31 de maio de 2010

Deu no Paçoca

"O acordo entre o PP e o PSDB divulgado dias atrás no Paraná pode fazer água. Caso o senador Osmar Dias (PDT) desistir da candidatura ao governo e aliar-se ao PSDB, pode escantear Ricardo Barros da coligação.
Dias seria então candidato ao Senado, como Barros também quer a boca.... ".

. Do blog Paçoca com Cebola (Cláudio Osti)

Marina do Norte

Pesquisa do IBGE mostra que a região brasileira onde o eleitorado mais cresce é o Norte,basicamente os Estados do Amapá, Pará, Roraima, Amazonas e Acre.
Os dois principais candidatos a presidente, Dilma e Serra, nem por lá aparecem. Mas a senadora Marina Silva, que é acreana, está sempre soprando a brasa por aquelas bandas. Marina vai crescer muito.

As bases do PT se confrontam

De Renato Colososki, que me parece ser um ex-petista:

"Um pouco da "fraqueza" opocionista se deve, com certeza, ao enfraquecimento do maior partido que bem ou mal, se levantava contra os desmandos na cidade. Quando o PT foi envolvido nas maracutaias do mensalão federal, deixou muita gente decepcionada nas bases, ensejando a saída de vários militantes para outras legendas. "Todo reino dividido se enfraquece, definha". Quem apenas era simpatizante da força aglutinadora que era o PT, parece que acompanhou o desânimo geral, por falta de referência política, aquela estrela que unia a todos. Não basta nem ter o país o melhor presidente de todos os tempos: faltam referências locais, aquelas para quem olhávamos nessas horas de luta e que agora não vemos. Onde estão as vozes que antes gritavam conosco nas ruas? Acomodadas, por certo em cargos de confiança nos governos estadual e federal, acovardadas em defesa de interesses duvidosos. Muito já se perdeu, mas ainda é tempo de se reagir à letargia que assolou até as pessoas de bem. Os principios da moralidade e da dignidade estão apenas adormecidos, mas eles ressurgirão, aqui e ali, acordados pelo alarido dos que não aceitam a tirania dos inescrupulosos exploradores do bem comum".

Resposta da petista Maria da Conceição Franco, a Zica:

"Acho que você estava, infelizmente, (ou felizmente), trabalhando. Mas nós estávamos lá, defendendo o patrimônio público. Hoje, 28 de junho de 2010, numa manifestação, em frente à rodoviária velha, defendendo, como sempre, O QUE ACREDITAMOS.
Estamos vivos, caríssimo companheiro!
Foi maravilhoso!
Acho que fizemos o que poderia ser feito...
Infelizmente, sabemos o poder que a "famiglia" tem e exerce sobre essa sociedade (tão elitizada, tão
'trabalhada" por eLLes) e, principalmente, o poder que a "famiglia" exerce sobre o judiciário dessa cidade (lembremos a era de Ricardo Barros, as famigeradas -e denominadas por eLLe- escolas cooperativas). Ficaram dois anos calados, mas no dia em que Said Ferreira ganhou as eleições (por ser contra as famigeradas...), deram-nas (as tais escolas "COOPERATIVAS" ) como INCONSTITUCIONAIS, só porque o candidato era contra as tais... Se ganhasse as eleições Falckembach o candidato do ricardo), Rocha Loures (também candidato do Ricardo) ou Odílio Balbinot, que eram a favor, das tais, seria a mesma resposta?
Continuamos na luta, companheiro!".

30 de maio de 2010

Forte candidato


Um amigo chega pra mim no Café Cremoso e pergunta:" em quem a gente vai votar pra presidente e governador?"
Respondi que estou em dúvida , porque o quadro ainda é confuso e nada promissor em termos de alternativa.
Por enquanto estou analisando as possibilidades. E essas possibilidades incluem também o nosso amigo aí, porque além de ser o maior, Cacareco é o cara, que de ninguém tem dó.

Aumento causaria rombo? PLínio desmonta o argumento



Do presidenciavel Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) sobre o aumento de 7,7% dos aposentados:

"O argumento de que o reajuste provocará desequilíbrio orçamentário omite o quanto o governo ga sta com a remuneração do capital financeiro por meio da dívida pública, que consome 36% do orçamento anual da união, quando o referido reajuste representará um impacto de R$ 680 milhões num orçamento de quase R$ 640 bilhões. Bastaria inverter a lógica de administração orçamentária e estancar a sangria da dívida pública, para que sobrem recursos para a previdência. Mas, mesmo hoje, não há déficit. O que existe, desde a época da ditadura, é o desvio de verbas da Seguridade Social para outras iniciativas, como a construção da ponte Rio-Niterói, estradas de ferro, etc. Hoje, parte do orçamento que deveria garantir o descanso de quem se aposenta vai parar na composição do superávit primário que remunera o capital".

29 de maio de 2010

O desabafo do professor


"Não estou em Maringá e a última imagem da antiga Rodô permanece intacta, apesar do vazio e abandono que a Rodô passava. Amanhã devo passar pelo local e desde já estou agoniado, revoltado e indignado. Qual será minha reação?
Adotei Maringá e Maringá me adotou, mas as atitudes políticas da administração me machucam profundamente. Quem destrói a história não merece ser lembrado no futuro e farei questão de esquecer esta administração.
Protesto: onde Sílvio ou Ricardo adentrar, sairei. Onde estiverem, não irei e ao vê-los, virarei o olhar e, se possível, abandonarei o local ou recinto.
Processos devem ser impetrados contra a pessoa de Sílvio Barros e não contra o Município. Parte do dinheiro dos cofres públicos do Município de Maringá, do Estado do Paraná e da União saíram de meu salário e a justiça deve respeitá-lo ao deferir penalidades contra os erros cometidos individualmente visando a demolição da Rodoviária antiga".

. Elias Canuto Brandão, professor universitário e blogueiro dos bons

Pára com isso Abrantes!!!


