 bilhão. Aconteceu no Governo FHC.Esse detalhe o Partido da Imprensa omite sempre.

Beto com insônia

O prefeito de Curitiba , Beto Richa, pensa na reeleição como grande plataforma de lançamento da sua candidatura a governador em 2010. As costuras partidárias caminhavam para a consolidação desse sonho, pois os prováveis adversários não lhe metiam medo. Tinha como certa a polarização com o PT, com Gleicy ou Vanhoni. Mas nem se lembrou que a ameaça poderia estar vindo do PMDB. E pelo jeito virá, porque o partido do governador Requião se deu conta, afinal, de que tem um nome de peso (literalmente) , para provocar insônia em Beto. Seu nome: Rafael Greca de Macedo.

A coerência em pessoa


Quando prefeito, Ricardo Barros estendeu tapete vermelho para o presidente Collor passar. Na campanha presidencial de 2006, esteve grudado em Alckmin. Hoje, é Lula, a quem sempre criticou e por quem sempre mostrou um grande menosprezo. Os tempos são outros: mais do que o verbo, o Lula de hoje tem a verba.

Homenagem mandrake


O jardineiro de Maringá, Anibal Bianchini da Rocha, falecido há pouco tempo, é merecedor de muitas homenagens, sim. Mas a que o vereador Zebrão está querendo propor é uma afronta à História. Colocar um busto do Dr. Bianchini na Praça Farroupilha é desprestigiar o homenageado , que deveria sim, ter um busto no Horto Florestal. Na praça mais famosa do Jardim Alvorada, caberia um busto, mas do valente Giusepe Garibaldi ou, quem sabe, do grande líder da Guerra dos Farrapos, Bento Gonçalves.

Partido da Mídia


"O Deputado Fernando Ferro (do PT de Pernambuco) nomeou a diretoria do Partido da Imprensa: Arnaldo Jabor, Presidente; Miriam Leão, Secretária-Geral; e Diogo Mainardi, Tesoureiro". Do blog do Paulo Henrique Amorim, que informa ainda: Fernando Henrique Cardoso é o presidente de honra".
Faltou incluir aí a Lúcia Hipólito e o Alexandre Gracinha

"Cala a boca, Batista!"

Da coluna do Luiz Geraldo Mazza na edição de hoje da Folha de Londrina:"Antes de sabermos quem matou a Tahís na novela, o "Dr. Batista" , também deputado, assumiu a autoria da assinatura falsa da PEC antinepotismo. Só que agora não está convencido se assina pra valer. Como está com jeito de quem "amarelou" e/ou "pipocou", é o caso de reproduzir o bordão daquele quadro do Jô Soares, entoado pelos siotuacionistas:"Cala a boca, Batista".

Ataque à merenda

Dos seis projetos de lei que o prefeito Silvio Barros II mandou esta semana à Cãmara para serem aprovados a toque de caixa, um chama a atenção: É o que tira dinheiro da merenda escolar para aumentar o gasto com propaganda. O vereador Humberto Henrique, um dos tres que votaram contra (os outros dois são: Mário Verri e Marly Martin) comenta:"Juntas, as seis leis apresentadas somam algo em torno de 150 folhas que
precisam da análise dos vereadores para votação. Tratam de temas
relevantes para o contribuinte e para a prefeitura, uma vez que se referem
aos impostos do município e também a remanejamento de recursos. Mais de R$
1 milhão, por exemplo, vai ser deslocado para gasto com publicidade no
gabinete do prefeito e na Secretaria de Educação. Desse montante, R$ 300
mil serão retirados da manutenção do programa de alimentação escolar".

19 de setembro de 2007

"Delfim Moreira" ameaçada

A Escola Rural Delfim Moreira está em vias de ser desativada. Tem hoje apenas 80 alunos, mas os moradores da região da Placa Iller pediram a Silvio Barros II que estude uma forma de manter a escola, criando cursos profissionalisantes e outras alternativas para evitar que a estrutura seja jogada às traças. O prefeito teria balançado a cabeça negativamente e deixado claro que a desativação é inevitával, principalmente porque escola rural não dá votos. A frustração dos sitiantes que tem seus filhos estudando alí, foi muito grande.
Sobre esta escola rural, uma curiosidade histórica: ela foi inaugurada na gestão Silvio Barros I (1973/1976). Eu estava na solenidade como repórter da Folha de Londrina e nunca esqueci o constrangimento a que foi submetido o reitor da UEM Rodolfo Purpur, quando em seu discurso, o prefeito referiu-se ao reitor como "o magnífico, que na verdade não tem magnificência nenhuma".

18 de setembro de 2007

Vamos abraçar a rodoviária?

A idéia surgiu ontem durante conversa de artistas populares e ambientalistas:"A gente precisa fazer urgentemente um movimento na cidade para salvar o prédio da rodoviária velha". E já tem gente organizando um abraço ao prédio histórico, que o prefeito Silvio Barros II e seu secretário Guatassara Boeira querem colocar "na chon". Vale a lembrança de que Londrina preservou não só a rodoviária, mas também a estação ferroviária. A estação ferroviária de Maringá, só por uma cruel ironia do destino, foi demolida pelo prefeito Ricardo, que certamente orienta o irmão Silvio para implodir a rodoviária velha em nome, não do progresso, mas da especulação imobiliária descarada.

Escolas Cooperativas. De novo?

Informações que me chegam por email , dão conta de que estão fazendo levantamento dos móveis (e imóveis) de algumas escolas municipais. Tudo anotadinho na ponta do lápis, e barulho de máquinas de calcular varrumando a idéia de professores e zeladoras, já preocupados com uma possível volta das escolas cooperativas. Se Maringá tiver mais quatro anos de Barros, terceirizar e privatizar serão os verbos mais conjugados no Paço Municipal.

