31 de março de 2010

Pressão total pra cima de Gleisi

Há um verdadeiro rolo compressor para cima de Gleisi Hoffmann para que ela seja vice de Osmar Dias. Osmar não quer Samek, os seus prováveis aliados também não. A exlicação é simples: Gleisi tem voto e saindo na vice abre caminho para que a coligação passe a dispor do Senado como moeda de troca nas costuras partidárias. Se Gleisi insistir e conseguir se impor como candidata ao Senado, o PP de Ricardo Barros, por exemplo, está fora. Provavelmente Ricardo, andou traindo Osmar, vá se oferecer a Beto Richa ou a Pessuti, em troca do apoio à sua candidatura ao Senado. Pessuti já tem Requião ,mas são duas vagas e nada impede que seja constituída a dupla RR - Ricardo e Requião para a disputa.
O jogo está muito interessante. E vai ficar muito mais se Gleisi resistir e sair realmente para o Senado. Isso acontecendo, as chances do deputado maringaense cai a perto de zero. Mas ele também pode se entusiasmar com uma eventual (embora difícil) desistência de Gleisi, mas dar de cara com Gustavo Fruet, outro nome de peso da disputa.

É hoje

Começaria às 16hs a reunião entre o Presidente Lula, Paulo Bernardo, Jorge Samek ,presidente do PT José Eduardo Dutra e a cúpula do PDT. Assunto: candidatura do senador Osmar Dias ao governo do Paraná. O presidente Lula pode bater o martlo daqui a pouco e Osmar saí da reunião já como candidato definido. Mas de qualquer forma, continuarão as resistências ao nome dele dentro das bases do PT paranaense, que já defendem abertamente que melhor que Osmar seria uma dobradinha com Pessuti.
Conclui-se daí, que muitas lideranças do Partido dos Trabalhadores no Estado irão pra ruas pedir voto par Dilma, mas nâo falarão de Osmar e sim do Pessutão, pré-candidato do PMDB ao cargo que ele passará a ocupar a partir de amanhã com a desincompatibilização de Roberto Requião.

30 de março de 2010

Alguém paga?

AL aprova novo salário mínimo regional do Paraná, estampam os jornais dessa terça-feira. O salário é de R$ 765,00 contra R$ 510 do mínimo nacional.
E aí vem a pergunta que nao quer calar: quem é que paga o mínimo regional?Acho que nem o próprio estado.

Premonição


A foto é do tempo do onça, tempo em que Osmar Dias, Secretário da Agricultura, batia uma bola legal com a Faep , do Ágide Meneguetti. Ainda bate , mas a aproximação do agora senador com o PT deixa os ruralistas de cara. A foto antiga da coluna do Verdelírio Barbosa (Jornal do Povo) mostra que Ágide teve uma premonição. E alí mesmo, via expressão facial, externou, pela primeira vez, seu descontentamento com o que poderia acontecer muitos anos depois.

29 de março de 2010

Santa ironia

"Mega-Sena, acumulada, paga R$ 30 milhões de prêmio na próxima quarta-feira.
Não é nada, não é nada, é quase o superfaturamento das obras do Novo Centro de Maringá, que, segundo o TCU, chegou a R$ 35 milhões".

. Do site do Rigon

Meu comentário: se o superfaturamento foi realmente este, significa que só de sobrepreço teremos quase o valor total do contrato assinado em 2004 pelo então prefeito João Ivo Caleffi. Vendo isso, volto a me lembrar daquele encontro dos irmãos Ricardo e Silvio Barros com os diretores da Vega, no início de 2005. Ricardo, que é engenheiro, critou o projeto da empresa curitibana, chegando a dizer para o proprietário e alguns de seus engenheiros e arquitetos, que aquele projeto era uma merda e que pretendia alterá-lo. A alteração implicaria em aditivos e em novos custos para a eliminação definitiva das passagens de nível no perímetro urbano de Maringá. Intrigante, nâo?

Requião é quase ex



O governador Roberto Requião já encmainhou para a Assembléia Legislativa sua carta-renúncia. Ele deixa o Palácio das Araucárias dia 1o. de abril. Os adversários, aliviados, temem se uma peça, que Requião pode decidir ficar e por isso escolheu o dia da mentira para se desincompatibilizar. Na boca maldita da capital, sobra ironia. Lá , não se fala em ouitra coisa, a não ser que " Roberto Requião avisou aos subalternos no Céu que a missão dele na Terra ainda não terminou e que vai demorar muito para ele voltar ao lar para comandar o Universo.Requião ainda vai tentar fazer com o Brasil o que fez com o Paraná. Mas isso é impublicável".

Um gaiato que viu esta foto no blog do Fábio Campana,diz ter feito uma leitura labial
da conversa entre Requião e Paulo Bernardo

- Paulo, não se anime não, porque vou continuar na área e de borduna na mão

- Qualé Requião, essas suas denúncias você bem que poderia ter guardado para o dia da sua saída, o primeiro de abril.

Dilma com dois palanques aquí

A ministra DilmaRoussef deverá terdoispalanques no Paraná.Um,o seu palanque natural seráo do candidato a governador Osmar Dias,se é que realmente a aliança PT/PDT vai mesmo vingar. O segundo seria o de Orlando Pessuti ,pré-candidato do PMDB. R olhem quem está dizendo isso é ninguém menos de que o ainda governador Roberto Requião.
Requião se desincompatibiliza agora dia 1o.de abril e Pessutão é que vai assumir o leme.

28 de março de 2010

Coisas do uso excessivo do cachimbo

"O deputado licenciado Ricardo Barros (PP) confundiu o público com o privado em entrevista ao Jornal de Maringá (RPC). Disse ele: “Vamos lançar um número (de candidatos) que possa se eleger e concorrer com o apoio político da administração”. Ora, a administração não pode apoiar politicamente nenhum candidato, isso é crime eleitoral.

Barros também deu uma abençoada na Turma do Amém 2 (ninguém o contesta). Num trecho, a reportagem diz que “os deputados Wilson Quinteiro (PTB), Luiz Nishimori (PSDB), Dr. Batista (PMN) e Odílio Balbinotti (PMDB) “têm a simpatia” dele, e podem, eventualmente, receber o apoio da base da administração”.

. Do site do Rigon

PS: Nem se pode dizer que foi um ato falho. Essa declaração, dada com naturalidade espantosa,é consequência das condições deixadas pelo cachimbo na boca de quem o usa de forma excessiva.

Beto começou a apanhar

Até agora o prefeito de Curitiba tem driblado as críticas e denúncias, mas daqui pra frente o pau vai cantar. Veja só esta pequena amostra que está no blog do Flros do PT:"Cohab, sob comando de Beto Richa, tem déficit de 1,9 mil famílias.
Ministro americano veio a Curitiba, imagino eu, para aprender como Beto Richa faz para enganar tão bem a população".

Meu comentário: até agora Beto flutuava pela região metropolitana de Curitiba com o status de pop star.A campanha se avizinha e os buracos da canoa vão aparecendo aos poucos.

Mais resistência à candidatura Osmar

O diretório municipal do PT de Curitiba não quer Osmar Dias. Aprovou ontem uma resolução pela candidatura própria, apontando Nedson Micheletti (ex-prefeito de londrina) e Lígia Pupato, Secretária Estadual de Ciencia e Tecnolocia, como pré-candidatos. O problema é que o presidente Lula quer a aliança com o PDT de Osmar Dias. Como é ele quem manda...

O homem da moita

"Na moita e abonado, o deputado Ricardo Barros está percorrendo todo o Estado apostando na sua ambição de ser candidato a senador pelo PP. Tem duas opções e negocia sobre elas:

- Embarca com Osmar Dias (PDT), se a vice for a mulher de Paulo Bernardo, Gleisi Hoffmann, que sob a cara de anjo tem uma ambição maior do que a área de Papanduva(SC), onde moram seus familiares. Gleisi atrapalha os planos de Ricardo.

- Se ela for candidata ao senado, Ricardo e $ua pujança embarcam na nau de Beto, desde que o prefeito detone
Gustavo Fruet notoriamente o melhor candidato ao senado pelo PSDB.

Detalhe: nesta segunda, fora da agenda, Lula define com um velho companheiro quem deverá sr o vice do PT
na provável chapa de Osmar. Abril está aí com seu prazo fatal para a descompatibilização, O interlocutor de Lula não
quer ser nem a vice nem coisa alguma, apenas coordenar a campanha de Dilma no Paraná. Mas quem manda é o chefe, o ex-barbudo.

Outro detalhe: Osmar morre de medo de se aliar com o PT. Seus súditos no meio rural lhe dedicam amor,carinho
e votos – se ele não se aliar ao PT.

Mas não nos apressemos. Depois das desimcompatibilizações do início de abril, as coisas só ficarão claras no final de junho, junto com a Copa do Mundo, que começa dia 11 daquele mês e termina quatro semanas depois. Quem vai driblar quem?".
. Do blog do Zé Beto

27 de março de 2010

Requião no Twitter II

"Os moleques de Londrina mordem.Talvez sejam debiloides e nao paus mandados. Sei la !"

Requião no Twitter

"Inaugurei em Londrina o Botânico e a primeira fase do hosp zona norte Quase fui mordido por moleques da imprensa local".

26 de março de 2010

SAS vai para Sarandi

Informa Hilário Gomes em seu blog que o Hospital Metropolitano de Sarandi deve assumir a partir do dia primeiro de abril, o atendimento dos servidores estaduais pelo Sistema de Assistência à Saúde (SAS). Isso vai ocorrer poque alegando ser pouco o que recebe pelo atendimento, o Hospital Santa Rita de Maringá desistiu do convênio.O Metropolitano começa dia primeiro de abril a atender os funcionários públicos estaduais.