"O deputado federal Odílio Balbinotti (PMDB) entregou R$ 350 mil para Sarandi, recursos que serão destinados à reforma da Clínica Materno Infantil. O prefeito Carlos de Paula e secretários prestigiaram o ato".
. Do site do Rigon

Meu comentário: a cena é comum e passa a fazer parte da diagramação quase diária dos jornais do interior em ano de eleição. É a entrega de recursos federais e estaduais por deputados-despachantes aos prefeitos, sempre de pires na mão e eternamente linkados pela cultura do curral eleitoral. Esta não é uma prática local, nem regional, nem estadual, é , desgraçadamente, uma prática nacional, que tá difícil de ser abolida. Em 2002 pensei que o repasse de verbas e entregas de ambulâncias às prefeituras por deputados ia acabar com a chegada de Lula ao poder. No embalo da minha utopia, imaginei que as tais emendas parlamentares, uma das muitas excrescências da política brasileira, seria pelo menos minimizada. Qual o que. Tudo continuou como antes no quartel de Abrantes.
Esse Abrantes, ehim!!

28 de maio de 2010

Autoritarismo. A gente vê por aquí



fotos do site do Rigon

A demolição apressada da rodoviária velha de Maringá mostra o espírito arrogante e autoritário do prefeito Silvio Barros II, que segundo dois advogados que ouvi hoje a tarde durante a menifestação de protesto em frente ao prédio, simplesmenete atropelou a justiça. Como poderia o prefeito ter feito o que fez se não houve sentença judicial determinando os valores da indenização e sequer respeitou-se o princípio do contraditório? O início dos trabalhos de demolição, na avaliação do advogado dos condôminos, Alberto Abrãao Wagner, fere o bom senso, agride de maneira absurda a lei e coloca o judiciário numa situação de constrangimento, como se quisesse manter a justiça sob pressão.
Mas este não é apenas um problema jurídico, de desrespeito à lei e aos comerciantes que possuem seus espaços dentro do prédio. Este é sobretudo um problema político, que revela um autoritarismo sem precedentes na história de Maringá. Ora, o gestor público tem o dever de respeitar a lei em qualquer circunstância. Nem vamos nos ater aqui ao valor histórico do prédio e ao crime de lesa pátria que significa a demolição. Estamos falando de coisas mais práticas e deveres elementares do homem público , que é respeitar o arcabouço jurídico. Fora disso, é ditadura, é incivilidade.
Estranha o silêncio do Ministério Público com relação a esse comportamento. Foi indisfarçável, por exemplo, o constrangimento de um promotor presente na manifestação, pelo fato do Ministério Público não denunciar tais abusos.
Mas parece que diante da reação popular à demolição, o Ministério Público acabará agindo.
E se desrespeitar a lei é crime, o prefeito Silvio Barros pode estar jogando casca de banana no próprio caminho e acabará escorregando nela, antes de chegar ao final do seu tumultuado segundo mandato.

27 de maio de 2010

O Exterminador do Passado



. As fotos-montagem pincei dos blogs da Marta Belini e do JC Cecílio

O retrato da insensatez


Irresponsabilidade em dose dupla

Caro Messias, O CREA está acompanhando a demolição? Há um responsável técnico pela atividade? Parece que as regras quanto à Segurança de Trabalho não estão sendo cumpridas pois sequer capacetes os operários usam. O Forum irá para a praça, pois aquela praça é do povo e, aliás, tudo lá agora é do povo. Para nós o mais importante é dizer ao prefeito que a sociedade quer discutir o uso daquele espaço. Que não aceitamos a imposição de transferência de um bem público para a iniciativa privada numa atitude totalmente autoritária.

. Professora Ana Lúcia Rodrigues - Observatório das Metrópoles

PS: por acaso alguém viu o Observatório Social por aí? Será que este importante arauto da moralidade pública fez alguma manifestação contra esse crime de lesa pátria? Ou será que o OS existe só para cobrar transparência e comportamento ético da Câmara de Vereadores?

Walbinho pode ser deputado

O maringaense Walber Souza Guimarães Júnior será candidato a deputado estadual pela região de Cianorte(PPS), onde ele tem uma emissora de rádio e comanda um programa de grande audiência. Fará dobradinha com João Destro, que Walbinho faz questão de dizer que é destro mão náo é direitista.
Walbão, o pai, que já foi vice-prefeito de Maringá e deputado federal, está todo orgulhoso. E esperançoso na vitória do filho,por coincidência, contemporâneo de Ricardo Barros no cusro de Engenharia da UEM.

Nossa salvação

Um leitor me manda uma sugestão interessante: quem, como eu, tem um certo apego ao passado de Maringá,inclusive aos pouquíssimos ou quase nenhum monumento histórico,deve criar o hábido de recorrer ao YouTube. Duravante, só pelo YouTube podremos ver a rodoviária velha.
Bem, mas fotos de prédios antigos que foram demolidos, como o da ferroviária, a gente encontra no Projeto Memória ou no blog do JC Cecílio, outro inconformado com a demolição criminosa da Estação Rodoviária Américo Dias Ferraz.

26 de maio de 2010

Um passo atrás

"A destruição do prédio da antiga Rodoviária de Maringá é um passo atrás. Veja o caso de Ouro Preto (MG), uma cidade de 400 anos. Imagine se lá fosse tudo derrubado em nome da modernidade. Hoje, nada teríamos daquela cidade, que um dia foi Vila Rica. Imagine a Estação da Luz em São Paulo, que se transformou num prédio cultural, sem destruir a antiga estrutura.

Maringá tem apenas 63 anos. É muito jovem. Daqui a 400 anos, o que teremos preservados? Veja a Europa, por exemplo. Se tivessem destruído suas construções de centenas e milhares de anos? Imagine, se tudo tivesse ido ao chão? Que seria do Velho Mundo?Então, não é possível entender tal atitude em nome do novo. Não vou entrar no mérito das questões entre donos de quiosques e Prefeitura. O que não se pode é destruir o patrimônio histórico, que é a cara da cidade. Não podemos apagar nossa identidade. Lamentável.

. Donizete Oliveira, jornalisa e professor
( Site do Rigon)

Este foi o último pedido de socorro, que a sociedade maringaense não acatou.

No futuro, sei que haverá arrependimento de terem deixado enterrar o pouco que havia da História Viva desta cidade.

A cada dia mais maltratada, humilhada e pilhada por gente da pior estirpe, até quando?

A memória dos pioneiros que construiram esta cidade foi destruída, seus símbolos violados.

Sem seus ícones marcantes, Maringá está se tornando uma grande Cidade Genérica!