O público e o privado

O Parque de Exposições de Maringá é um espaço público, pertencente ao município e que está cedido, em regime de comodato, à Sociedade Rural. Seria interessante a comunidade local conhecer os termos desse contrato, porque o povo não se beneficia em praticamente nada daquela área. Basta ver os preços nada populares cobrados por ocasião da Expoingá. Agora, por exemplo, o Núcleo Regional de Ensino está organizando um mega evento para novembro, com atrações populares, como um show de samba pelo projeto Fera. Sabem quanto a Sociedade Rural pediu pela locação do espaço que é do povo para aquela festa que será do povo? Pode acreditar: R$ 115 mil.

A desculpa da raposa



O prefeito Silvio Barros voltou ao PP dizendo que rejeitou o PMDB. Na verdade, ele saiu do partido do Severino Cavalcanti por orientação do irmão Ricardo, que almejava incorporar o PMDB ao seu patrimônio partidário para 2008. Não conseguiu, e diante da total falta de outras alternativas, fez meia volta, volver.
O presidente do PMDB, Umberto Crispim, matou a charada, comparando o desdém do prefeito à raposa da fábula. Seguinte:"Uma raposa faminta entrou num terreno onde havia uma parreira, cheia de uvas maduras, cujos cachos se penduravam, muito alto, em cima de sua cabeça. A raposa não podia resistir à tentação de chupar aquelas uvas mas,por mais que pulasse, não conseguia abocanhá-las. Cansada de pular, olhou mais uma vez os apetitosos cachos e disse:
- Estão verdes . . .
A propósito dessa atrapalhada incursão pelo espectro partidário, o prefeito disse ao se desfiliar do PP, uma das frases mais desparatadas do ano:" Sem estar sob o manto de uma bandeira partidária, terei mais facilidade para administrar e conquistar recursos para Maringá" . Quer coisa mais paradoxal? Alguém já ouviu falar em democracia sem partidos? Bem ou mal, temos partidos e o que o prefeito de Maringá fez foi um desrespeito à instituição partidária como um todo.

17 de setembro de 2007

FHC e a tchurma com a pulga atrás da orelha....

" A prisão de Salvatore Cacciola no Principado de Mônaco é, como diria o Simão, uma buemba, buemba no colo do Farol de Alexandria e do ministro Marco Aurélio de Mello, o herói da mídia conservadora (e golpista !).
. Cacciola deu um golpe no Banco Central de US$ 1,5 bilhão nas barbas do Governo Fernando Henrique.
. A Polícia Federal conseguiu prender Cacciola.
. O ministro Marco Aurélio de Mello deu uma liminar a Cacciola e o direito de contemplar o Mediterrâneo sentado nos bares elegantes do Principado de Mônaco, ao lado de Grace Kelly.
. Se Cacciola abrir o bico, urubu vai voar de costas em Niterói, como diria Estanislau Ponte Preta".
Do Blog Conversa Afiada (Paulo Henrique Amorim)

Darwin por aqui?


Sei não, mas a teoria da evolução, tal qual ela está colocada aí, me faz acreditar que na sua famosa "Viagem do Beagle", Charles Darwin teria dado uma paradinha por essas plagas, nem que fosse para um pipizinho.

Sabe com quem está falando?

A frase é uma espécie de síntese da arrogância. Foi pronunciada aos berros por certo empresário do setor lojista no último sábado, ao ser enquadrado por um guarda da Cetran, por ter estacionado numa vaga destinada a deficiente físico. Bateu boca om o servidor, ofendeu meio mundo e foi parar na delegacia. Escapou por pouco de ser engaiolado, mas foi advertido de que já é reincidente e que da próxima vez, é xadrez direto. Tá tudo registrado no livro de ocorrências da 9a. SDP. Pelo menos , deve estar, porque a bronca foi feia.

O "Duce" iria adorar

Falar pode, mas só se for bem do burgo mestre. Crítica, nem pensar! Estagiários de Pedagogia que se dispuseram a questionar métodos pedagógicos aplicados em escolas de um município muito importante do Norte do Estado , foram " convidados" a cantar noutra freguesia. O estágio está (veladamente) proibido em escolas municipais para acadêmicos ousados, que se acham no direito de fazer contrapontos.
Mussolini iria ficar orgulhoso do desempenho de um jovem e bem articulado prefeito, competente garoto propaganda do neofascismo.

14 de setembro de 2007

Argumento contra o extermínio do passado



"Assistindo uma palestra promovida pelo LEAP, proferida pela arquiteta Sônia Marques Ph.D, da Universidade Federal de Natal, descobri onde o autor da antiga rodoviária de Maringá, Gelson E. Gubert, se inspirou para realizar seu projeto, em 1960.
Os volumes cúbicos, emoldurados pelos arcos que sustentam a marquise têm raízes num dos projetos de Le Corbusier (1887-1965), o Palácio dos Soviets (1930), em Moscou, jamais construído, mas uma referência para muitas obras que foram erguidas depois, por outros. Corbusier é um dos expoentes da arquitetura moderna que influenciou várias gerações de arquitetos brasileiros, entre eles, Niemeyer e Lúcio Costa".
. De Valter Dubiela , no Factorama.

Meu comentário: Interessante observar as curvas livres que a rodoviária velha de Maringá tem, bem dentro da concepção do Niemeyer e, pelo jeito, do seu inspirador Le Corbusier.
Acho que o texto do Valter no Factorama, traz uma grande contribuição ao debate sobre o valor arquitetônico da rodoviária velha, que o prefeito Silvio Barros II quer derrubar de todo jeito.
Cada vez me convenço mais de que colocar aquele prédio "na chon" será um crime contra o patrimônio histórico da cidade, que já é tão pequeno.
Aproveitando o gancho do excelente artigo do Valter Dubiela, que não conheço, mas gostaria de conhecer, resgato aqui a ecência da concepção da maior referência da arquitetura brasileira em todos os tempos, Oscar Niemeyer:"Não é o ângulo reto que me atrai, nem a linha reta, dura, inflexível, criada pelo homem. O que me atrai é a curva livre e sensual, a curva que encontro nas montanhas do meu país. No curso sinuoso dos seus rios, nas ondas do mar, no corpo da mulher preferida. De curvas é feito todo o universo, o universo curvo de Einstein."
. Peguei a foto no blog do Rigon

É nóis na fita!