Osmar em profunda crise de identidade

Analista política do Hora H News, Roseli Abrãao escreve:

"O deputado André Vargas não bota fé no interlocutor do senador Osmar Dias, que é seu fiel escudeiro, deputado Augustinho Zucchi.

Para ele, o que Zucchi quer mesmo é estar ao lado do PSDB de Beto Richa.

– Ele não é nem nunca foi um apoiador do Lula. Torce contra, diz o deputado".

PS: Por essa e mais outras é que a candidatura do senador Osmar Dias ao governo do Paraná continua fazendo água. Ainda mais que a ex-presidente do diretório regional do PT, Gleisi Hoffmann, insiste que é candidata ao Senado e não quer nem ouvir falar em ser vice de Osmar.
Mas se Osmar desistir e optar por renovar seu mandato de senador, com quem ele ficará na sucessão estadual? Pessoalmente seu coração ainda balança por Beto, mas o seu PDT, quem tem cargo no governo federal e já fechou com a candidatura Dilma, não assina embaixo. Se continuar assim, mais indeciso do que tucano do serrado, pode perder a escada e ficar pendurado na brocha.

Fim do monopólio?

“Transitou em julgado no último dia 3 de março o processo 568.64-0, no STF em que a Câmara de Maringá, questionava decisão do TJ-PR, que declarou inconstitucional lei de 1999, na gestão Jairo Gianoto, prorrogando a concessão à TCCC por 15 anos, prorrogáveis por mais 15. Com isso a sentença é definitiva, já que o Supremo decidiu que o recurso da Câmara foi apresentado fora de prazo e nem apreciou o mérito. Assim a Prefeitura precisa abrir licitação para exploração dos serviços. De se destacar o empenho da Vereadora Marly e o trabalho do MP do Paraná. Há quem considere que o Prefeito já deveria ter aberto a licitação, desde 2005″.

. Akino Maringá (colaborador do site do Rigon)

PS: A questão do monopólio da TCCC vem sendo discutido há tempos. Na gestão do PT (Zé Cláudio/João Ivo) o monopólio foi quebrado, quando o saudoso Zé declarou nulo o contrato em questão. Aliás, a lei que a próprio Câmara aprovou , prorrogava um contrato que vigorava desde 1951. E de lá para cá, não só o sistema de transporte coletivo mudou muito, como a empresa do contrato original não é a mesma faz é tempo. O que é mais incompreensível nessa história é a Câmara recorrer à justiça para manter o monopólio do transporte coletivo urbano, em benefício do um grande grupo empresarial, possuidor de várias empresas de ônibus e até de uma companhia aérea. É uma vergonha!
Bem, dessa vaz parece que a administração municipal não terá saída. Deverá, mesmo que a contragosto, fazer licitação para permitir a concorrência. Mas inquieta o fato de que Maringá poderá ter duas ou mais empresas de ônibus, mas nada impede que sejam empresas com nomes diferentes, mas pertencentes ao mesmo grupo empresarial. Em assim sendo, teríamos quebra de monopólio?
Peço permissão ao amigo Balestra para invocar : Valei-me São Serapião!!!

25 de março de 2010

Da professora Ana Lúcia

Caro Messias. Cada palavra dita por você representa a exata medida da verdade. Ou seja, a COMEM não deve e não pode ficar atrelada aos interesses do município pólo, pois se há algum avanço na institucionalização de fóruns e políticas metropolitanas é justamente desconcentrar o poder e a riqueza que estão nos domínios dos pólos metropolitanos e agregar a população que está nos seus entornos. Ou seja, se é para louvar Maringá, os atores locais já são exageradamente competentes para isso e não precisamos de mais um cuja atribuição não é essa.
. Ana Lúcia Rodrigues, Coordenadora do Observatório das Metrópoles (UEM)

Osmar faz o PT dançar o fank "Vai dar bode"

Quem escreve é o Floris do PT:
"Na quarta-feira, 24/03, fiquei sabendo que o presidente estadual do PDT, Augustinho Zucchi, esteve na reunião com o ministro Luppi. A uma fonte desse blog ele informou que só fazem aliança com o PT se o PMDB vier junto.

Não consigo entender quais as razões que levam o partido de Osmar a jogar no colo do PT a responsabilidade de trazer o PMDB. O PT trabalha, desde o ano passado, na construção desse arco. Atualmente, não há no partido maiores resistência ao nome de Osmar Dias e ao casamento com o PDT.

A construção desse arco, em tese, deveria ser conjunta. Mas se Osmar condiciona esse ‘trazer’ o PMDB para a aliança e responsabiliza o PT por essa tarefa é porque há dúvidas quanto a esse casamento".

PS: desde o início venho duvidiando que essa aliança dê certo. Só não vê quem não quer.

Surrealismo puro



. Valei meu São SALVADOR DALI!!!

Mamá na vaca ocê num qué,né?



"Não interessa ao senador Osmar Dias ser candidato ao governo do Estado apenas com o apoio do PT. Se o presidente Lula o quer como candidato da base de apoio de seu governo no Paraná tem que garantir essa condição. Isso implica, por exemplo, assegurar que o PMDB esteja no palanque de Osmar".

. Hora H News

Lendo esta nota um petista da base se irrita, mas nâo perde o senso de humor:"Mamá na vaca ocê num qué,né Osmá?".

24 de março de 2010

Ética e transparência. A gente vê por aquí

"A Controladoria Geral da União (CGU) encontrou indícios de irregularidades em 14 obras e licitações da Prefeitura de Maringá que utilizam recursos federais. Os problemas, que se referem à compra de materiais de construção com preços acima da média, planilhas de custo mal detalhadas e má conservação de obra, teriam causado prejuízo de R$ 538,5 mil. As infrações foram detectadas durante visita dos técnicos da CGU entre 21 de maio e 14 de julho de 2009".

. Jornal O Diário

Perguntar não ofende: Cadê o Observatório Soocial?

O Akino tem razão

"O que faz o MPF em Maringá?
A propósito da postagem ‘Que fim levou?’, concordo com o Rigon que é muito discreta a atuação do Ministério Público Federal em Maringá. Depois do escândalo na gestão Gianoto, pouco se ouviu falar sobre a atuação da sua atuação na apuração de denúncias de má aplicação de recursos públicos. Há também aquela caso da operação de fraudes contra o INSS que envolveria gente grande e que, salvo engano, não andou e caminha para a prescrição. O que está acontecendo? Falta de pessoal? Depois na marcante atuação da Procuradoria da República, no caso Arruda, esperamos mais da instituição em Maringá".

Akino Maringá, colaborador do site do Rigon

PS: a observação é procedente e nos leva a pensar sobre casos como o "PAC Santa Felicidade", "O superfaturamento no Novo Centro" , A "casinhas do PAC", que ameaçam desabar antes de serem concluídas. São projetos executados com verbas federais e que caminham a passos lentos eivados de senões éticos. Não seria o caso do Ministério Público Federal atuar? Se estiver atuando, o povo tem o direito de saber sobre o andamento das investigações.

A candidatura de Osmar começa a fazer água

"A demora do senador Osmar Dias(PDT) em definir a aliança com o PT está impulsionando dentro do partido os grupos que defendem candidatura própria a governador.

Nedson Micheletti(PT), ex-prefeito de Londrina, que assumiu a secretaria estadual do partido no Estado trabalha nesse sentido. Articula por sua candidatura. Outra que pode ser candidata é Lygia Puppatto, ex-secretaria de Ciência e Tecnologia.

Se depender dos dois e da ala dos deputados Rosinha(PT) e Tadeu Veneri(PT) o partido vai com candidato próprio e abandona a articulação pró-Osmar(PDT)".

. Do blog do Fábio Campana

Meu comentário: Não é de hoje que o senador do agronegócio vem emitindo sinais de desconforto com esta aliança, que vinha sendo amarrada pessoalmente pelo presidente Lula. O último balde de água fria que Osmar jogou nos petistas foi há pouco mais de uma semana quando ele se recusou a assumir publicamente que PT e PDT estarão juntos, custe o que custar.
Osmar pediu tempo, quer definir a situação só lá pra junho, no limite das convenções partidárias. Os petistas temem que na hora H Osmar desista e acabe fechando um acordo com Beto Richa, sainda para o senado.
Desde o início eu sempre achei que essa chapa nasceu com os DIAS contados.

23 de março de 2010

Menos, professor, menos!!!