. JC Cecílio (Planeta JC)

Obs: JC Cecílio, que nao conheço pessoalmente mas gostaria de conhecer e tê-lo na minha relação de amigos pessoais, é maringaense, tem a famíla toda aqui mas reside em Sâo Paulo. Pelo que dá pra perceber por seu blog Planeta JC, ele é uma pessoa ligada na história de Maringá e que possui um acervo (fotos, vídeos, livros,revistas...) invejável.

Assino embaixo do que ele escreveu

Enfim, o perdão...e lá em cima, Glauber manuseia o facão


E Não é que finalmente vão anistiar o cineasta baiano Glauber Rocha, falecido há mais de 30 anos? A Comissão de Anistia do Ministério da Justiça ainda deverá julgar o processo do cineasta censurado e perseguido pela ditadura militar, apesar de ter sido o primeiro intelectual a perceber que o general Geisel iniciaria o proceso de abertura.O julgamento será hoje a tarde e é certo que vão tirar Glauber do purgatório.

A anistia só faz sentido agora porque a família deverá ser indenizada.
Glauber era brilhante, até na irreverência. Fico pensando o que ele estaria dizendo lá em cima, principalmente a Brizola, Arraes e Jango. No mínimo está a essa altura olhando pra ACM, Médici e Gouberi e fazendo micagem, ou maneando um facão, como o que usava no programa Abertura, da Tupi, para sugerir que Deus e o diabo palmilham a caatinga na terra do Sol...

O muro é logo alí


Até dia desses o PT estadual detonava o senador Osmar Dias. Foi indo, foi indo até que o senador do agronegócio deixou claro que não aguentava mais as provocações de petistas como o deputado André Vargas.Mas agora, quando vê que o barco está indo a pique, Vargas volta a fazer cafuné em Osmar, que ainda não se sabe pra que lado vai -se será candidato ao Senado pela coligação do Beto Richa ou se engata uma ré e retoma as negociações com o presidente Lula. Vá gostar de muro assim lá longe sô!

Fiquemos espertos!

Informa Elias brandão em seu blog que "o Fórum Maringaense pelo Direito à Cidade (FMDC) convida a todos a comparecerem sexta-feira, dia 28 de maio, a partir das 15 horas em frente à rodoviária antiga para manifestações contra o adiantado estágio de demolição da mesma.
O Fórum solicita que cada entidade ou cidadão promova atos específicos: i) gravação de depoimentos da população para a produção de 01 documentário; ii) utilização do alambrado para instalação de mensagens de adeus, de flores, faixas, cartazes; iii) manifestações livres".

PS: lendo a nota do amigo Elias me ocorreu a segunde pergunta: será que a manifestação não vai apavorar a "administração cidadã" , levando-a ao tresloucado gesto de demolir tudo a qualquer custo até depois de amanhã? Dessa gente tudo se pode esperar

Haja pano, haja manga!

Escrevam aí: o acordo PP-PSDB para viabilizar a candidatura de RB ao Senado ainda vai dar muito pano pra manga. Tucanos e aliados de partidos como o DEM (Lupion à frente) não se conformam com a junção e prometem torcer o pano até sair água menos barrenta.

Requião tenta de tudo

Há especulação para todos os gostos sobre o quadro da sucessão estadual.Circula nos bastidores da política nativa a informação de que o ex-governador Roberto Requião, temendo Osmar na disputa do Senado (apesar das duas vagas)tenta costurar uma candidatura de Osmar pelo PDT, em coligação com PT e PMDB, com Ênio Verri na vice. Com Osmar indo para o governo, as duas vagas ficam (pelo menos teoricamente) entre Requião e Gleisi).

25 de maio de 2010

Quando a estupidez surra a história



Esta é, na visão da professora Marta Belini, a guerra da estética empresarial contra a estética da velha senhora história. "Para que serve mesmo a história? Uma cidade de carros, para carros,esta é a Má-ringa".

O roto falando do esfarrapado



Do blog do Fábio Campana:

"O deputado Ricardo Barros, do PP, ex-líder de Lula na Câmara, decidiu se aliar ao PSDB no Paraná depois de concluir que o PT estadual acredita em fazer omeletes sem quebrar os ovos e costurar alianças sem sacrificar interesses, como a candidatura de Gleisi Hoffmann ao Senado.

O PT do Paraná quer formar uma grande aliança para Dilma sem abrir mão de nada, diz Barros. O deputado afirma que encontrou os tucanos dispostos a fazer sacrifícios a ponto de abrir mão das duas vagas ao Senado. Uma para ele e outra para o PDT, na hipótese do senador Osmar Dias aceite concorrer à reeleição. No PT, diz que só encontrou arrogância e auto-suficiência".

A volta do que não foi

"A assessora do deputado Luiz Nishimori (PSDB) divulgou nota informando que na reunião do diretório estadual do PSDB, na noite de segunda-feira, foi colocada em pauta a coligação PSDB e PP. O deputado Luiz Nishimori votou contra a coligação proporcional, que é referente aos deputados, entretanto o parlamentar afirmou que é totalmente favorável à coligação majoritária, referente a senadores, presidente e governador. “O mais importante é a eleição do Beto Richa. Sou a favor da candidatura do deputado Ricardo Barros ao Senado e, inclusive, vou apoiá-lo”, ressalta Nishimori".

. Do site do Rigon


PS: tendo como base a informação do "Paçoca com Cebola" , imaginei que o Nishimori estava se desgarrando de RB e alçava vôo, bem ao estilo Nashônaru Kiddo. Me enganei, o plano de vôo foi abortado e o herói nipônico nem chegou a sair do chão.

Um toque de poesia para tirar um pouco a acidez do blog



Foto de Ricardo Silva (blog do Zé Beto)

Hora do pau cair a folha? Que sinuca de bico, ehim!


A coordenação da candidatura José Serra recebe pressão de todo lado para mudar o rumo da prosa. Dizem que Serra está muito cordato, mais elogiando do que criticando Lula e enquanto isso Dilma cresce e ele vai comendo poeira. A tucanada, incentivada evidentemente por FHC, Arthur Virgílio e quejandos, não se conforma com tanta passividade. Já passou da hora do pau cair a folha.
O problema, avaliam vozes mais sensatas do tucanato, é que a desconstrução do governo Lula pode ter efeito bumerangue. Por isso, os marqueteiros perdem noites de sono pensando por onde atacar, como atacar e quando atacar. A maioria acha que eleger Lula como alvo é um erro e mandar bala em Dilma pode transformá-la em vítima e, portanto, fazer dela uma espécie de massa de pão - quanto mais bate, mais cresce. Que sinuca de bico, ehim!!