"Notebook para todos. Na Câmara.Todos os deputados federais ganharam um mimo que o presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia, decidiu fazer com o chapéu alheio, ou seja, o bolso do contribuinte: um computador portátil (notebook) da marca HP, de última geração. No mercado, cada um pode custar até R$ 7 mil. No total, são 513 deputados. A entrega dos notebooks já começou, sob agendamento, mas cada deputado precisa retirar o seu pessoalmente".
De Cláudio Humberto, surrupiado do blog da amiga Marta Bellini

Meu comentário: É Maringá exportando talento. John deve estar exultante, pois foi copiado por ninguém menos do que o presidente da Câmara dos Deputados, terceiro homem na linha da sucessão presidencial. Sorri, periferia!!!!

Tudo é possível...

"Estamos buscando a confirmação de que os deputados federais Ricardo Barros (PP), vice-líder de Lula, e André Vargas, presidente estadual do PT, desembarcaram juntos ontem à noite em Maringá.
Estariam afunilando os entendimentos para a dobradinha PP-PT em 2008, em Maringá. O desembarque também explica algumas dúvidas minhas".
Postado por Angelo Rigon

13 de setembro de 2007

Sem dó

"Esqueçam aquele discurso contra cargos de confiança do então candidato Silvio Barros II. Hoje, podendo atender um aliado, ele gasta CC sem dó.
É o que aconteceu com uma telefonista, servidora de carreira, que se aposentou recentemente. A pedido do vereador Dorival Dias (PSDB), seu ex-líder na câmara, agora ela acumula a aposentadoria com um CC e ainda trabalha em seção politicamente estratégica da Secretaria de Saúde".
Do blog do Angelo Rigon
Meu comentário: esqueçam vários outros discursos, como o da valorização dos servidores; o da redução dos acidentes de tränsito, que só aumentaram nos últimos tres anos; o da melhoria da saúde, que só piorou. Esqueçam, esqueçam...

Em tempo: que tal o reconhecimento público do Secretário da Saúde de que se o problema da dengue já está grave, que Maringá se prepare porque vai ficar pior? Reconhecer as próprias limitações é um gesto nobre, mas se declarar incompetente para enfrentar o que estar por vir, é pobre.Só lembrando que a dengue é uma triste realidade , mas se os gestores públicos fizerem o dever de casa, o que a administraçao municipal não fez, podem evitar o pior.

Fala o cientista Wanderley

Sobre o governo Lula:
"Tem dois aspectos. O primeiro aspecto é o fato de o governo Lula ser um governo inédito no Brasil. É realmente um governo cuja composição de classe, cuja composição social é diferente de todos os governos até agora. Isso não foi e dificilmente será bem digerido. Agora, em acréscimo a isso é que, ao contrário do que se teria esperado ou gostariam que acontecesse, este é um governo que até agora tem se mantido fiel à sua orientação original, independentemente das discussões internas do grupo do PT. A verdade é que as políticas do governo têm prioridades óbvias, que são as classes subalternas".

Sobre a imprensa:
"A imprensa no Brasil é um partido político. A imprensa no Brasil se considera indestrutível porque ela resiste à democratização, à republicanização do Brasil.
Os militares brasileiros hoje se submetem mais à lei do que a imprensa.Restou à imprensa brasileira ter a capacidade de gerar crises, instabilidade política.
No Governo Lula, a imprensa pratica o “quanto pior melhor”, que, antes, atribuía à esquerda: ela combate políticas que, sabe, são benéficas ao país, mas não tolera que sejam praticadas por um líder comprometido com as classes populares.Isso (o compromisso com as classes populares) é algo que irrita e, conseqüentemente, faz com que aumente a disposição da imprensa para acentuar tudo aquilo que venha a dificultar e comprometer o desempenho do governo”.

(*) Wanderley Guilherme dos Santos é titular da Academia Brasileira de Ciências, diretor do Laboratório de Estudos Experimentais e pró-reitor de Análise e Prospectiva da Universidade Cândido Mendes, professor titular aposentado de teoria política da UFRJ e membro-fundador do Iuperj.

Desvio de finalidade

"A travessa Poeta Vinicius de Morais - aquele calçadão localizado entre as avenidas Prudente de Morais e João Paulino Vieira Filho, no Novo Centro -, agora vem sendo utilizado como estacionamento de veículos de pessoas que trabalham ou vão fazer negócios naquelas proximidades. Daqui a pouco vira uma Pedra". Do Blog do Rigon

Meu comentário:
E pensar que aquele espaço, construído na administração passada, seria destinado a uma rua 24 horas ou, pelo menos, seria transformado num calçadão, com revistarias, cafés, espaços de lazer para a criançada, etc.

Cabeça quente

Encontrei hoje de manhã encostado a uma árvore da Praça Renato Celidônio, um servidor municipal aposentado, que conheço há muitos anos. Passando a mão nos cabelos brancos, me pareceu preocupado. Parei pra conversar, perguntar como está a vida dos aposentados da Capsema. "Mal, muito mal" , responde. Pergunto por que, e a resposta vem de bate-pronto:"Porque quebraram a nossa Capsema. Estou há semanas tentando conseguir uns exames que o médico me pediu, e nada. Tentei falar com a presidente Jacira Martins e ela escorrega mais do que bagre ensaboado. O pior é que já tão começando a atrasar nosso pagamento. Correção salarial? Nem pensar!".

Diante das queixas, me permito indagar:"E o que está acontecendo com o funcionalismo que não reage?" . O aposentado , que ganha um salário de pouco mais de R$ 500,00, parece conformado:"Nada, o servidor municipal é devagar, tem medo de perder o emprego ou ser perseguido. Bobagem, pois basta ver o exemplo dos 30 que o prefeito mandou embora por causa da greve, que ele teve que engolir de volta por exigência da justiça. Mas acho que todos estão esperando ano que vem para dar o trôco!".