Vi hoje cedo no programa do Gilson Aguiar (Record) uma entrevista do diretor do CODEM, porofessor Gilberto Pavanelli. O assunto era Região Metropolitana de Maringá. A impressão que o ex-reitor da UEM passa é de que a RMM, criada por lei estadual do deputado Joel Coimbra em 1998 e implantada por ato administrativo do governador Roberto Requião em fevereiro de 2006, é um braço do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá que por sua vez, é um braço da Associação Comercial, a ACIM. A Coordenação da Região Metropolitana (COMEM) é, pelo menos teoricamente, uma secretaria de estado, e existe para pensar e colocar em prática, políticas públicas afetas aos 12 municípios que da mesma fazem parte.
O X dessa questão é que nenhum dos municípios do entorno de Maringá devem estar subjugado aos interesses da cidade-polo, que é exatamente o que o CODEM defende. Afinal, trata-se de um órgão que, embora ligado ao PIB local, recebe verbas do tesouro municipal, abocanhando, conforme lei aprovada pela Câmara de Vereadores, 2% do orçamento de Maringá.
Portanto, não faz sentido o CODEM se apoderar da COMEM, para atuar regionalmente mas com seu foco inteiramente voltado para o desenvolvimento da cidade-polo, que é Maringá. Entre os absurdos que ouvi do professor Pavanelli está a questão da integração do transporte coletivco entre Maringá e as cidades conurbadas de Sarandi e Paiçandu. Ele afirmou taxativamente que a integração proposta lá atrás pelo coordenador da RMM não foi implementada por que implicava em custos para o município de Maringá. Ora, professor, esse foi o discurso do prefeito Silvio Barros II para justificar a sua má vontade com a proposta do governo do Estado em criar um Conselho Metropolitano de Transportes, que se encarregaria de estudar formas de fazer a integração, visando eliminar o pagamento do segundo embarque para moradores de Sarandi e Paiçandu.
Houve resistência das empresas (todas do mesmo grupo) que operam nas três cidades. Logo, houve resistência da "administração cidadã" , que inventou essa balela de que se a integração ocorresse o maringaense é que pagaria a conta.
O CODEM, na voz de Pavanelli assimilou direitinho o discurso e defende, portanto, um modelo de integração que favoreça Maringá e a empresa, deixando a população em segundo plano.
Essa história de que a integração só beneficiaria Sarandi e Paiçandu é outra falácia. Ora,ora, quem é que paga o passe dos passageiros de Sarandi e Paiçandu que trabalham em Maringá? Os empregadores de Maringá, certo? Então professor Pavanelli, se atenha a este fato concreto antes de defender interesses da concessionária e do grupo político que manda em Maringá atualmente.
A propósito: estranha que na época em que o coordenador da RMM, João Ivo Caleffi buscava apoios para o passe integrado entre as tres cidades, a ACIM não só assinou um ofício apoiando a iniciativa como defendeu abertamente a integração, pois ela beneficiaria diretamente as empresas maringaenses que possuiam grandes contingentes de empregados residentes em Sarandi e Paiçandu.
Outra coisa que o professor Pavanelli falou no programa foi sobre o trem de passageiros, cujo projeto ele disse ter surgido no CODEM. Que piada, ehim professor!
Só lembrando que a volta do trem de passageiros entre Maringá e Londrina é uma velha discusasão, que se arrasta há anos. O então candidato Roberto Requião chegou a incluir no seu programa de governo em 2006. Bem antes disso o BNDES já havia feito um estudo de viabilidade na região e constatou que esse tipo de transporte teria grande viabilidade econômica.
Não entendo porque essa compulsão do CODEM em se apoderar de bandeiras que não são suas, embora acho que a entidade tenha o direito, e até o dever, de apoiá-las.

22 de março de 2010

Que beleza!!!


Tinoco foi o grande homenageado da noite de quinta-feira passada no Ginásio do Ibirapuera em São Paulo, quando a Globo promovia show Emoções Sertanejas, como parte das comemorações dos 50 anos de carreira de Roberto Carlos . A dupla Chitãozinho e Xororó chamou ao palco o velho e grande Tinoco, que se emocionou e emocionou o rei e a platéia, contando histórias da sua longa carreira artística, de 70 anos: “Depois de velho, quando se vai fazer um show, a gente fala mais do que canta… Roberto, você poderia ser meu filho… Conheço este aqui desde criancinha. Eu dei de mamar para ele… Só na mamadeira… A minha cabeça está boa, mas o corpo já não acompanha… A gente já não pode fazer tudo o que quer, só o que pode… O mais importante é o valor humano, é nunca perder a fé… Estou falando muito, Roberto? Será que já tem alguém com sono por aqui?…”

. Fonte: Balaio do Kotscho

Quem arrisca um palpite?

"Tem alguem mexendo os "pauzinhos" em Curitiba e Brasilia, para reverter a situação de Sarandi".

. Do blog do Hilário Gomes

PS: um doce de puba pra quem adivinhar o nome do alguém. Lembrando: Milton é do PP que tem como presidente estadual, sabe quem?...

De um leitor do blog

"Sou petista de cateirinha e meu voto é Dilma, Pessuti, Gleisi, Requião, Dr. Rosinha e Enio. Pronto, falei!".

E agora, Pupim?


Do site do Rigon: " Em seu twitter, o chefe de Gabinete Ulisses Maia conta de uma reunião no escritório do deputado federal licenciado Ricardo Barros e dos possíveis candidatos a deputado pelo glorioso PP de Paulo Maluf. E uma observação: “Torço pro Beto”. Escreveu isso bem no dia em que o vice Carlos Roberto Pupin assumiu interinamente a administração, diante de mais uma viagem de Silvio II. Pupin é pedetista e Osmar Dias doente".

Meu comentário: Ricardo Barros, o chefe do clã, já foi Osmar Dias de quatro costados. Mas titubeou quando percebeu que Osmar não conseguiria convencer Gleisi Hoffmann a sair como vice governadora. Se isso acontecesse, Ricardo teria aumentadas suas chances de chegar ao Senado, já que das duas vagas uma fatalmente será de Requião e a segunda está mais pra Gleisi, que por pouco não deixa Álvaro Dias fora do Senado em 2006. Agora, Ricardo vagueia na lua cheia da improbabilidade, tentando um acordo com Beto Richa que, pelo menos, tire do seu caminho outro concorrente forte, o deputado Gustavo Fruet. Os comentários do chefe de gabinete do prefeito Silvio Barris II deixa claro que Ricardo continuará atirando pra todo lado, tentando se equilibrar em duas ou mais canoas (a do Pessuti, por exemplo), mas a orientação é para que seu time fique cada vez mais perto de Beto Richa, por acreditar que o prefeito de Curitiba será mesmo o próximo governador.
Uma curiosidade me assalta neste momento: como fica o vice-prefeito e prefeito em exercício Roberto Pupim, diante das traições já perpetradas contra seu líder Osmar Dias?

Futurologia cabocla, pitonisa e quetais...



- Fala baixo, senão o Aécio escuta e aí tô frito!
- Calma Serra, a Dilma vai ganhá docê, mas eu mesmo só vou te derrotá em 2014

21 de março de 2010

Correio sentimental

DE AÉCIO PARA SERRA, COM AMOR E CARINHO




"Meu caminho pelo mundo
Eu mesmo traço
Minas já me deu
Régua e compasso
Quem sabe de mim sou eu
Aquele Abraço!"

Senador do DEM bate boca com jornalista

O jornalista Paulo Henrique Amorim diz que o senador Heráclito Fortes o processa dia sim, dia também. Ligou pro Senado pra perguntar ao representante do Piauí quem paga os advogados dele. O diálogo foi, na avaliação do próprio Amorim, elevado, edificante, educativo:

"A certa altura ele me perguntou quem pagava os meus.

Respondi que eu mesmo pagava.

O Senador também demonstrou interessante curiosidade: quis saber como comprei o meu apartamento de Nova York.

Expliquei que tinha comprado com o salário que recebi da Globo e da Bandeirantes (que ainda me deve dinheiro).

Percebi que ele não acreditou.

Na verdade, eu poderia ter acrescentado que são DOIS e não um apartamento.

Eles ficam na rua 87, entre a Madison e a Quinta, a dois quarteirões do Guggenheim.

Sorry, Senador.

A certa altura, num contexto não exatamente compreensível, o nobre Senador associou o meu nome ao substantivo “prostituta”.

Sugeri que ele dissesse isso em público.

Parece que ele não concordou, assim, de imediato.

Uma pena: eu teria bons motivos para processá-lo judicialmente, com a ajuda de advogados que pago com o MEU dinheiro.

Felizmente, os telefonemas do e para o Senado são gravados.

Espero que o nobre Senador, em nome da transparência, divulgue o teor desse augusto colóquio".

20 de março de 2010

Presidente da Claspar acha que Osmar volta pra casa


Escreve o agrônono e presidente da Claspar Valdir Izidoro Silveira :

" O truculento Osmar Dias já está mostrando as garras; é o desespero de quem vai ser derrotado por Orlando Pessutti que vai mandá-lo para casa. Pessutão vai para o segundo turno no lugar de Osmar. Por isso ele já partiu para o ataque ao Pessutão; não está preocupado com o Beto porque sabe que o seu grande adversário é o Pessutão que vai nocauteá-lo!

Osmar sabe que o voto camarão vai correr solto no Paraná e vice-versa em relação a Dilma. A chapa Osmar/Samek é uma canoa furada; vai vazar água por todos os buracos; e ponham buracos nisso! Será que o eleitor vai esquecer o quê Osmar fez ao PT? Será que o eleitor MST, Agricultura Familiar, Movimentos Sociais Organizados vão votar no candidato da UDR, no latifundiário Osmar Das? Claro que não!

Por outro lado os defensores do Osmar Dias vão votar na Dilma, que já estão atacando via infiltração peemedebista na figura direitista o deputado Reinhold Stephanes Jr.?

Ora, quem conhece um pouco de política sabe disso; é como tentar misturar água com óleo, não dá liga!

Por isso ainda acho que o Osmar vai desistir e tentar voltar ao senado; será derrotado por Requião e por Gustavo Fruet".

Em campanha

Gleisi Hoffman vai estar sexta-feira em Maringá num café da manhã programado para às 8 horas na Associação Comercial. À tarde (14 horas) o marido dela, ministro Paulo Bernardo, fará uma palestra no auditório Ney Marques (campus da UEM) sobre obras do PAC

Bourdoukan escreve


"Os israelianos(governantes arianos de Israel) podem não ter gostado da visita do Presidente Lula, mas o Grão-Rabino de Israel, Meir Lau, gostou.
Gostou tanto que pediu até um favor. Que Lula intermediasse um encontro entre ele e o presidente do Irã Mahmoud Ahmadenejad.
Lau é também presidente do Memorial das Vitimas do Holocausto e sobrevivente do campo de concentração de Buchenwald".