Nashônaru Kiddoooooo!!!


Muitos tucanos de bico longo e grosso votaram contra a entrada do PP de Ricardo Barros na coligação do Beto Richa. Acreditem se quiser, mas um dos que ajudaram a puxar o tapete de RB foi Luiz Nishimori, segundo informa Cláudio Osti no blog Paçoca com Cebola.
Nishimori, pra quem não sabe, surgiu para a política pelas mãos de Ricardo Barros, mas um dia ouviu um conselho que agora decidiu colocar em prática: "Enquanto você estiver ligado a Ricardo você não vai a lugar nenhum, ou melhor, vai só até onde ele quiser que você vá".
Parece que o deputado estadual tucano, nascido em Marialva, decidiu
se desgarrar de vez e voar sozinho. E viva Nashônaru Kiddoooooo!!!

Porque Dilma passou Serra e pode vencer

Trecho de uma entrevista do diretor do Instituto Vox Populi ao twitter do jornalista de O Globo, Ricardo Noblat:

Coimbra – Ela empatou com Serra e tem um espaço de crescimento aberto à frente junto ao eleitorado que está disposto a votar na candidata do Lula.


Noblat – Isso é suficiente para que Dilma se eleja? Serra não tem espaço para crescer?

Coimbra – Serra é conhecido por 80% da população. Tem menos espaço para crescer. Dilma tem crescido tirando intenções de voto dele.


Noblat – A essa altura, quantos porcento das intenções de voto de Dilma resultam de transferência feita por Lula?

Coimbra – Dilma é a candidata dele, de continuidade do que ele representa. Nesse sentido, toda a intenção de voto que tem vem de Lula e do governo.


Noblat – Dilma corre o risco de o eleitor, a certa altura, concluir que votar nela não significa votar em Lula, não é a mesma coisa?

Coimbra – Claro que não é, e o eleitor sabe disso. Quem pensa em votar nela não acha que Lula vai mandar, mas acha que ela preservará o que ele fez.


Noblat – Pelos seus cálculos, quantos por cento a mais de votos Lula ainda poderá repassar para Dilma?

Coimbra – Há ainda cerca de 40% do eleitorado que conhecem mal ou não conhecem Dilma. Ela pode crescer mais 20 pontos nesse segmento.


Noblat – Fernando Henrique Cardoso tira votos de Serra? Ou freia seu crescimento? Há algum tipo de cálculo a esse respeito?

Coimbra – A imagem de FHC é negativa e a maioria das pessoas acha que o governo dele foi muito pior do que o de Lula. Isso é ruim para Serra.

Retrato de um crime de lesa pátria


"Último prédio da jovem história da Maringá de 63 anos, completados este mês, a antiga estação rodoviária da cidade está sendo depredada pelo prefeito Silvio Barros II (PP). As fotos mostram que o letreiro e as placas de inauguração (de 1962, quando a cidade não era administrada por fantoche) já foram retirados. É o desmanche da memória patrocinado por interesses políticos e econômicos e executado por predadores travestidos de pregadores".
. Do site do Ângelo Rigon

Quem dera!

“Se processos que envolvem politicos fossem julgados prioritariamente reduziríamos os índices de corrupção na atividade pública”.

. Do senador Álvaro Dias em seu twitter

PS: Pois é Senador, se isto acontecesse mesmo Maringá e o nosso Paraná iriam ser eternamente gratos à Justiça

Posição pelo veto prejudica Gleisi


O Ministro Paulo Bernardo defende o veto ao reajuste de 7,7% dos aposentados. O presidente Lula poderá se decidir pela manutenção do índice aprovado pelo Congresso Nacional, mas a posição de Bernardo já foi explicitada publlicamente, o que pode refletir negativamente na campanha de Gleisi ao Senado. Gleisi é mulher do Ministro do Planejamento.

Eis a imagem do estupro da memória de uma cidade


"Para os que perguntam o que será feito no local onde está a velha rodoviária, republico desenho das duas torres que serão construídas ali. Serão 300 lojas e uma biblioteca. Vejam que o arco que marca o velho prédio continuará. A praça em frente ao arco é a Raposo Tavares, que será restaurada".

. Do blog do Edson Lima

PS: é um projeto moderno, sem dúvida, mas o fato de conter um arco parecido com o da rodoviária velha , não apaga o crime de lesa pátria que a destruição de um monumento histórico significará.A praça Raposo Tavares será restaurada? Que bom, mas por que então não restaurar junto o prédio da rodoviária velha? Por que essa compulsão pelo extermínio do passado de Maringá? Mas também, quem não respeitou a canafístula centenária da casa da família do primeiro prefeito haveria de se preocupar com um prédio que leva o nome do segundo prefeito?

Pessutão vai por ir


O presidente Lula pediu a seu chefe de gabinete Gilberto Carvalho para chamar a Brasília o governador do Paraná Orlando Pessuti. Pessutão vai ainda esta semana , mas sem nenhum entusiasmo. Lula pedirá que ele desista da candidatura para o PMDB se compor com Osmar Dias, a esta altura já praticamente acertado com Beto Richa.

Café com leite

Preocupada com as últimas pesquisas que apontam crescimento de Dilma e estagnação de Serra a cúpula do PSDB volta suas baterias para Aécio Neves. O partido quer formar chapa pura com o neto de Tancredo na vice de Serra. Aécio não quer ser vice mas já admite ir para o sacrifício,formando uma dupla café-com-leite do barulho.

24 de maio de 2010

Acordo deixa tucanos em alerta

A bancada federal do PSDB/PR está preocupada com a aliança Beto-PP. A preocupação é com os fichas sujas do Partido Progressista, que podem contaminar a campanha tucana no Estado, inclusive com a ressurreição de José Janene. Quem lidera a reação é o deputado Gustavo Fruet, pré-candidato ao Senado, e em via de ser "fritado" pelo candidato a governador, que prefere o tempo de TV que lhe é oferecido por Ricardo Barros a Gustavo Fruwt.
A preocupação vem a propósito da campanha ferrenha que setores organizados da sociedade brasileira farão este ano contra os políticos que já tem condenação, por colegiado de juízes. O que assusta o sempre muito correto Fruet é o dito popular "diz-me com quem andas que te direi quem és"

Altas negociações

Informa Fábio Campana em seu blog que "o senador Osmar Dias liberou a segunda vaga para o Senado na chapa do tucano Beto Richa para Ricardo Barros, do PP. Ele informou essa decisão hoje pela manhã para os seus aliados, inclusive ao deputado Fernando Giacobbo, do PR. Comunicou também que o entendimento com o PSDB está fechado e há expectativa da vice para o PDT, provavelmente para Augustinho Zucchi, e cinco secretarias no futuro governo, entre elas uma para o PSC e outra para o PR".