Comportamento estranho

Adivinhem qual era o assunto de uma rodinha de amigos ontem à tarde em frente ao Fórum de Maringá? Ganhou um pirulito quem respondeu "julgamento de Renan Calheiros".
Me aproximei e fui instado a entrar na conversa por um advogado amigo, petista histórico, profissional respeitado e socialista convicto. Ele me perguntou:"Você como jornalista acha que o Renan será cassado?". Respondi:"O resultado é imprevisível, mas tenho a sensação de que ele vai acabar escapando da guilhotina dessa vez. Infelizmente". A reação do amigo, por quem tenho grande admiração, me deixou pasmo:"Então você também está no time dos que acham que o Lula foi o responsável pelo acidente da TAM?". Confuso, perguntei:"O que tem a ver alhos com bugalhos?". E ele:"Tem a ver sim, por que quem quer cassar o Renan é a mídia, é a direita, a elite...essa mesma direita que ainda insiste que Lula foi quem derrubou o avião da TAM.Ninguém falou do filho que o ex-presidente Fernando Henrique teve com outra jornalista". Aí entendi menos ainda. Mas para evitar maiores constrangimentos, preferi encerrar o assunto com uma inofensiva ironia:"Fique tranquilo porque a Playboy com a Mônica Veloso nua, vai levar o Brasil a entender as fraquezas do senador alagoano, uma vez que o dinheiro do lobista, o caso da cervejaria e agora das denúncias de propina em ministério ocupados por aliados peemedebistas do presidente do Senado, são apenas detalhes"!. Alguns saíram para seguir sua rotina de trabalho e os que ficaram na roda mudaram de assunto, preferindo falar do Kia, do Dualibi e da briga do governador Requião com o Ministério Público, aproveitando a aproximação de um promotor.

12 de setembro de 2007

Acabou de escapar

"Em votação secreta, o plenário do Senado Federal absolveu, por 40 votos a 35, o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), da acusação de quebra de decoro parlamentar por usar dinheiro da empreiteira Mendes Júnior para o pagamento de pensão à jornalista Mônica Veloso, com quem tem uma filha fora do casamento". Da Folha Online às 18,20hs

Frase do dia

"Eu sei que nesta quarta-feira, quando o plenário do Senado votar pela cassação ou não do senador Renan Calheiros, vai haver uma morte. A morte política do próprio Renan, ou a morte política do Senado" (Deputado Fernando Gabeira). Pincei a frase do blog do Ricardo Noblat, que tem repórter infiltrado na sessão secreta do Senado

Josias de Souza escreve

"Que é o Parlamento? É a melhor alternativa ao conflito que civilização foi capaz de inventar. Pois na manhã desta quarta-feira (12), o Senado, templo da máxima temperança, ganhou ares de boca de fumo carioca, disputada por gangs rivais.

Armados de uma liminar do STF, deputados marcharam rumo à porta do plenário do Senado. Foram recebidos como rivais de uma favela vizinha. Reclama daqui, empurra dali (pown! ai!), soca d’acolá, entraram todos.

Resta agora saber o que farão os congressistas, sobretudo os senadores, com os cérebros. O réu Renan chegou mudo e pisou o chão da arena do julgamento calado. É lá dentro, longe das câmeras, que se desenrola a briga que interessa. Entre jabs e esquivas, só uma coisa interessa: se Renan Calheiros sair do plenário fagueiro e falante, não haverá dúvidas: o Senado, por ora no córner, terá descido à lona".
Do blog do jornalista Josias de Souza

Acredite se quiser!

O prefeito fez um discurso meio estranho na posse do Conselho Municipal de Saúde, ontem à noite.Culpou as pessoas adoentadas por procurarem o sistema único: "Enquanto o individuo não tiver consciência de como ele trata a sua saúde individual e de como ele trata o próprio corpo, nós não vamos resolver esse problema... coisas que custam muito caro ao sistema de saúde são decorrência da maneira que o individuo decidiu agir com seu próprio corpo... acontece que o direito dele fazer o que acha que deve, vai custar uma fortuna para a sociedade”.

Segundo o servidor Paulo Vidigal , o prefeito citou números de uma pesquisa encomendada pela prefeitura há cerca de vinte dias sobre a saúde pública do município. Questionou pesquisas feitas com pessoas que não usam o sistema. Veja algumas pérolas:

Para a pergunta " Você recebe o medicamento no posto?" , o 63% das pessoas pesquisadas disseram que sim.

Pelo entendimento de Sua Excelência, o problema está na população e não no sistema de saúde, que é bom mas não pode ser divulgado como bom , pela seguinte razão:" Não podemos contar pra eles que está bom porque quem está em outra cidade vai querer vir para cá”.

Pingo no i

Maringá faz figa para acompanhar amanhã o julgamento da dívida do município para com a Caixa Econômica. Mas que fique claro o seguinte:

Não há culpa de nenhum prefeito nesta dívida. Começou com Silvio Barros (pai) e foi até a segunda administração Said. Eram empréstimos do município com o Banestado. Foi feita uma ARO - Antecipação de Receitas Orçamentárias e todas as pendências ficaram numa conta só , que passou para a Caixa Econômica. Justiça seja feita: o questionamento do montante da dívida foi feito na gestão Jairo Gianoto, quando houve o parcelamento sobre R$ 20 milhões, que o município paga até hoje. A Caixa recorreu sobre os juros e correção monetária, que eleva a dívida para 160 milhões. A luta jurídica,portanto, vem do Jairo, passou por Zé Cláudio e João Ivo e agora está nas mãos de Silvio. Não se pode culpar nenhum prefeito pela dívida e nem atribuir a nenhum deles, os méritos por uma eventual vitória. A vitória que esparamos que venha, será da cidade; uma eventual derrota, também, pois todos nós pagaremos o pato.

Atrasado

Vários petistas de Maringá não puderam votar nas teses que o diretório local levaria para o 3o. Congresso Nacional.Alguns haviam assinado fichas há mais de um ano, porém não constavam da lista de filiados. Sendo assim, decidiram sair. Agora que estão fora, acabam de receber o cartão (magnético) do filiado. Vá entender!