. Do blog do Jorge Bourdokan, jornalista brasileiro especialista em questões do Oriente Médio

Procurados


Informa a UOL que " o ex-prefeito, ex-governador e deputado federal Paulo Maluf (PP-SP) é citado pela Interpol – agência internacional de polícia presente em 181 países – em sua lista de procurados. Tanto Maluf quanto seu filho, o empresário Flávio Maluf, aparecem no site da instituição integrando a “difusão vermelha”, nível máximo de alerta da Interpol, sendo procurados por fraude e roubo".

. Pincei do Bar do Bulga

17 de março de 2010

Quando a verdade apanha de chinelo



. por Luiz Carlos Azenha (blog vi o mundo)

Tenho o costume de guardar os cadernos de anotação que uso durante as reportagens. Faço isso pelo gosto de, anos depois, relembrar episódios da carreira. Outro dia trombei com um caderno dos tempos da Globo de São Paulo. Mais especificamente, do período eleitoral de 2006.

Como vocês devem saber, naquele período vários profissionais da emissora chegaram a se reunir com o chefe local, um sujeito tosco e sonso, para reclamar da cobertura política. Era consenso entre esses profissionais, alguns dos quais continuam na emissora, que a Globo estava mobilizando recursos para investigar escândalos ligados ao governo Lula, enquanto suprimia informações que poderiam ser comprometedoras para o PSDB e, especificamente, José Serra.

Embora eu não tenha participado da reunião mencionada acima, coube a mim a tarefa de colocar em pé uma reportagem sobre o escândalo das ambulâncias. A Globo não pagou nem mesmo para que eu ou algum outro profissional fosse a Piracicaba para ouvir personagens ligados ao caso. A tarefa coube a uma produtora, que fez o trabalho por telefone. Levantamos as informações. A reportagem foi editada. E transmitida para o Rio de Janeiro. Os chefes paulistas aparentemente acreditavam que ela seria colocada no ar.

Foi parar na gaveta. Curiosamente, foi uma das raras ocasiões em que escrevi o texto em meu caderno de anotações, antes de registrá-lo no computador da redação.

No caderno, rascunhei o texto:

“O churrasco do fim-de-semana foi em comemoração aos 19 anos da Construtora Concivi. Só que o patrão Abel Pereira não apareceu na festa. Na casa dele, em Piracicaba, ninguém respondeu à campainha. Chamadas para o celular caem na caixa postal. Em outra construtora de Abel o funcionário diz que não sabe onde ele está.

Abel está desaparecido desde que seu nome foi citado por Luiz Antonio Vedoin, o dono da Planam. Vedoin disse que Abel era o encarregado de liberar recursos do orçamento para a compra de ambulâncias.

A Polícia Federal está examinando as anotações encontradas no dossiê preparado por Vedoin.

Nos papéis aparece a lista de prefeituras, o número das emendas dos parlamentares e o preço das ambulâncias.

Aparece também a anotação de 6,5% que segundo Vedoin era a propina paga a Abel Pereira depois que o dinheiro era liberado.

Segundo Vedoin, Abel garantia a liberação de recursos no Ministério da Saúde através do então secretário-executivo Barjas Negri.

Negri tornou-se ministro da Saúde quando José Serra se afastou para concorrer à presidência em 2002. Hoje é prefeito de Piracicaba, onde o empresário Abel Pereira tocou 35 obras públicas nos últimos dois anos. A Câmara Municipal da cidade queria investigar as concorrências vencidas pelo empresário, mas a proposta foi derrotada pelos vereadores que apóiam o prefeito Barjas Negri.

O empresário Abel e o atual prefeito de Piracicaba ainda não foram ouvidos pela Polícia Federal. Segundo a CPI das Sanguessugas a Planam forneceu 891 ambulâncias a municípios brasileiros. Setenta por cento delas foram entregues entre 2000 e 2002, período em que, segundo Vedoin, Abel Pereira atuava no Ministério da Saúde.”

Presumo que a informação crucial, que a Globo não topou transmitir ao público, estava na última frase: embora o escândalo tenha sido colocado inicialmente nas costas do governo Lula, 70% das ambulâncias superfaturadas foram entregues durante o período que a Globo eufemisticamente dizia ser o do “governo anterior”. Traduzindo, do PSDB, de Fernando Henrique Cardoso e de José Serra.

16 de março de 2010

O DEM busca seu eixo


Com quem vai o DEM pra governador do Paraná? Uma ala do partido prefere Beto, a outra quer ir de Osmar, apesar da incompatibilidade de gênio com o PT. Abelardo Lupion, o presidente estadual marcou conversa com o presidente nacional Rodrigo Maia para decidir a questão. Depois do "mensalão do DEM", que acabou na prisão do governador do Distrito Federal , José Roberto (panetone) Arruda, o Democratas tá meio macambúzio, mas não o suficiente para deixar de lado a possibilidade de fazer parte do próximo governo do Estado. Por causa dos episódios de Brasília, o DEM pode ser uma companhia incômoda, mas o tempo de televisão que possui o torna alvo de cobiça.
Por enquanto, o DEM está perdido, com crise existencial e buscando seu eixo. E seu eixo, claro está na direita, mas como o jôgo de interesses o torna um partido ambidestro...

Frieza e deboche


É assuatadora a frieza de Carlos Eduardo Sundfeld Nunes, matador do cartunista Glauco e seu filho. Ao ser preso em Foz do Iguaçu domingo a noite, Nunes reagiu e feriu um policial federal a bala. Atrás das grades , ele ri de si mesmo e debocha da gravidade do duplo assassinato que cometeu.Seria o cara um psicopata ou um criminoso desses que o reino da barbárie produz em série?

15 de março de 2010

Do corintiano Juca Kfouri...

...explicando os motivos da euforia de palmeirenses (compreensível), corintianos e sãopaulinos:

"Parece que os torcedores não-santistas andavam irritados com o futebol moleque dos novos meninos da Vila.

Parece que não há mais lugar para alegria no futebol.

Entre o choque e o drible, privilegia-se o choque.

Entre os brucutus e os artistas, aplauda os brucutus.

Mas se também não for por nenhum desses motivos, a explicação é mais simples:

todos andam com inveja, com muita inveja do futebol do Santos".

Adios, Milton!

Informa Hilário Gomes em seu blog que o prefeito Milton Martini, cassado pela Câmara de Sarandi acaba de levar mais uma invertida: "Creio que a decisão da desembargadora Maria Aparecida Blanco de Lima, relatora do Tribunal de Justiça , quando ao indeferimento do recurso do ex prefeito Milton Martini, um balde de agua fria,poe por terra toda a sua pretensão. Portanto, se alguem ainda tinha esperanças de que ele poderia voltar, deve tirar o seu "cavalinho da chuva",porque se for ao STJ, perde outra vez".

Adeus à presidência


Requião decidiu se empenhar pra valer na sua campanha a senador e jogar todas as suas fichas no vice Pessuti para a sua sucessão. "É Pessuti e ponto final", disse em encontro do PMDB no Jockey Club do Paraná. Aos mais íntimos, Requião teria confidenciado que disse adeus ao sonho de disputar a presidência, já que a cúpula peemedebista parece estar fechada com Lula para apoiar Dilma. A indicação de um aliado do presidente Michel Temer para assumir o Ministério da Agricultura a partir do mês que vem é um indicativo de que o "temismo" venceu o "quercismo".

Ponto para Temer

O ministro Reinhold Stephanes, da Agricultura, vai deixar o governo no inicio do mês que vem. Motivo:desincompatibilizar-se para disputar uma cadeira na Câmara Federal. Em seu lugar deve entrar o presidente da Conab (Cia Nacional de Abastecimento) Wagner Gonçalves Rossi. Dizem que ele é homem do deputado Michel Temer, presidente da Câmara e do PMDB, que luta para ser vice de Dilma.

Preso o matador de Glauco

Informa a Agência Estado que Carlos Eduardo Sundfeld Nunes, autor dos tiros que matou o cartunista Glauco Villas Boas e seu filho Raoni, foi preso ontem perto da meia noite na Ponte da Amizade, em Foz do Iguaçu. Ele reagiu à prisão, feriu um policial federal com um tiro, mas foi dominado e algemado. O homicida dirigia um Fiesta roubado na capital paulista.

14 de março de 2010

Diálogo CASTROnômico


- Podemos conversar, companheiro Fidel, mas pelo amor de Deus, não me fale em greve de fome!
- Bueno, camarada, então vamos comer um filé de lula?

As pesquisas inquietam Serra



- Larga do meu pé, Dilma!
- Calma, companheiro, só o Montenegro pode minimizar sua angústia!
- Você, me paga, o Ibope vem aí!

Não cristianiza mais

Informa-se nos bastidores da política paranaense que o vice governador Orlando Pessuti não corre mais risco de ser "cristianizado" por Requião. É que Pessutão está conseguindo o que parecia impossível até dia desses: unir o PMDB em torno de sua candidatura à sucessão estadual. Além do mais, Requião está sentindo que se não der gás pro seu vice, se não se esforçar para encorpar a candidatura Pessuti, o caminho da volta dele ao Senado fica mais difícil. Até porque Gleisi está crescendo, Ricardo Barros cisca todos os terreiros, Gustavo Fruet tenta se encorpar no PSDB, João Elísio Ferraz se assanha, do alto da dinheirama que tem e por aí vai.

Pugilato

Informa Zé Beto que o pau quebrou ontem num restaurante da Rua XV, em Curitiba. O prefeito da Lapa, Paulo Furiati, criticou o deputado Reinhold Stephanes Jr. por uma declaração contundente contra o PT. O filho do ministro da agricultura reagiu esbofeteando Furiati.