Meu comentário: será que Ricardo vai mesmo se aventurar a ficar sem mandado nos próximos quatro anos? Pode se eleger senador,mas será extremamente difícil, pois Osmar será candidato, Requião Idem e Gleisi também. Barros pode até negociar uma secretaria no governo Beto, mas imunidade eu duvido que consiga uma.

Professora Ana Lúcia Rodrigues escreve:

"A falta de respeito com as edificações explicita o desrespeito à memória e à história de cada cidadão maringaense. Todos têm, ao menos, um momento de sua vida associado à velha e querida rodoviária. Foi ali que chegamos e foi dali que partiu alguém que nunca mais veremos. A abandonada rodoviária é a testemunha de muitas das nossas lágrimas solitárias de adeus; foi lá que nossas mães e pais ou nossos avôs e avós começaram a namorar; foi ali que, dizem, o Che Guevara esteve por 15 minutos. Foi ali ... foi ali.... foi ali muito de nossa vida privada e, principalmente, da vida pública desse povo de Maringá. Mas, estamos sendo muito pouco incisivos quando dizemos que "a rodoviária será demolida". Precisamos dizer assim: O prefeito Sílvio Barros está demolindo a rodoviária! Vamos colocar o sujeito que é o protagonista dessa ação, sob pena de parecer que as coisas acontecem do nada. E, principalmente essa ação se associa a causas pouco nobres e nada republicanas".

. A professora Ana Lúcia Rodrigues é coordenadora do Observatório das Metrópoles, da UEM

Maio 25, 2010 4:42 AM

23 de maio de 2010

Eles "marinaram"

Nasce na Bahia um movimento espontâneo de artistas pró-Marina. É encabeçado pelo trio Caetano Veloso, Gilberto Gil e Maria Bethânia. Depois de "lular" em 2002, ficarem meio de fora em 2006 agora os ex-doces bárbaros decidiram “marinar”.
Disse mano Caetano: “Marina é novidade com beleza. É disso que artistas gostam. Não dá para ver uma mulher tão elegante, coerente, sincera e honesta e não querer dar-lhe o cargo mais alto”.

Só a ironia pode nos salvar


Na capa do jornal Hoje: “Ricardo diz que Ficha Limpa é uma vitória da população”.

. Lendo isso me ocorreu de sugerir a algum promoter da cidade, a criação de um troféu bem interessante.

Isto é uma vergooooooonha!!!

A corrupção será tema de um debate dia 17 de junho no auditório do Bloco I-12 da UEM. Palestrantes:

- prof. Dr. José Antônio Martins – Chefe do Dpto. De Filosofia da UEM

- Tadeu Veneri – Deputado Estadual do PT- Paraná

Esta será sem dúvida uma boa oportunidade para se discutir a participação dos fichas sujas na próxima eleição e principalmente a malandragem gramatical do senador Dorneles (PP-Rio de Janeiro) no projeto Ficha Limpa, quando a matéria chegou ao Senado. Dorneles tirou do projeto de lei a expressão "tenham sido" para "os que forem". Quer dizer, não haverá punição para os que tenham sido condenados mas apenas para os que forem de hora em diante. Uma vergooooooonha!!!

22 de maio de 2010

Não falta de um ganso...



Que não se acuse Dunga de deixar o craque Ganso de fora da seleção por birra. Tanto a acusação seria injusta, que na falta de um, hoje tinham váriops gansos passeando pelo CT do Atletico Paranaense, onde a nossa "seleção armandinho" treina antes de voar para a terra de Mandela.

Que a Hisória julgue a todos

Reformaram o prédio da Clínica do Dr. Valdir Coutinho; a ferroviária já tinha dançado na gestão Ricardo Barros (1989/1992); o prédio da Cia Melhoramentos foi reformado (restauração é outra coisa) e está descaracterizado; o Bandeirantes Hotel se sustenta em cima de um tombamento que, pelo que fiquei sabendo, querem revogar (se isso for possível) para outro grande empreendimento imobiliário. Maringá é uma cidade sem memória, dirigida por administradores absolutamente descompromissados com o seu passado. E se são descompromissados com o passado, também não têm compromisso com o presente e muito menos com o futuro. A observação feita pelo Rigon, sobre os imóveis alugados em que a família Barros mora é um detalhe prosaico mas se pensarmos bem, tem um grande significado.

Derrubada a rodoviária velha, que monumento histórico nos restará? Será que os setores organizados da cidade, pelo menos os ligados à cultura, não vão se levantar contra isso? Até quando vão tratar Maringá como uma propriedade particular, como uma cidade voltada apenas para a especulação imobiliária e para os valores de mercado?

Tive ao longo da vida sérias restrições à maneira do Dr. João Paulino administrar Maringá, talvez pelo seu jeito mandão, truculento às vezes (caso da destruição da Favela Cleópatra), mas hoje reconheço que ele foi muito importante para estruturação da cidade. Lembro, a propósito, que foi João Paulino que recompôs aquela pracinha em forma de triângulo existente alí ao lado do Mc Donald. O prefeito Silvio Barros I destruiu a praça para fazer o prédio da Câmara Municipal. Quando JP assumiu a prefeitura em seu segundo mandato , sucedendo Silvio em 1977, sua primeira providencia foi demolir a obra em andamento e recompor a praça. O Dr. Adriano, recentemente falecido, tinha uma sensibilidade e uma visão de futuro muito grande. Fez o Parque do Ingá, sem admitir que ao calçar as ruas internas com as pedras irregulares retiradas do centro da cidade, se cortasse uma árvore se quer lá dentro do bosque, exceto aquelas que seriam encobertas pelo lago.
Vendo o prédio da rodoviária velha ser depenado pela equipe do secretário Vagner Mússio, pensei nessas coisas. Lembrei com saudade do Dr. Adriano e do Dr. João Paulino Vieira Filho, que tinham compromissos verdadeiros com a cidade, como há de se reconhecer que tinham também Said Ferreira, José Cláudio e João Ivo. E mais lá atrás, tinham compromisso com Maringá o seu primeiro prefeito Inocente Vilanova Júnior, o segundo, Américo Dias Ferraz e o quarto, Luiz Moreira de Carvalho.