O bom exemplo de BH



A Prefeitura de Belo Horizonte vai ter controle sobre umas das raças mais violentas de cães. A idéia de implantar chips nos bit-bulls para responsabilizar os donos em caso de ataque a pessoas, é muito boa. Precisa ser adotada em todo o Brasil. Acho que algum vereador poderia pensar nisso. O número de acidentes tem crescido também por aqui.
Segundo editorial do jornal Estado de Minas, manter pit-bull em casa "é coisa de gente que parece cultivar o estranho prazer de provocar medo ou colocar a vida de outras pessoas em perigo".
Do mesmo jornal, a recomendação:"As autoridades devem levar adiante o argumento dos próprios donos de pit-bull, quando defendem que a agressividade não é do cão, mas da maneira como ele é criado, ou seja, a culpa é do dono e é ele quem deve pagar pelo que o animal fizer".
Não é de hoje que insisto nisso, mas Maringá precisa seguir exemplos como o de BH. À sociedade local cabe pressionar os poderes constituídos para que tomem providências, pois a situação aqui também anda feia.

11 de setembro de 2007

Classificados



Nada melhor para descontrair num final de terça-feira puxada do que um anúncio desse. É negócio da China. Pegar ou largar:
O Lukas comprou o fusqueta aí com um único objetivo: transportar as "eskóis" que compramos de ameia no mercadinho do seu Cláudio. Feito o carreto, o veículo perdeu a sua finalidade. Agora está a venda. Mas o Lukas dá de presente a quem adivinhar a quantidade de latinhas que o fusca tranportou no longo percurso de meio quilômetro. metros.

Comentário do Elias

"Tenho observado o comportamento dos condutores dos ônibus da TCCC pelas ruas e avenidas de Maringá, contatando que se diferencia consubstancialmente em um mesmo dia de trabalho.
Dependendo do horário a cumprir, um mesmo motorista age de duas formas:
Quando pressionado pelo horário, fica stressado e transporta os passageiros como se fossem animais, jogando-os para um lado e outro, freando e arrancando, trafegando em velocidade acima do permitido, desrespeitando-os.
Quando calmos e não pressionados pelo horário, até param fora do ponto e trafegam de bom humor. É uma contradição diária: cansaço e stress X bom humor. Só não enxerga que não quer". Do Blog do Elias Brandão

Meu comentário: o mau humor dos motoristas não é decorrente apenas da pressão dos horários a cumprir. Tem muito a ver também com o papel de cobrador que cada um tem que desempenhar. Quem tem carro não gostaria de estar na pele dos passageiros e com certeza, nenhum passageiro queria estar na pele dos motoristas da TCCC.

No escurinho do Senado....


Surrupiei do blog da Marta Bellini

Bola da vez...

"Sr. MUSSI disse...
Vejo Marta Belinni que a sua ironia é muito grande ao dizer que não me conhece(todo mundo me conhece na cidade e vai me conhecer mais ainda), mas eu te conheço muito bem, muito melhor do que você pensa, tenho em minhas mãos um dossie sobre você com 250 páginas, sei por exemplo que você ficou em Cuba durante 3 meses(tudo pago pelo Fidel) com treinamentos subversivos, você esta incomodando o nosso comandante Silvio, e isso não é bom, ele não gosta e eu menos ainda, repense as suas atitudes.
10 de Setembro de 2007 15:14"

Meu comentário:Ih Marta, esse negócio de dossiê é um perigo! Sugiro que você recorra ao espírito de George Wells, para driblar as atividades investigativas de seres extra-terrestres. Mas não se apoquente, tenho uma ótima receita pra você ficar calminha. É à base de mussi de maracujá.

10 de setembro de 2007

A grande imoralidade

"A privatização da Vale foi um crime de lesa-pátria e os responsáveis, inclusive o ex-presidente FHC, devem responder pelo que fizeram." (General Luiz Gonzaga Schroeder Lessa - ex-presidente do Clube Militar)

Poucos desmandos geraram tanta indignação como a indefensável privatização da Companhia Vale do Rio Doce, uma afronta que expõe as vísceras da corrupção, do favorecimento, do desprezo pela soberania nacional, pelo meio ambiente e de tudo o mais de ruim e danoso que se possa imaginar.

Tudo que aconteceu naquele obscuro 1997 tem as manchas da mais acintosa imoralidade. Nada mais indecente aconteceu depois daquele leilão que entregou nossas riquezas de mãos beijadas e a preço de banana: R$ 3,3 bilhões para um patrimônio real de R$ 92 bilhões. Aquele preço representa hoje o lucro de 3 meses da companhia: só em 2005, esse lucro somou R$ 12,5 bilhões."
Da coluna do Pedro Porfírio na Tribuna da Imprensa

Vem de lá...

"Convidamos todos e todas para participar do IV Encontro das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária (UNICAFES), entre os dias 18 e 20 de setembro, do qual o mandato é parceiro, e da Sessão Especial do Cooperativismo, dia 20/09. Entre as pautas da Sessão está a discussão sobre a criação de uma Lei Estadual de Cooperativismo, cuja proposta está sendo construída coletivamente pelo mandato da deputada Neusa Cadore, deputados da bancada petista, a UNICAFES e também está integrando parceiros de organizações do movimento social.

Paralelo ao evento, estará acontecendo uma exposição dos produtos da agricultura familiar e economia solidária em uma das áreas da Assembléia Legislativa.

A sua presença será muito importante para enriquecer o debate e ajudar a construir a Bahia cooperativista e Solidária!"

Acabo de receber este convite, via email, enviado pelo gabinete da deputada estadual Neusa Cadore, ex-prefeita de Pintadas ,minha cidade natal. Cadore, prefeita duas vezes pelo PT , se elegeu deputada estadual da Bahia em 2006.

Candidatíssimo

A rigor, a única pessoa que pode dizer desde já que tem candidatura assegurada para prefeito de Maringá é Willie Taguchi.O vice de Ricardo Barros (89/92) é o presidente estadual do PMNN e já decidiu que vai pra disputa majoritária. Há quem diga que ele será mais uma pedra no sapato dos irmãos Barros.