Sarandi especula sobre o futuro de Martini

Claro, é conversa de boteco, segundo o blogueiro Hilário Gomes:
"Uns dizem que o ex prefeito Milton Martini, vai mudar para Marilia,onde estuda uma de suas filhas,outros para Maringá ou Marialva. E há aqueles que dizem que Milton Martini realmente depois de perder no TJ e ver que as esperanças são poucas dele voltar como prefeito, vai mesmo embora para o Estados Unidos. Assim, que tive uma oportunidade vou perguntar ao MM, qual desses comentários é correto ou não é nenhum deles".

Há mais de 30 anos os ingleses sabiam que Lula iria longe

O colunista Mauricio Dias, da Carta Capital, revela:

“Documentos reservados liberados na Inglaterra revelam que a liderança de Lula em 1979 já tinha amplo registro.

Dizia o cônsul inglês em São Paulo, em março de 1979:

“Não há dúvida de que Lula está escrevendo um novo capítulo na história do sindicalismo brasileiro…”

“Já comentei sobre a falta de um novo líder, jovem, de credibilidade e popular … capaz de entrar em sintonia com a realidade do novo Brasil e com a aspiração de um novo povo. Essa figura pode ser Lula e não se podem excluir as hipóteses de ele ser tentado a assumir esse papel.”

Em novembro de 1979, há um novo registro do consulado inglês em São Paulo:

“… Segundo o senhor (Luis Eulálio de Bueno) Vidigal (Filho, presidente da FIESP), Lula cometeu um grande erro entrando na política. Não tem a mínima chance de sucesso e terminará devorado pelos velhos tubarões da política…”

Diz Mauricio Dias: “Devorado pelo mercado, o empresário faliu em 1993. Em 2002, o metalúrgico engoliu os adversários e virou Presidente da República”.

13 de março de 2010

Dilma passa Serra


O PSDB está em polvorosa com nova rodada de pesquisas a ser divulgada na próxima semana. Dilma passou Serra, está um ponto na frente. Já tem gente apostando que Serra não vai resistir e se decidirá por tentar a reeleição de governador de São Paulo. De Minas, Aécio manda dizer:"Tô aqui, pro que der e vier!". De São Paulo, Alckmin, vocifera;"Nem vem que não tem!".

Osmar ainda em dúvida se encara a aliança com o PT


- Como é Osmar, vai ou não vai? Ou dá ou desce, meu filho!

Pode acreditar, crianças como escudos humanos


"Soldados de Israel usam crianças palestinas
como escudos humanos.

A nota é do jornal Haaretz, mas ela é novidade somente para a mídia ocidental, que sempre se omite quando se trata de Israel.

E o que diz a nota? Que soldados da brigada Givati de Israel usaram crianças palestinas como escudos humanos. Isto teria acontecido durante a invasão de Gaza".

. Do blog do jornalista e escritor Georges Bourdoukan

Glauco, Henfil e a conspiração do além



A charge e o cartum estão um pouco mais pobres com a morte de Glauco, assassinado de maneira estúpida, junto com o filho, em São Paulo. O traço inconfundível e o senso crítico do criador de Geraldão colocou este jandaiense de nascimento na galeria dos grandes artistas brasileiros. A esta hora,Clauco deve estar lá em cima conspirando com Henfil e pedindo ajuda de Tancredo, provavelmente para fazer do Macaco Simão o próximo presidente do Brasil. Afinal, o país da tragédia urbana é também o país da piada pronta.

Como não ficar com medo?

"A Penitenciária Estadual de Maringá (PEM) libertou na manhã desta sexta-feira (12) um grupo de 12 presos, de um total de 24, que receberam autorização da Vara de Execuções Penais (VEP) para passar ao regime semiaberto. Há dois motivos para a libertação, segundo explicou o juiz corregedor da Comarca, Alexandre Kozechem: “Os presos conquistaram esse direito pelo tempo de pena cumprido” e não há vagas nas unidades de regime semiaberto no Estado".

.jornal O Diário

Meu comentário: nenhum receio, ou espanto, caso nosso sistema prisional cumprisse o papel da ressocialização e se tivesse estrutura suficiente para fazer avaliações corretas das condições dos apenados, ses eles teriam realmente condições de ir para as ruas. Mas do jeito que a coisa funciona, é uma temeridade. O pavor da população é plenamente justificável. Ainda mais considerando que a maioria dos crimes contra o patrimônio e contra a vida é cometida por reicidentes. Por essa e por tudo o mais é que a liberação noticiada pelo O Diário mete medo em todos nós.

Ôlho no Ibope!

O jornalista Luis Nassif anda desconfiado que o Ipobe está prestes a manipular resultados numa próxima pesquisa. Pelo menos é o que Nassif depreende das recentes declarações de Montenegro,declarações esdrúxulas sobre a inviabilidade da candidatura de Dilma Rousseff.
Diz Nassif:"Podem me acusar de paranóia, mas acho que vem chumbo grosso por aí. Uma estabilização de Dilma, no mínimo. Possivelmente, uma subida de Marina e/ou Ciro. Se eles forem muito descarados, talvez até uma oscilação positiva de Serra. Os editoriais anunciando o fim da transferência de votos para a ministra já devem estar até prontos".

12 de março de 2010

Parou tudo

Informa o O Diário de hoje que as obras do Novo Centro estão paradas devido a suspensão dos pagamentos pelo governo federal. É consequência da suspeita de superfaturamento levantado pelo Tribunal de Contas da União. A CR Almeida retirou os maquinários que trabalhavan nas proximidades da Avenida 19 de Dezembro, onde o viaduto previsto nem começou. O contrato assinado em 2004 pelo prefeito João Ivo fixava em 40 meses o prazo para a conclusão da obra. Já se vão mais de 80 meses e até agora nada. De lá pra cá, muitas coisas ocorreram, inclusive aditivos e reformulação contratual, que jogou o término do rebaixamento com 7 viadutos, para dezembro de 2010.

Provável dona da segunda cadeira


A passagem de Lula hoje pelo Paraná confirmou: Jorge Sameki deverá mesmo ser o vice de Osmar Dias e Gleisi Hoffmann sai para o Senado. Serão duas vagas, uma dificilmente deixará de ser do governador Requião. Pelas pesquisas mostradas até agora, a outra cadeira será dela, Gleisi.
O deputado Ricardo Barros, dono do PP no Paraná, tenta se equilibrar com um pé na canoa de Osmar, outro na canoa de Beto e pensando uma maneira de colocar um braço na canoa de Pessuiti. Enquanto faz esta ginástica, ainda sonha com Gleisi na vice do senador, porque se isso acontecesse, aumentaria suas chances, apesar da possibilidade de surgir outro nome forte na disputa: o de Gustavo Fruet.
É, RB corre o Paraná em campanha pelo Senado, mas esta foto aí indica que o prefeito (de fato) de Maringá não terá vida fácil, não.

"Prêmio Silvério dos Reis"

Informa Cláudio Humberto em seu blog que entidades ligadas a produtores agrícolas vão lançar o “Prêmio Silvério dos Reis”, para deputados e senadores que votem contra, segundo Humberto, "os interesses nacionais". Há disconfiança do setor do agronegócio que "ONGs ecopicaretas estariam a serviço de concorrentes do Brasil no exterior". Por isso, se inspiraram no homem que delatou Tiradentes para qualificar os tais ecopicarentas de traidores.
A coisa ainda não está muito clara, mas tudo indica que trata-se de uma ação de setores ligados ao agronegócio, contra um suposto exército de Brancalleone que luta contra a devastação da Amazônica. Se for isso mesmo, torço pelo efeito bumerangue.
Seria interessante que o povão, que se vê traído pela ação deletéria de alguns politicos, criasse o "Prêmio Judas Iscariotes"

Tempo de transformistas

"O transformador muda a realidade. O transformista de véspera de eleicão simula ser o que não é".
. Requião, no Twitter

A frase encerra uma grande verdade, é ou não é? Veio da boca do governador, que anda muito cáustico, mas nessa acertou na veia.
A prpósito, vamos ter muitos transformistas aqui na região. Alguns poderão até se eleger, porque dinheiro não traz popularidade, mas dependendo do caso, manda buscar.

Requião pessutou de vez?

"É Pessuti ou tudo volta a ser o que era.É primeiro turno".

. Requião no seu Twitter

PS: Tá certo que o governador tem mais é que achar que seu vice e pré-candidato de seu partido disputa pra vencer. Se não pensar assim, melhor nem concorrer. Mas só que Requião pegou pesado nessa.

E põe constrangimento nisso!


Lula, Requião e o Ministro Paulo Bernardo em momento de grande constrangimento hoje em Curitiba. Foi um dia terrível para o ministro que, há dias na linha de tiro do governador, por questões protocolares foi obrigado a estar sempre ao lado do desafeto. O presidente, sempre fazendo de conta que não sabia de nada, também teve dificuldade de disfarçar seu constrangimento com a situação. Na chegada de Lula ao Aeroporto Afonso Pena, Requião foi vaiado, mas soltou os cachorros pra cima de quem o vaiou. O homem está cada vez mais indócil e fazendo sua "lurdinha" cuspir fogo.
Explicando: pra quem não sabe, ou não se lembra, "lurdinha" era o nome da matralhadora de Tenório Cavalcanti, interpretado no filme "O Homem da Capa Preta", pelo extraordinário ator José Wilker.
. Foto pinçada do blog do Fábio Campana

11 de março de 2010

Melô de um rompimento


- Pois é Beto, quando eu quiz você não quiz
- Agora não adianta nem tentar, não quero mais

Um jogo 10 pela Copa do Brasil

"Ver os 10 gols que o Santos fez ontem à noite contra o Naviraiense-MS, na Vila Belmiro, é reviver a grande magia do futebol brasileiro que, não por acaso, um dia foi praticado naquele mesmo templo. Amém".
. Do blog do Zé Beto


PS: Tá certo que o time visitante era o fraco Naviraiense. Mas quando o Santos jogou com esta mesma equipe em Campo Grande, o peixe ganhou pelo placar magro de 1 a 0. Os atletas do time do Mato Grosso do Sul jogaram como se fosse uma decisão de campeonato. Queriam realizar o sonho de jogar na Vila Belmiro e por isso não poderiam perder por dois ou mais gols de diferença. Conseguiram o feito de provocar a segunda partida. Será que estão arrependidos?