Um dia os exterminadores do passado e do futuro terão um julgamento justo da História. Ah se terão!

Rigon,sobre a demolição da rodoviária

"Messias, a ONG que presido, o Instituto Memória Paraná, já realizou protestos nos aniversários da interdição, coletou assinaturas para o tombamento e assinou pedido semelhante junto ao MP. É quase impossível manter uma ONG voltada para a preservação da história da cidade numa administração em que o prefeito, ajudado pela plutocracia, não tem nenhum vínculo com a cidade que dirige. Já escrevi isso em meu blog: pode parecer bobagem, mas o fato de o prefeito, o irmão mais velho, morar em casa alugada até hoje (de resto, toda a família Barros) mostra o grau de vinculação que ele tem com Maringá".

PS: Rigon, talvez você tenha alguma informação sobre a situação jurídica do prédio, não a econômica, de indenização dos condôminos. será que não tem nada subjudice que trave a demolição extemporânea, irresponsável e criminosa?

21 de maio de 2010

Vai dar pagode?


PT e PMDB estão próximos de um acordo no Paraná. Essa aliança pode dar pagode e turbinar a candidatura do Pessutão.Volto a dizer que se o PT conseguir colocar o Vanhoni como vice, Beto Richa fatalmente perderá algumas horas de sono. Isto porque Vanhoni tem uma inserção muito forte no eleitorado da capital, onde Beto reina absoluto até que não apareça alguém para dividir o pirulito. No interior do Estado, Pessuti tem grandes chances, ainda mais com Osmar fora da parada. E dá-lhe Pagode em Brasília!

Do JC Cecílio sobre a demolição da rodoviária velha

Meu caro Messias,

Eu tenho muita vergonha de saber destes fatos na cidade natal que tanto cultuo.

Cidade Anti-Cidade, a CANÇÃO mais se parece com a Marcha fúnebre!

Lamentável!

Coragem de Nashônaru Kiddo


O tratamento que o presidente da Câmara Municipal de Maringá, Mário Hossokawa deu ontem, durante a sessão dos vereadores, ao desaforado, inoportuno e imprório “repúdio” que o Presidente do Conselho Municipal de Planejamento e Gestão Territorial, Guatassara Boeira enviou ao Legislativo para rebater as críticas dos vereadores à atuação do órgão, na análise de projetos de transformação de ruas residenciais em comerciais, que via de regra são de pareceres contrários, foi de lavar a alma. Deu gosto de ser maringaense. Em alto e bom som, Hossokawa mandou o líder do prefeito devolver o repúdio – prontamente apoioado pela vereadora Marly, que disse que aporia sua assinatura na atitude. Postura assim, que dá grandeza, notoriedade, destaque e independência ao Poder Legislativo, deveria ser seguida por outros vereadores, a exemplo do que já fazem, a prória Marly, Humberto Henrique, Mário Verri, Flávio Vicente e Dr Manoel Sobrinho.

. Do blog do Lauro Barbosa

PS: Taí, gostei da posição do presidente da Câmara . Tomara que ele continue assim, se encha de brio e resolva peitar os exterminadores do passado que querem jogar a rodoviária velha na chon. Ou será que o Mário acha de pouca importância preservar a história da cidade, como entende seu desafeto Guatassara?

Álvaro sempre soube que Osmar Soube


Essas palavras são do senador Osmar Dias publicadas numa coluna de influência Nacional, no portal IG: "Sempre disse que só disputaria o governo numa ampla aliança com o PT e o PMDB. Eles é que não se acertaram. Eu estou onde sempre estive. Aliás, admiro muito o meu irmão, Álvaro, ter dito a vocês que não sabe para onde vou… Eu sempre soube, e ele sempre soube que eu soube".

Pois é Arnaldo, pois é Míriam!

Informa Rodrigo Viana em seu blog, que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama pediu em carta que Lula fosse ao Irã tentar negociar um acordo de não proliferação de armas nucleares com Mahmoud Ahmadinejad . E quem faz a revelação, inclusive publicando trechos da carta são jornais de peso no Ocidente, como Le Monde, o New York Times e Financial Times.Aqui no Brasil o acordo foi ridicularizado por cães amestrados da mídia colonizada. Foi de dar náusea o comentário de Arnaldo Jabor sobre o assunto. O da Míriam Porcão, então, nem se fala.
Os jornalões americanos e europeus citados, apontam que com o acordo "o Brasil conquistou a maioridade diplomática".

Jornalões brasileiros chegaram ao orgasmo quando Hillary Clintton atacou Brasil e Turquia.Podem até dizer que Lula deu um tiro no pé, mas ninguém pode ignorar que o chanceler Celso Amorim é o cara.

Do Akino Maringá no site do Rigon

"Você contribuinte maringaense tem este dinheiro. Vai deixá-lo ser aplicado numa obra de que tem todo o jeito de superfaturamento e de utilidade duvidosa? Quem se habilita a seguir o exemplo do Zitão e entrar com uma ação popular? Qual advogado topa patrociná-la? No futuro esta ação pode render um bom dinheiro em honorários".