Boa notícia

A boa notícia deste início de semana foi dada hoje à tarde em Paiçandu, na inauguração das obras de duplicação de um trecho da rodovia entre aquela cidade e Maringá. O governador Roberto Requião falou o que o prefeito Moacir de Oliveira sonhava ouvir: a continuidade da duplicação até o trevo de Maringá. São mais tres ou quatro quilômetros que, segundo aunciou Requião, estão incluídos no orçamento plurianual do Estado.
Na solenidade, uma gafe do mestre de cerimônia chamou a atenção : ele anunciou a palavra do governador, antes de chamar o prefeito de Paiçandu para falar. Pediu desculpa pelo erro e anunciou, com entusiasmo contido, a palavra de Moacir. Pouco antes Denival Pinto exclmara ao microfone, após a execução do Hino Nacional:"Fenomenaaal!".

Onde há fumaça....

Recebo telefonema de uma servidora municipal dizendo que caiu muito o padrão da comida nas creches de Maringá. Algumas crianças não estariam conseguindo engoilir a gororoba e por isso ficam com fome. Da mesma fonte, vem a seguinte informação: "tem havido com frequência palestras nas creches, para a divulgação de um produto chamado dolomita".
Acho que o Observatório Social, tão zeloso com o erário e a SER - Sociedade Eticamente Responsável, tão preocupada com a cidadania, deveriam entrar em campo para verificar se há fundo de verdade nisso.

8 de setembro de 2007

Notícias da Província

"O novo presidente Prof. Wilson Matos e sua Diretoria estiveram recebendo os cumprimentos e votos de sucessos de amigos e autoridades, na Casa do Nelore. Michel Felippe recebeu homenagens em agradecimento aos trabalhos realizados durante sua gestão. Agora a Casa do Nelore tem o Espaço Michel Felippe. (Rodolfo Carvalho).
Ele vai querer abaracar tudo: é Reitor da Escolinha do Cesumar, Presidente do PSDB de Maringá, Presidente do CODEM, Suplente de Senador e agora Presidente da Sociedade Rural. Se eu não tomar conta, ele pega o meu emprego também".
Postado por Inconformado
Meu comentário: o bem informado INCONFORMADO tem toda razão. O professor Wilson está
mesmo disposto a ocupar todos os espaçoes possíveis na cidade. Está presente onde quer que haja um naco de poder. É coisa DI GÊNIO!

6 de setembro de 2007

Agora vai!


"Renan vai ter que se desdobrar em em mil. Ele se encalacrou porque as vacas dele não tem teta, têm TRETA!
A vaca está se desdobrando!"
Do blog do Zé Sião

Do blog Notícias da Província

"O médico empresário ou empresário médico Presidente da Unimed reclamou hoje ao prefeito pessoalmente sobre vazamentos de informações a respeito das negociações que envolveram as doações dos equipamentos para a ATI. Pelo jeito era para ficar tudo no maior segredo. Cobrou também uma definição rápida para a Capsema e a possível partilha dos usuários entre a Unimed e o Hospital Santa Rita.. A conferir".

Pucca, o grande narrador

Prefiro lembrar de Antônio Paulo Pucca, o extraordinário narrador de futebol. A história do glorioso Grêmio Esportivo, o "Galo do Norte", não pode ser contada sem ter o Pucca como um de seus principais personagens. Ele não só narrava e comentava os jogos, como participava das reuniões mais importantes da diretoria. Estava com o Grêmio aonde o Grêrmio estivesse.

Quando o assunto era o futebol profissional de Maringá, Pucca era pura paixão.
Ainda moleque, offce boy da Trans Press e da Rádio Cultura, viajei muito com o Pucca e o Ademar Schiavoni pela região, acompanhando os jogos do "Galo Guerreiro". Estive com a dupla ajudando a puxar fio em vários estádios, inclusive no VGD, local que pegava fogo em dia de clássico do café. Fui uma vez a Cambará e me lembro que na estrada , Pucca e Ademar se descontraiam tentando adivinhar se era par ou ímpar o último número das placas dos carros que vinham em sentido contrário.

O Grêmio venceu o time da casa por 3 a 1 e o tempo esquentou nas quatro linhas e nas arquibancadas. Sem conseguir uma cabine, Pucca narrou o jogo sentado à beira do gramado. Choveu pau e pedra e Pucca alí, fazendo duras críticas à torcida e à fragilidade do árbitro Jacó Uliana. Na hora de voltar para Mafingá, a kombi da Rádio Cultura teve que ser escoltada pela polícia até a saída da cidade.

Aquele era o Grêmio da década de 60, o Grêmio de Adilson (goleiro carequinha que tinha vindo do Arapongas ), do também carequinha Danúbio (hábil ponteiro esquerdo), do Roderlei,do Péter, do Nilo, do Edgar Belizário.
Saudades daquele tempo, saudades do Pucca narrador, que chegou a ser convidado por Fiori Gigliotti para trabalhar na Rádio Bandeirantes de São Paulo , mas preferiu ficar por aqui, cocorocando o seu quase imbatível "Galo do Norte".

Pucca faleceu hoje de manhã, depois de vários dias de internação. Deixa a família, amigos e uma bela história no rádio esportivo da cidade que ele tanto amou.

5 de setembro de 2007

Qualquer semelhança...



O ambiente retratado na charge pelo talentoso Glauco lembra muito a rampa de um certo paço municipal. Qualquer semelhança com a manobra realizada para impedir que uma comissão de vereadores fosse vistoriar o Parque do Ingá, terá sido mera coincidência.

O eleitor como inocente útil?

"Isso é apenas um "esconderijo", onde estão se alojando os ganhadores de dinheiro, que querem enganar o cidadão-contribuinte-eleitor. E ficarem com a Vale LEGALIZADA, AVALIZADA e CONSOLIDADA pelo consentimento do povo, nesse plebiscito fajutado".
De Hélio Fernandes, da Tribuna da Imprensa, sobre o plebiscito da Vale do Rio Doce

Tá fazendo falta

" Trabalhando fora

Estou fora dos bastidores políticos de Maringá, por estar trabalhando há aproximadamente 500 quilômetros distante, fica impossível descobrir temas e fofocas políticas. Sempre que eu estiver por lá ou souber de alguma coisa, postarei. Desculpem os que me visitam".
Esta foi a última postagem (2/05/2007)feita belo blogueiro do Cascudo 2007. Uma pena!