10 de março de 2010

Saúde, de mal a pior

Estou chegando agora do Hospital Municipal, superlotado como tem estado quase todos os dias. Os pouquíssimos médicos, enfermeiros e atendentes que trabalham lá estão se vendo loucos pra dar conta de tanta gente. A maioria dos pacientes, pelo que deu pra perceber, nem deveria estar alí. Está porque os postinhos, carentes de médicos, atendem pessimamente. Não há resolutividade quase nenhuma nas unidades básicas e o HM acaba sendo o desaguadouro dessa incompetência crônica, enquanto o HU, de média e alta complexidade, recebe as emergências que a rede privada, porém conveniada, deixa de atender. Enfim, a saúde pública em Maringá está em estado de absoluito caos. O descaso é visível, já a partir dos postinhos, onde se destacam os quadros com a foto do prefeito e a mensagem "Missão". e em tudo que é porta, aquele laço cor de rosa que simboliza o combate a Aids, e que em Maringá soa como propaganda subliminar da deputada Cida Borghetti. No dia nacional de combate HIV a deputada liderou uma campanha de distribuição dos lacinhos cor de rosa, meritória diga-se de passagem, mas

A dívida social de Maringá para com Sarandi

Denuncia o Blog do Gauchão que caminhões de Maringá estão levando lixo para Sarandi e voltam carregados com terra, "roubada" dos fundos do bairro São José. Segundo o blogueiro, "máquinas ficariam escondidas no matagal, aguardando os caminhões".
Aproveito o gancho da nota para lembrar pela enésima vez que Sarandi precisa se mobilizar e forçar a Coordenação da Região Metropolitana a iniciar um grande debate sobre o papel de Sarandi enquanto cidade dormitório de Maringá e sobretudo, a monstruosa dívida social que a cidade-polo tem para com o vizinho município (conurbado). Não é possível que continuemos fechando os olhos para a realidade cruel que ajudamos a construir em Sarandi ao longo dos anos, por meio de uma política de exclusão social implementada aquí.
Sarandi tem hoje perto de 100 mil habitantes, é a cidade de maior crescimento vegetativo do Paraná, mas a maioria da população que lá mora, que usufrui dos equipamentos públicos do município, trabalha em Maringá e , invariavelmente, gasta aquí na "cidade canção" grande parte do seu suado dinheirinho.
A discussão que se propõe não cabe o xenofobismo de fundo de quintal que muitos aquí alimentam. Quando o distrito foi emancipado de Marialva há tres décadas e virou município por lei estadual de autoria do deputado Antônio Facci (in memoriam), loteadoras de Maringá cresceram os olhos e foram abrindo loteamentos ao Deus dará, sem nenhuma infra-estrutura. Os terrenos foram vendidos aos magotes e a preços populares, com promessas de asfaltamento para no máximo um ano. O asfalto não chegou, a rede de água surgiu de maneira precária e esgotamento sanitário, nem pensar. Por conta dessa febre imobiliária, as administrações municipais de Maringá trataram de promover, com muito artificialismo, uma política de especulação imobiliária perversa, levando centenas de moradores do Jardim Alvorada, Vila Operária e outros bairros, a venderem suas propriedades e partirem para o novo "el dorado". O resultado é que Sarandi hoje é uma cidade cheia de problemas de infra-estrutura, quase insanáveis.
Por essas e outras é que sempre digo que Maringá tem muita culpa neste cartório. O mínimo que os gestores locais deveriam fazer, é respeitar mais a população de Sarandi, encabeçando ações políticas que facilitem o carreamento de recursos para Sarandi e ajudando a viabilizar projetos metropolitanos como a integração do transporte coletivo, via passe eletrônico e fazendo parcerias que viabilizem obras na divisa, como a que João Ivo e Cido Spada fizeram na ligação do Bertioga com o Parque São Pedro.

9 de março de 2010

Beto denunciado

O ministério Público recebeu denúncia do deputado Dr Rosinha, de uso do dinheiro da Prefeitura de Curitiba para propaganda do prefeito e pré-candidato a governador, Beto Richa, em jornais do interior do Estado.Foram publicados anúncios em dois jornais de Cascavel - "O Paraná" e "Gazeta do Paraná". Só por coincidência, uma incrível concidência, um dos matitunos é de propriedade do deputado federal Alfredo Kaefer (PSDB).
É a chamada propaganda extemporânea, que se a lei eleitoral fosse levada a sério daria cassação da candidatura. Já vimos este filme em Maringá, mas por aqui nada aconteceu. Ainda.

Do corintiano Rudá Ricci

"Os jogos do Timão (de um lado) e do Santos (de outro) revelam como futebol é tudo, menos lógica. O Timão jogou uma bolinha pequena e acabou ganhando, subindo para o G4. Já o Santos, jogou com rapidez e garra e ficou no empate com a Portuguesa (o segundo time de todo paulistano).
Aliás, como corinthiano, estou com duas frustrações: o Timão que não embala e não convence e a administração do Beluzzo no time dos porcos. Eu torcia (escondido) pelo Beluzzo".

Kafka entenderia?


Lula estaria p da vida com o senador Osmar Dias, que não sabe se assume logo a aliança com o PT ou se fica na espreita, com receio do DEM de Abelardo Lupion e dos ruralistas que não engole o Partido dos Trabalhadores e sua ligação histórica com o MST. Esta aliança tem tudo pra dar errado. Pela simples e boa razão que Osmar tem ligações umbilicais com o agronegócio e urticária quando ouve falar em sem terra. O sentimento de repulsa é recíproco, porque as bases petistas, aqueles militantes que ainda sonham com o socialismo, reforma agrária à frente, terão dificuldade de deglutir a aliança que os obrigará a pedir voto para o senador do PDT.
Claro, a cúpula do PT sustenta que a prioridade é eleger Dilma e por isso precisa de um bom palanque no Paraná. Só que Osmar já deixou escapar não foi nem uma e nem duas vezes, que não está disposto a montar pralanque pra ninguém, a não ser pra ele próprio.
Mas claro, se forças que julgar importantes convergirem pra sua candidatura, Osmar pode até virar simpatizante dos movimentos sociais, numa metamorfose que só Franz Kafka ousaria entender.

50 anos


Nenhuma foto foi tão vista e reproduzida no mundo como esta de Che Guevara. Segundo informações do JC Cecílio, a foto faz 50 anos. Nem o quadro da Monalisa (Da vinci) foi tão visto no planeta.

Chinook desbanca Biopuster. E salve-se quem puder

O prefeito Silvio Barros II voltou dos Estados Unidos maravilhado com o sistema de tratamento de lixo da empresa Chinook Energy.Há pouco tempo ele voltou de umaq viagem ao exterior, encantado com o Biopuster, cuja tecnologia pretendia disseminar por toda a região.
Prefeitos da região que na época não embarcaram na canoa furada do Biopuster não terào moleza agora se implantada a tecnologia americ ana da Chinook. O prefeito SBII magoou e disse que nada de parceria com a região metropolitana, é um pos si e Deus por todos.

Desconforto

A ocupação da Usina Central do Paraná pela via campesina deixa o senador Osmar Dias com a pulga atrás da orelha. Dependendo do que vier a acontecer, o provável candidato a governador pelo PDT-PT, ficará em tremenda sia justa. O PT, principalmente alguns deputados, como o Dr Rosinha, deverá manifestar apoio aos agricultores sem terra enquanto Osmar será pressionado a sair de borduna em cima.Que situação!

Requião , mui amigo

O governador Roberto Requião deve se afstar do cargo no dia 31 de março. Pessuti não gostaria, mas vai ter que assumir no dia 1o. de abril. O que se pergunta dos corredores do Palácio Araucária é o seguinte: "Por que Requião não se afasta dia 2?". Elementar meu caro Watson!

Tempo de traições

. Do Portal Bem Paraná

"A disputa pelo governo do Paraná nas eleições de outubro terá a marca da “traição”. Pelo menos três legendas, apesar de declararem oficialmente apoio a determinado candidato, terão lideranças filiados trabalhando pelos adversários nos bastidores. Este é o caso do PP, DEM e PMDB".

Cara-de-pau

"Para fugir de explicações sobre o seu filho com uma ex-empregada em Brasília, FHC tem dito que a coitada o “chantageava”. Quanta covardia".
. Do blog de Cláudio Humberto

A mídia em tempo de distorção

Vai ser montada uma rede de comunicadores populares de apoio à reforma agrária. A reunião ocorrerá quinta-feira no Sindicato dos Jornalistas de São Paulo, quando serão definidas formas de atuação para se contrapor ao processo de criminalização do MST e demais movimentos populares do país.
A imagem de um trator derrubando pés de laranja no interior paulista tem sido usada exaustivamente pela mídia eletrônica para desconstruir a luta pela terra. Um manifesto que circula pelo país, denunciando a ofensiva de setores conservadores contra a reforma agrária, compara o caso dos pés de laranja a um exemplo africano, a África do Sul do Apartheid, onde um manifestante negro atira uma pedra contra a vitrine de uma loja que que só brancos podiam entrar. Evidente que a mídia sul-africana iniciaria então uma campanha para provar que a fonte de toda a violência não era o regime racista, mas o pobre manifestante que atirou a pedra. É o cúmulo da distorção.