PS: Bem, imagino que ele esteja falando da obra do Novo Centro, cujo edital de licitação tinha o valor máximo de R$ 45 milhões, mas a CR Almeida venceu a concorrência com uma proposta de R$ 43,8 milhões . O contrato assinado na época, há seis anos atrás, previa a conclusão de todo o projeto em 40 meses. Em janeiro de 2008 já era pra estar tudo pronto - o rebaixamento, a supervia (Av. Horácio Racanello Filho) da Tuiuti a Av. Arlindo Planas. Já estamos em maio de 2010 e nada. O que se vê agora é notícia de aditivos, de elevação do custo da obra dos R$ 43,8 milhões iniciais para mais de R$ 112 milhões. Um escárnio, caso mesmo para investigação do TCU, da CGU e da Polícia Federal

Sem dó nem piedade. E sem constrangimento


O que é pior, a sanha destruidora da "administração cidadã", exterminadora do passado e do futuro de Maringá, ou a omissão criminosa da sociedade organizada, principalmente da Câmara de vereadores e da mídia? Sinceramente nao sei. O que sei é que a Prefeitura começou hoje a executar a destruição de um dos únicos patrimônios históricos que a arquitetura legou a nossa cidade. A rodoviária velha, que nenhum vereador teve a coragem de pelo menos tentar tombar e que nenhuma entidade preservacionista se dignou a defender, vai mesmo para o chão. Qualquer dia desses ela anoitece e não amaqnhece, sendo demolida provavelmente na calada da noite, exatamente para não provocar reações.
Sugiro aos defensores do extermínio de uma pequena parte da nossa história, que visite Feira de Santana, na Bahia, e veja a maravilha do Mercado Modelo, .
instalado numa obra do século 19; ou que aprendam com exemplos bem próximos de nós, como a rodoviária e a ferroviária de Londrina, preservadas por gestores sensíveis ao valos histórico dos dois prédio. Ou ainda: que observem bem o Shopping estação de Curitiba, que ao invés de demolir a estação ferroviária, fez uma adeptação interessante, preservando até um exemplar da Maria Fumaça que por lá passou durante décadas a fio.
Maringá é uma cidade jovem, mas a sua rodoviária tem história, como tinha história o prédio de ferroviária, demolida na gestãi, sabe de quem? Sim, do prefeito Ricardo Barros, irmão de Silvio, que agora quer colocar a rodoviária na chon. Não há sensibilidade e compreensão da importância de se combinar o passado e o presente. Isso porque o prefeito é ligado ao turismo, diz-se um amante do meio ambiente, etc e tal. Mas quem tem esse tipo de formação, não poderia ver a cidade que administra apenas com o olhar do mercado imobiliário. O conceito do moderno alí é totalmenrte distorcido. E por isso, comete crimes de lesa pátria como esse, sem o menor constrangimento.

Vc tá certo,Milton!

Milton Ravagnani me passa uma descompostura a propósito de nota que dei aqui sobre uma pretensa militância do PMDB. Disse-me o editor chefe do O Diário:
"Militância do PMDB? Você só pode estar de sacanagem, né Mané?
O PMDB não tem militância. Tem ocupantes de cargos".

Foi uma avaliação equivocada, sem dúvida, porque levei em conta o trabalho formiguinha de peemedebistas de passado recente, principalmente nas duas últimas campanhas de Requião.
Como discordar que o PMDB não é uma organização política, mas uma chave para abrir a porta do Poder Público para empregar os filiados?.
O Milton observa que "ir para a rua pedir voto, como faz o PT dá trabalho". Mas eu discordo dele com relação à militância do PT, que já foi pra rua com determinação defender os ideais do partido, mas isso faz parte do passado.
De qualquer forma, vou ficar mais atento e precavido contra a tentação de falar em militância partidária, quando a gente sabe que não existe mais militância, pelo menos aquela que se move por ideologia, movida mais pelo sonho do que pela necessidade de pensar no bolso.

Um cenário de três estações


As últimas dos bastidores da política paranaense: Requião, preocupado com a possível ida de Osmar para o Senado estaria tentando levar o PMDB para o colo do PT (nacionalmente já está) e continuar insistindo na tese de ter Gleisi Hoffmann como vice de Pessuti. Faz sentido: Osmar e Gleisi na parada dificultam a eleição do ex-governador , apesar do Paraná renovar duas cadeiras na Câmara Alta.
A proposta é de garantir um bom palanque para Dilma no estado, mas no fundo Requião quer é se garantir, se possível com uma votação superior a de quem se eleger para a outra vaga. O jogo está ficando cada vez mais interessante e as nuvens desse outuno com cara de inverno estão ainda mais parecidas com nuvens de verão.

O PR, foco das preocupações de Lula


Dilma está bem em quase todos os Estados e no geral passa Serra segundo o Vox Populi.No Paraná o Tucano abre 44% contra 32% da candidata de Lula. Isso explica poque o presidente está de cara feia para com o Diretório Estadual do PT e andou passando carraspana corretiva no ministro Paulo Bernardo e no deputado André Vargas, que mais afastaram do que aproximaram Osmar Dias da aliança sonhada por Lula.
O quadro caminha para ficar ainda pior, porque um tucano de bico grande me disse que a aliança PDT/PSDB está praticamente fechada, com Osmar indo para o Senado e tendo o direito de indicar o vice de Beto Richa.
Não é preciso nem dizer que se não mudarem o andar da carruagem, Serra terá um baita palanque no Estado e Dilma, um palanquinho de banhado. É aí que pode estar residindo o perigo para a chapa Dilma/Temmer. É pra temer mesmo!

19 de maio de 2010

Calma, Beto!


Osmar Dias deverá fazer suspense até a última hora. As convenções partidárias para definição dos candidatos terão que ser realizadas até 30 de junho. Osmar vai levar o suspense se será ou não candidato a governador até a última hora. Mesmo recebendo pressão de todos os lados, ele avisa que não nasceu de sete meses. E com isso, vai aumentando o risco de infarto na política nativa.

Só lembrar que em 2006 Osmar Dias ficou esperando, esperando, esperando e perdeu a eleição para Requião por pouco mais de 10 mil votos.

Cadê o pau?


Um funcionário, não identificado por razões óbvias , acusou o governo Serra de negligência no caso do incêndio que destruiu as cobras do Butantan. Mataram a cobra e a mídia amiga escondeu o pau.

O pai da matéria



O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso lançou segunda-feira uma exposição do Real. Claro, ele é o pai, a mãe e o avô do Plano, cujo responsável maior chama-se Itamar Franco. Mas é coisa de tucano. Lembram-se? Os genéricos, lançados por Jamil Hadadd é capitalizado por Serra; os remédios contra AIDS, de Adib Jatene, também foram obra do Serra e o Real, implantado pelo presidente Itamar Franco, e pilotado em sua fase crucial por Ciro Gomes, foi assumido por FHC, como se fosse ele pai da matéria.