Para onde está indo?

A pergunta que não quer calar é esta: para onde está indo o ICMS ecológico que Maringá recebe do Governo do Estado? O dinheiro é repassado para que a Prefeitura cuide das reservas florestais da cidade. Mas a julgar pelo estado de conservação do Parque do Ingá e do Bosque 2, a grana não está sendo aplicada na preservação do que nos resta por aqui, da mata tropical. Nada, nada, é R$ 1,8 milhão por ano. Acham pouco?

Episódio vergonhoso

O prefeito Silvio Barros II manobrou como pôde para evitar que uma comissão de vereadores fosse vistoriar o Parque do Ingá ontem à tarde. Convocou uma reunião pela manhã, mas dois dos quatro edis da comissão, em nome da independência dos poderes, ignoraram a convocação, no que fizeram muito bem. Márcia Socrepa e Norma Defune, que fazem parte da base aliada, foram. Mais do que isso: obedeceram a ordem do alcaide de cancelar a visita. Humberto Henrique e Marly Martin,não. No horário marcado estavam no portão do Parque do Ingá para cumprir a missão. Mas a imprensa não estava lá para registrar a inspeção, sem dúvida um fato jornalístico de relevância. E por que não estava? Simplesmente porque a Assessoria de Imprensa da Prefeitura passou, deliberadamente, a informação de um cancelamento que não houve.

É estranho isso,não? Por que será que o prefeito se empenhou tanto para torpedear a comissão de vereadores? Ainda mais considerando que a sua obsessão de privatizar o parque encontra resistências na sociedade?
O mais grave de tudo isso, nem foi a ação política contra a inspeção, mas a maneira como ela se deu.

Por mais "afinada" que sua administração esteja com a Câmara, o que o prefeito fez por meio de sua Assessoria de Imprensa foi uma intromissão indevida no outro poder. O desrespeito aí não foi contra os vereadores oposicionistas, mas contra a instituição legislativa. Que pelo menos dessa vez, a edilidade maringaense se dê ao respeito.

4 de setembro de 2007

Collor fez escola


Privatizar, terceirizar. Tudo tem a ver com o estado gerencial implantado no curto período Fernando Collor. Prefeito na época, Ricardo Barros mostrava-se fã de carteirinha do presidente e, bem mais realista do que o rei, tinha verdadeira obsessão pela entrega da coisa pública à gestão privada.
Lembremos das desastrosas escolas cooperativas e da terceirização da coleta de lixo, que gerou uma dívida enorme para o município. Silvio II vai na mesma linha.
Se depender dele, privatiza tudo, passa toda a responsabilidade da gestão pública para o setor empresarial. Agora, por exemplo, está em vias de terceirizar o Parque do Ingá. A estratégia é sempre a mesma: primeiro sucatear e degradar para depois entregar, sem maiores reações da sociedade.
Só lembrando que terceirizar serviços e bens públicos sempre termina mal para o erário. Lembremos alguns exemplos locais mal sucedidos: Sotecol e Escolas Cooperativas (gestão Ricardo Barros); Monreal e Parquímetros (gestão Jairo Gianoto).
Quanto ao Parque do Ingá, que sempre funcionou bem, a área foi totalmente abandonada nos últimos dois anos e meio. Seria o caso de perguntar: o que está sendo feito com o ICMS ecológico que o município recebe? Não tenho conhecimento dos valores, mas sei que é uma grana razoável.

Daqui não saio...



Renan é hoje o maior exemplo do apêgo ao cargo. Não sai de jeito nenhum da cadeira da presidência do Senado. Se os senadores estiverem realmente dispostos a salvar a imagem da câmara alta, vão guinchar a cadeira, com ocupante e tudo.

Tolerância Zero...

Eu já conhecia este texto, mas nem lembrava mais dele. Ao vê-lo esta manhã no blog do amigo Balestra, blogueiro da melhor qualidade, decidi postá-lo na íntegra.Vale a pena ler de novo:

" Quando te vêem deitado, de olhos fechados, na sua cama, com a luz apagada e te perguntam:
- Você tá dormindo?
- Não, tô treinando pra morrer!

Quando a gente leva um aparelho eletrônico para a manutenção e o técnico pergunta:
- Tá com defeito?
- Não é que ele estava cansado de ficar em casa e eu o trouxe para passear.

- Quando está chovendo e percebem que você vai encarar a chuva, perguntam:
- Vai sair nessa chuva?
- Não, vou sair na próxima.

Quando você acaba de levantar, aí vem um idiota (sempre) e pergunta:
- Acordou?
- Não. Sou sonâmbulo!


Seu amigo liga para sua casa e pergunta:
- Onde você está ?
- No Pólo Norte! Um furacão levou a minha casa pra lá!

Você acaba de tomar banho e alguém pergunta:
- Você tomou banho ?
- Não, mergulhei no vaso sanitário!

Você ta na frente do elevador da garagem do seu prédio e chega um que pergunta:
- Vai subir?
- Não, não, tô esperando meu apartamento descer pra me pegar.

O homem chega na casa da namorada com um enorme buque de flores. Ela diz:
- Flores?
- Não! São cenouras.

Você está no banheiro quando alguém bate na porta e pergunta:
- Tem gente?
- Não! É a merda que está falando!

Você chega no banco com um cheque e pede pra trocar:
- Em dinheiro?
- Não, me dá tudo em papel higiênico!"