7 de março de 2010

Dilma, a ex-revolucionária


"Coisa boa é ser coroa"
Disse ela bem faceira,
"Porque a pessoa jovem
Só pensa em fazer besteira.
Com rebeldia apressada
Vive a pregar luta armada,
Nem que seja de peixeira.

. De Miguezim da Princeza

Um novo cenário. E porque não?


O encontro do PMDB em Londrina teve mil e 500 participantes. Pessuti reuniu quase 2 mil no Oeste. E assim, paso-a-passo, o vice-governador vai consolidando sua candidatura à sucessão estadual. Vale a lembrança de que em abril ele assume o cargo de governador e disputa o cargo, no cargo. Se o PMDB se unir em torno de Pessutão, esta é uma candidatura que não pode ser subestimada. O desconforto de Osmar na aliança com o PT pode, num momento de inversão térmica do processo, unir PT-PMDB, até porque a briga Paulo Bernardo-Requião será isolada ao campo meramente pessoal. E se o que une PMDB e PT é mais forte do que o que realmente os separa, o casamento torna-se possível. Se isso acontecer, Osmar fica isolado e pode recompor a frente PDT-PSDB-DEM. E aí a disputa eleitoral no Paraná ganha novos contornos e labaretas de maior intensidade. Vai ficar interessante, com crise de insônia em muita gente que já se dava como vitoriosa.

Quando a sombra convida a esquerda a cair pela direita


. Por Emir Sader

"Alguns sentem satisfação quando alguém que foi de esquerda salta o muro, muda de campo e se torna de direita – como se dissessem: “Eu sabia, você nunca me enganou”, etc., etc. Outros sentem tristeza, pelo triste espetáculo de quem joga fora, com os valores, sua própria dignidade – em troca de um emprego, de um reconhecimento, de um espaçozinho na televisão. O certo é que nos acostumamos a que grande parte dos direitistas de hoje tenham sido de esquerda ontem. O caminho inverso é muito menos comum. A direita sabe recompensar os que aderem a seus ideais – e salários. A adesão à esquerda costuma ser pelo convencimento dos seus ideais.O ex-esquerdista ataca com especial fúria a esquerda, como quem ataca a si mesmo, a seu próprio passado".

PS: Mal comparando com o futebol, diria que o sol bate forte à esquerda do campo e canhotos, que treinaram muito a chutasr com a direita, trocam de lado e vão para onde está sombra.

Vitória do Brasil contra o BraZil


O Brasil, que não merece o BraZil, vibra com a decisão do Superior Tribunal de Justiça, que manteve o juiz Fausto de Sanctis à frente dos processos de Daniel Dantas
dando mais força à Operação Satiagraha e uma espécie de salvo conduto ao delegado Protógenes Queiroz.O sócio-fundador do Banco Opportunity esta nba roça, ou melhor, deve voltar pra cela.

Marina, morena, você se pintou...

O jornalista Marco Aurélio Mello, do blog DoLaDoDeLá, relata um encontro secreto ocorrido esta semana entre Marina Silva e o vice-presidente das Organizações Globo, João Roberto Marinho. Teria ficado "praticamente acertado" que a visibilidade da acreana vai aumentar aos poucos, no Jornal Nacional. Com isso, a Globo valoriza o PV de Marina, infla o balão verde dos ambientalistas e torna a senadora acreana uma noiva muito cobiçada pelos demais partidos. Mas ela não seria pro bico de ninguém, a não ser dos tucanos, que buscam uma vice, principalmente depois de Aécio Neves ter mandado o sonho da chapa pura para as calendas gregas.

Soprando a brasa da utopia socialista

Zé Maria, do PSTU, vai novamente ser candidato a presidente da república, tentando formar uma frente nacional de esquerda para alimentar o sonho do socialismo no país do mercado sagrado e do capitalismo desavergonhado.
O discurso, demodê, é sempre o mesmo: usar instrumento da democracia burguesa (leia-se processo eleitoral) para que, juntos , os esquerdistas "que não capitularam levem avante a bandeira do verdadeiro socialismo".
Na esfera estadual o PSTU terá candidato próprio a governador. E fará sua plenária regional eleitoral, que nos outros partidos atenderia pelo nome de pre-convenção, no próximo dia 7 às 9 horas na ADUEM, a associaçao dos docentes da UEM.

6 de março de 2010

Grande Marina!


O provável vice de Marina Silva a presidente pelo PV é o empresário Guilherme Leal, presidente da Natura. Ele tem insistido para a senadora viajar com seu jatinho, mas Marina Silva se recusa terminantemente e anda de avião de carreira. Louvável, não?

Má notícia para RB


Gustavo Fruet (foto) , considerado um dos melhores deputados federais do país (que safra péssima a que temos , ehim?) disse à Rádio CBN de curitiba que não desistiu de ser candidato ao Senado, não. Um certo RB anda fustigando o ninho tucano pra, numa aliança PP-Beto, ser ele o candidato da coligação ao Senado. Mas se Fruet bater o pé e sair candidato, as chances de RB diminuem.
A propósito,vi agora a tarde na Av. Nildo Ribeiro, em Maringá, uma Parati da "Caravana Progressista" toda adesivada, inclusive com fotos enormes do deputado Ricardo Barros, plotadas nas laterais e na traseira do veículo. Será que o TSE já liberou propaganda de candidatos?

Ziraldo na ABL

Ziraldo vai vestir o fardão da Academia Brasileira de Letras. Mas a Academia perdeu muito da sua mística após admitir Getúlio Vargas, deixando revoltados intelectuais como Sérgio Buarque de Holanda, Gilberto Freyre e Carlos Drummont de Andrade, que exatamente por isso nunca aceitaram participar de qualquer eleição para ocupar qualquer dadeira na ABL. Sobre isso escreve Hélio Fernandes:

"Em plena ditadura do Estado Novo, (tão cruel e torturadora quanto a de 1964 ou até mais) o ditador Vargas fez saber que pretendia entrar para a Academia. (Essa comunicação foi feita por intermédio de Lourival Fontes, diretor do DIP, que comandava a censura à imprensa).

Vargas jamais escreveu coisa alguma, se apresentou como candidato com os 10 volumes dos “Discursos”, nenhum escrito por ele. Assim mesmo foi eleito facilmente, era a época em que jornalistas e escritores, (que dominavam a Academia) gozavam das delícias dos empregos públicos, pródigos e valorizados. (Ainda não se vivia de escrever, fosse em jornais ou em livros).

A repercussão negativa foi terrível. Três dos principais intelectuais daquela época, (e chegaram até hoje) Sergio Buarque de Holanda, Gilberto Freyre e Carlos Drummond de Andrade, protestaram com veemência, não admitiam que a Academia se vergasse daquela forma a um ditador atrabiliário.

Revoltados, fizeram um “pacto pessoal”, que repercutiu fortemente, embora a imprensa fosse abertamente ligada à ditadura. (Como aconteceria em 1964, e como se repetirá sempre, com as naturais restrições de alguns, que honram a humanidade).

Por esse acordo, Sergio, Freyre e Drummond assumiam o compromisso de “jamais entrarem para a Academia”, e não entraram mesmo, apesar dos seguidos convites e insinuações, pois eram naturalmente invencíveis na disputa de qualquer vaga".

Emir Sader fala da miséria moral dos ex-esquerdistas

"Viraram pobres diabos, que vagam pelos espaços que os Marinhos, os Civitas, os Frias, os Mesquitas lhes emprestam, para exibir seu passado de pecado, de devassidão moral, agora superado pela conduta de vigilantes escoteiros da direita. A redação de jornais, revistas, rádios e televisões está cheia de ex-trotskistas, de ex-comunistas, de ex-socialistas, de ex-esquerdistas arrependidos, usufruindo de espaços e salários, mostrando reiteradamente seu arrependimento, em um espetáculo moral deprimente.

Aderem à direita com a fúria dos desesperados, dos que defendem teses mais que nunca superadas, derrotadas, e daí o desespero. Atacam o governo Lula, o PT, como se fossem a reencarnação do bolchevismo, descobrem em cada ação estatal o “totalitarismo”, em cada política social a “mão corruptora do Estado”, do “chavismo”, do “populismo”.

. Publicado no site CARTA MAIOR

Pérola da MPB

Começo bem o sábado vendo no YouTube um clipe do Jackson do Pandeiro, interpretando O Canto da Ema com o autor da obra prima, João do Vale.Maravilhoso!

5 de março de 2010

Óleo de peroba neles!

“É tão vergonhoso, é tão escandaloso e eu fico numa indignação eu fico numa vergonha meu Deus do céu, como pode chegar nisso aí? Mas, por outro lado, eu vejo firmeza na Justiça. A Justiça vai punir, a Justiça vai fazer como ela está fazendo. Então eu fico, por um lado eu fico com profunda decepção, e, por outro, cheio de esperança que a Justiça cumpra seu dever”.

Podem acreditar, as palavras acima são do ex-governador de Brasília Joaquim Roriz,segundo o jornalista Leandro Fortes, da revista Carta Capital, "o verdadeiro pai de todos os escândalos do Distrito Federal nos últimos 20 anos" e sem dúvida, o grande inspirador de José Roberto Arruda, o governador atual, que está preso. O mais lamentável de tudo, é que Roriz não está sozinho na liderança da desfassatez institucionalizada. Infelizmente, vivemos no país dos caras de pau.E nem precisamos viajar para além das fronteiras municipais para encontrar exemplares dessa fauna repugnante.