Ainda do Valdecio

"Gostei do comentario no blog , mas tenho algo a corrigir. Filiei-me ao PT em 1989, contribui no processo de formaçao do partido que incentivava a participaçao de sua militancia e filiados nos mais diversos movimentos :sindicais, associaçoes de moradores, pastoral operaria, M.S.T. e etc . De suas bandeiras de luta a principal era a organizaçao dos trabalhadores por categoria de trabalho ex: rurais, industria, comercio e assim por adiante .
Sei que nos congressos do PT as decisoes sao semelhantes as que tomavamos no inicio de sua formaçao e que a militancia os verdadeiros trabalhadores acreditam nos principios que permanecem no estatuto partidario, porem os dirigentes partidarios em sua maioria a partir de 2000 iniciam por conta propia uma nova linha de açao para o partido que nos pleitos eleitorais iguala-se aos partidos de direita...por isso deixamos de participar desse partido porem seguimos acreditando que é possivel lutar por igualdade e distribuiçao de renda com a organizaçao dos trabalhadores e é claro tambem participando no processo eleitoral" .

Obs: importante esta análise do amigo Valdecio. Resumi um bom pedaço , porque o texto estava muito longo, mas tomando o devido cuidado para não suprimir a essência do comentário.Com relação à brincadeira que fiz sobre o Solza, Valdécio explica, com o seu habitual bom humor:"Sigo sendo SOUZA. Foi um erro datilografico de uma de minhas filhas. A falta de acentuaçao em algumas palavras como essa por exemplo nao é erro,e que na gramatica española como voce ja deve saber nao existe alguns acentos,logo no computador tambem nao .
um abraço e ate breve "

3 de setembro de 2007

O plano B de Renan



Uma vez cassado, o qué é quase certo, Renan poderá ir embora do Brasil. E dizem as más línguas que seu plano B consiste em montar uma casa de iguarias em Madrid. Seria um restaurante especializado, entre outras cositas, em cujones de boi acebolado. Mas desde já, avisa aos turistas brasileiros, para não se decepcionarem com o tamanho de los bagos. Em caso de surpresas, há bela desculpa por meio de uma clássica piada espanhola:"Pelo que sei senhor, nem sempre o toureiro leva a melhor na arena".

O Cansadinho



"Quero agradecer a todos os visitantes deste blog; inclusive àqueles que vinham para xingar. Mas, claro, o maior agradecimento é para os leitores que nos ajudaram a rir um pouco do "Cansei".

O blog, claro, acabou. E - sejamos francos - durou mais do que o "movimento". Muito obrigado, mesmo, pela audiência. Logo mais, voltaremos com algum blogzinho. Deixa acontecer alguma coisa".

Achei este blog de curta duração, um barato! Cheguei a ele por meio do NOTÍCIAS DA PROVÍNCIA. Na verdade, já cansei de falar do "Cansei", mas por mais cansado que eu esteja desse movimento babaca, não me fadiga apreciar sacadas inteligentes.

A dor do amigo Ganchão

Sei que não há palavras neste momento que possa atenuar a dor de um pai que perde um filho tragicamente. Mas junto-me ao grande número de amigos que estão neste momento, lamentando e sofrendo com a tragédia que se abateu sobre o casal José-Vivian Maschio, jornalistas da melhor qualidade, que há anos atuam em Londrina. Ganchão, como é conhecido o José, trabalhou comigo na TV Cultura na década de 80. Atualmente é um dos mais respeitados correspondentes da Folha de São Paulo.

A última vez que estive com ele, foi no ano passado, quando foi destacado para fazer uma entrevista de página inteira com o governador Roberto Requião, aqui em Maringá. "Ganchão" estava de licença, se recompondo do trauma que sofrera com a cobertura jornalística do resgate das vítimas do desesastre da Gol.
Antes de começar a entrevista com o governador, tomamos um café no Aeroporto e ele me falou do Felipo com a habitual corujisse.Felipo morreu sábado em acidente de carro. Que Deus conforte os queridos amigos.
Aproveito para postar aqui um comentário do jornalista Luiz Carlos Rizzo e sua esposa Cristina, que também perderam um filho em acidente de carro:

"Somente Deus para dar o consolo. Passamos por isto também em outubro de 2001.
Estamos, desde já, orando pela família porque os filhos podem ser comparados à menina dos olhos.
Podem tocar em qualquer parte de nossa vida, mas quando a menina dos olhos é atingida, a dor é profunda, dilacera, deixa feridas, marcas e morremos um pouco. Ou muito a partir do acontecido.

solidariamente, rizzo e cristina"

Lulofobia



Para jurista, país vive
Lulafobia:"Grandes jornais brasileiros se
tornaram verdadeiros boletins
anti-Lula. Hoje não se pode ler
com confiança o noticiário político
dos grandes jornais", diz Dalmo
Dallari.
Dallari foi durante os anos de chumbo , presidente da Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo . É um dos juristas mais respeitados do país e um defensor intransigente das liberdades democráticas.

Souza ou Solza?

Recebi email do amigo Valdécio Souza , que está na Espanha e de lá grafa seu sobrenome com lz. Ele foi presidente da SAOP na gestão João Ivo. Petista, Valdécio escreve para dizer que gostou da decisão do ex-prefeito de sair do Partido dos Trabalhadorss e ingressar numa legenda maior, "onde terá espaço e será valorizado". Morando em Málaga, Valdécio diz que está em sintonia com Maringá, lendo diariamente este blog e o blog do Rigon.

Também pudera...

"Alguns petistas estão intolerantes com este blogueiro.
Acredito que já seja o efeito de terem que estar convivendo, por obrigação, com outros companheiros mais novos, como Ricardo Barros et caterva. Tentarei ser compreensivo".
Do blog do Angelo Rigon

Churrasco à PSOL

O PSOL promoveu uma churrascada para filiados e simpatizantes no meio da semana passada. Um amigo, que não se filiará mas é simpatizante por ser fã de carteirinha da ex-senadora Heloísa Helena, disse que o churrasco estava ótimo. E garante: não era carne de pescoço!

Segue a busca




Ed Mort é incansável na busca dos 11 containers que a SER - Sociedade Eticamente Responsável - revelou terem desaparecido. Em sessão da Câmara Municipal de Maringá, a ong ligada à Associação Comercial disse na semana passada que a Prefeitura comprou 47 containers , desses coletores de lixo, mas 11 desapareceram. Depois de perder um tempão danado atrás do BO, Ed Mort achou melhor dar novos rumos à investigação...