4 de março de 2010

Marcado para ser traído


"O PMDB tem hoje 16 deputados na Assembléia Legislativa e corre o risco de eleger apenas oito em 3 de outubro. Os mesmos cálculos apontam que se fizer uma aliança com o PSDB de Beto Richa, o PMDB pode eleger entre 12 e 14 deputados. Até por isso cresce, na bancada peemedebista, a defesa da aliança".
. Hora H News

PS: Essa avaliação é um balde de água fria na candidatura Pessuti, que só tem uma chance de se manter: ir pro tudo ou nada e virar o jogo até as convenções. Senão, Pessuti será traído por boa parte do seu PMDB.

E agora, minerim?


O tucanato paulista quer enfiar a vice goela abaixo de Aécio. Aécio não aceita, nem que o Serra coloque um quiabinho.Se aceitar, queima etapas e pode arquivar o sonho de um dia chegar ao Planalto. Até porque, se perder, fica sem mandato e desaparece do cenário político. Mas já disse não, embora nunca se sabe se ele resistiria a faca que lhe colocam no pescoço. É agora que vamos saber se esse neto de Tancredo é mesmo um bom aluno da velha escola mineira.

Enfim, uma ótima notícia

Saiu hoje na página UOL:"Por quatro a um, a 5ª Turma do STJ (Superior Tribunal de Justiça) decidiu negar nesta quinta-feira (4) habeas corpus ao banqueiro Daniel Dantas e manter todos os atos da Operação Satiagraha, da Polícia Federal, na qual foi preso o sócio-fundador do Opportunity, em julho de 2008. A decisão mantém o juiz Fausto Martin De Sanctis à frente do caso".

PS: A condenação do banqueiro vinha custando muito caro ao delegado Protógenes Queiróz, que comandou a Satiagraha e ao juiz De Santis, que colocou Daniel Dantas Na cadeia. Com essa decisão, muita coisa poderá acontecer, muita surpresa poderá pintar por aí. Que os anjos digam amém.

Onipresente


"Está cada vez mais claro: o Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá, o Codem, não é nem uma ONG nem uma secretaria municipal. Parece, na verdade, um braço da estrutura política do deputado federal licenciado Ricardo Barros (PP), o irmão mais novo.

A Câmara Técnica da Região Metropolitana do Codem (eles querem abraçar o mundo, mandar em tudo, embora o dinheiro só dê para fazer concurso de logomarca, e ainda assim quando alguns empresários ajudam) tinha uma reunião marcada para a próxima segunda-feira. O encontro foi adiado em função de um evento: é que o deputado federal licenciado Ricardo Barros não poderá estar presente (seria uma nova viagem à Suíça?). Diante disso, o Codem desmarcou o encontro e uma nova data será posteriormente anunciada. Pode, Freud?".

. Do site do Rigon

PS: isso parece claro, como parece claro também o fato de que em Maringá o "home" é onipresente, ou seja, está em todo canto ao mesmo tempo, cortando o baralho e dando as cartas. Afinal, "Maringá merece o melhor", é ou não é?

3 de março de 2010

Requião diz que não demite

"Só espero a lista completa das 300 demissões do PT. Só demito em bloco c/ pedidos assinados por todos. Com a palavra o PT regional".
. Requião no seu twitter

Uma possibilidade

Zé Beto comenta em seu blog que "se der a louca e Roberto Requião ficar mesmo até o final do mandato de governador, o vice, Orlado Pessuti, será candidato ao Senado pelo PMDB".

Meu comentário: neste caso teríamos certamente Pessuti e Gleisi ocupando as cadeiras de Osmar Dias e Flávio Arns.

Pessuti fica longe do tiroteio , temendo uma bala perdida


Informa Fábio Campana em seu blog:
"Longe deste insensato mundo, o vice Orlando Pessuti, candidato do PMDB à sucessão de Requião, volta hoje de um cruzeiro pela costa brasileira.

Além de fugir do assédio dos que pretendem uma boquinha no Estado a partir do mês que vem, Pessuti quer ficar longe do tiroteio entre petistas e Requião.

Hoje, o vice retorna a Curitiba e amanhã à noite, quinta, vai puxar o “parabéns pra você” na festa de aniversário de Requião no restaurante Madalosso.

Placa vai , placa fica, prazo vaaaaaaaaiiii...


"A pista de caminhada ao redor do Complexo Esportivo Jayme Canet Junior (Vila Olímpica), em Maringá, foi inaugurada em junho de 2008. A placa com os dados básicos da obra, financiada pelo governo federal, continua lá, desde antes da inauguração. Já a placa com as informações do Restaurante Popular, uma das obras milionárias mais atrasadas da administração, foi retirada antes mesmo da obra ser concluída. A Caixa Econômica Federal, que também financia o RP, parece não se incomodar com a falta de informação aos contribuintes. Uma outra placa, no Condomínio do Idoso, outro projeto cuja entrega está atrasada em 20 meses, também foi retirada defronte a obra".

. Do site do Rigon

E mais: a placa da obra de rebaixamento da linha férrea que estava na passagem de nível da Av. Dezenove de Dezembro também foi retirada. Ela continha dados da obra e prazo de conclusão, que seria janeiro de 2008.

2 de março de 2010

Câmara lava a alma da população

Por votação unânime a Câmara Municipal de Sarandi cassou agora no cantar do galo o mandato do prefeitop Milton Martini. Houve comemoração, ranger de dentes e uma explosão de alegria popular. Viva a democracia, viva a moralidade pública, que em algum momento, em algum lugar, em alguma circunstância, prevalece! O vice-prefeito Carlos Alberto Júnior, filho do saudoso Carlos Alberto de Paula (vereador em Maringá nos anos 70) deve assumir ainda hoje.

Tá fora

Enfim, o PT decidiu abandonar o Governo do Paraná. Em desagravo ao Minisro Paulo Bernardo o Partido dos Trabalhadores decidiu hoje romper com o governo Requião que ainda tem dois secretários petistas - Walter Bianchini e Ligia Puppato. Os dois devem apresentar nesta terça-feira suas cartas de demissão, em caráter irrevogável. É esperado um Requião furioso, sarcástico e agressivo, durante a escolinha dessa terça-feira.

Tá explicado

Vi agora no blog do Lauro Barbosa o vt de um chapéu humilhante que o Ronaldinho Gaúcho,ainda começando a carreira, deu no Dunga, durante jogo entre Grêmio e Internacional pelo campeonato gaúcho. Isso explica porque o técnico da Seleção Brasileira resiste em levar Ronaldinho à Copa.


. do blog do corintiano Juca Kfouri


. Do blog Cloaca News

Martini anoitece e pode não amanhecer prefeito

Sessão de cassação é uma chatice. É lido todo o processo, normalmente com mil e tantas páginas. A sessão na Câmara de Sarandi deve varar a noite, mas segundo previsões, até o galo cantar dessa terça-feira, o prefeito Milton Martini estará cassado.

1 de março de 2010

A um passo da eternidade...



- Camarada Lula, me dê a sua receita de popularidade.
- Dô sim, companheiro Fidel, desde que o companheiro mande buscar um copo de água daquela mina de Sierra Maestra, que lhe garante tanta longevidade.
- Fechado!!!

Já a camainho do aeroporto José Marti, o presidente Lula confidenciou a um assessor:
- Que água gostosa! Pena que o Fidel escondeu a mina do companheiro Chê e do companheiro Camilo Cienfuegos.

Pra "tucano" ler na cama

Dilma foi chamada de Olga em Caetés, terra de Lula. Lá , Dilma é uma ilustre desconhecida mas todos dizem que votam em quem Lula indicar.Assim é também na maioria das cidades do interior do Nordeste, assim é em centenas de cidades do interior do Brasil. Diante dessa constatação, o tucanato se apavora e Aécio sorri maroto, dando graças por sua desistência , num momento em que o PSDB serrista o fritava em fogo brando.

Maringá sem PAI


Um dos instrumentos mais poderosos (e indispensável) de qualquer plano diretor é o PAI - Plano de Ação de Investimenrtos. É ele que regula, verdadeiramente, a política de ocupação do solo urbano e sobretudo a função social dos vazios. Londrina foi o único grande município do Paraná a contar com um plano diretor regulamentado de conformidade com o que foi discutido nas assembléias que levaram a elaboração do PD. Isso foi feito na segunda gestão Nedson (PT). Em Maringá, a administração petista deixou passar batido a oportunidade de regulamentar o Plano Diretor que elaborou ao longo de quase dois anos de discussão. Terminou o mandato Zé Cláudio/João Ivo e o PD ficou para ser regulamentado pela gestão pepista de Silvio Magalhães Barros II. Houve a regulamentação sim, mas suprimiram instrumentos importantes que, se implementados, teriam disponibilizado muita terra da área urbana para habitação e teriam, enfim, colocado um freio na especulação imobiliária, que hoje joga o preço dos imóveis na cidade lá pra estratosfera.Por exemplo: o imposto progressivo, que Londrina já aplica com rigor e que em Maringá tornou-se apenas um instrumento de retórica política, sem efeito prático nenhum. Coisa pra inglês ver, como se diz lá nas Ilhas Malvinas. Moral da história: Maringá é hoje uma cidade órfã de PAI.

Ciro no ataque


. "Dilma é uma administradora extraordinária, mas isso não
é o bastante. Se fosse, a gente contratava um gerente para o Brasil"

. "O Serra é oportunista, carreirista e não tem compromisso com o País.
Ele quer enganar o eleitor fingindo que é amigo do Lula"

Alho é alho, bugalho é bugalho



. Millôr Fernandes (pinçado do blog da Marta Bellini)

Suíça não quer mais dinheiro sujo



O governo suíço envia ao Parlamento proposta de reforma na legislação para deixar de ser paraíso fiscal.Esta notícia tá deixando muito politico brasileiro com a pulga atrás da orelha.O governo suiço anunciou que não quer mais receber dinheiro estrangeiro, dinheiro sujo na maioria das vezes.