O xadrez da sucessão


Eleição se dicide nas urnas.Mas não só. Uma vitória eleitoral começa a ser construída no período pré-convenção, quando as amarrações acontecem. Vejam o caso do Paraná: se essas amarrações construírem um cenário de três candidatos fortes, terá segundo turno. Se Osmar Dias sair da disputa, a parada se decide já no primeiro, com vitória quase certa de Beto Richa. No caso federal, Dilma Rousseff deu um passo gigantesco em direção à vitória, trazendo para o seu lado o PMDB, gostemos ou não, o maior partido do país. Não importa se o vice será Michel Temmer. Poderia ser o Pedro, o Paulo,o Antônio, o Crispim. Importa saber que o PMDB é o único partido político que tem diretórios em todos os municípios e que se sua militância realmente se engajar na campanha, ainda mais somada com a militância do PT, aí não tem pra ninguém. Some-se a isso, o fato de que é do PMDB o maior tempo individual de televisão. E com a competência que a gente sabe que os marqueteiros têm, dá pra imaginar que show não vão dar no horário eleitoral tido como gratuito. Só tido.
Depois de fechada esta aliança PT/PMDB, José Serra vai certamente perder mais alguns fios de cabelo, e o presidente do PSDB , senador Sergio Guerra, terá que colocar um pouco mais de vida naquele seu olhar de peixe morto.
Eleição é mesmo um jogo de xadrez e nesse jogo, Dilma já deixa Serra quase em xeque.

18 de maio de 2010

A esperança é a última que morre


Gleisi Hoffmann foi prestigiar um jantar oferecido ao senador Osmar Dias no famoso Restaurante Madalosso, em Curitiba. A presença dela reabriu a possibilidade do acordo PDT/PT para a disputa do governo do Estado. Bom para a disputa, pésismo para Beto Richa, que vive dias de pop star. Este acordo garantiria um bom palanque para Dilma no Estado. Não é o desejo da base, mas a cúpula do PT não desistiu da negociação, que pode significar um jogo bem disputado, inclusive com prorrogação.

Se Osmar desistir, babau!

Resultado da pesquisa Vox Populi para o governo do Paraná:Beto Richa (PSDB) – 40%

Osmar Dias (PDT) – 33%

Orlando Pessuti (PMDB) – 10%

Rubens Bueno (PPS) – 3%

Luiz Felipe Bergmann (PSOL) – 1%

Paulo Salamuni (PV) – 1%

Brancos e nulos – 2%

Não souberam responder – 10%

A leitura a ser feita dessa pesquisa é que se Beto Richa convencer mesmo Osmar a tentar renovar seu mandato para o Senado, ganhando ainda o direito de indicar o vice, a fatura estará liquidada, não haverá segundo turno no Estado. Uma lástima.

Tucanês

Uma obra originariamente orçada em R$ 45 milhões e contratada por R$ 43,8 milhões , ápós concorência pública que teve a participação de 9 gigantes da construção civil , vai chegar ao seu final custando R$ 112 milhões, quase tres vezes mais. Mas não dá nada não, é Maringá se preparando para o futuro, com o metrô de superfície,segundo o prefeito Silvio Barros II. Como diria o Macaco Simão: tucanaram a palavra superfaturamento.

UEM, ano 40

Já contei aqui a história da assinatura do decreto de criação da UEM no capô do carro do prefeito de Maringá,Adriano Valente. Mas antes desse acontecimento, o governador Paulo Pimentel anulou, após pressão de lideranças políticas da região, um protocolo de intenções firmado entre seu antecessor Ney Braga e os prefeitos Luiz de Carvalho, de Maringá e Milton Menezes, de Londrinaa , que definia a criação da Universidade Estadual do Norte do Paraná. Essa instituição teria sede em Londrina e inviabilizaria a criação de uma universidade em Maringá. Surpreso ao descobrir a existência de tal protocolo e inconformado ao perceber que ficaria difícil a criação da UEM, Adriano foi a luta e liderou a pressão política pra cima de Paulo Pimentel.
Mas, por sugestão do seu assessor José Manoel Ribeiro, que viria ser diretor da Codemar, Adriano Valente aconselhou o governador a criar três universidades no interior e assim se ver livre da quase obrigatoriedade de tirar do papel a Universidade Estadual do Norte do Paraná.Pimentel gostou da saída e decidiu então, criar a UEM, a UEL e a Universidade de Cascavel. O decreto de criação da UEM teve alguns problemas, o governador ainda resistiu, "esquecendo" de promulgá-lo,mas depois acabou tudo bem.
"Dr. Adriano era um homem de visão, um semeador de idéias e implementador de grandes projetos", disse-me anteontem enquanto tomávamos um expresso no Café Cremoso, o emprésário do setor imobiliário José Manoel Ribeiro.

17 de maio de 2010

Requião sobre acordo com Irã

"Que bela traulitada nosso presidente deu nos falcões norte americanos.Sem preconceitos partidários,festejem brasileiros !! "

Osmar fora da disputa? Beto se prepara pra dar milho pra bode


O senador Osmar Dias está com um pé e um braço no ninho tucano. Manda dizer que o acordo com o PSDB está quase fechado, com Beto governador e ele Osmar, candidato ao Senado e ainda com direito a indicar o vice.
Esse quadro é ruim para o processo eleitoral, porque Beto Richa já sai para a disputa praticamente eleito. E mais:o palanque do Serra fica gigantesco e Dilma terá dificuldades intransponíveis no Paraná, podendo perder aqui, exatamente aqui, a eleição pesidencial.
Restará ao PT abraçar a candidatura Pessuti e juntos, encontrarem um vice que possa fazer frente ao ex-prefeito da capital na Região Metropolitana de Curitiba. Quem seria este nome? Gleisi? Mesmo com Osmar na parada ela não desistiria do Senado.Quem, quem? Talvez Ângelo Vanhoni, que por pouco, muito pouco, não ganha de Cássio Tanigushi em 2000.
Se o quadro for esse, sem Osmar na disputa para o Palácio das Araucárias, vamos tem uma eleição xôxa e muito chata, como a presidencial. Haja saco!

Pelas barbas do profeta!!!

Escreve Akino Maringá, colaborador do site do Rigon:

"Lendo a postagem do Rigon sobre o adivo de mais R$ 48.867.262,18 para as obras do Novo Centro, não acreditei. Fui ao DOU e encontrei a seguinte publicação, que transcrevemos em resumo. (edição de 17/5/10)
Extrato de termo aditivo - Unidade Gestora – Dnit – Ente federado beneficiado: Prefeitura Municipal de Maringá, representada pelo seu Prefeito Silvio (…) Finalidade: alterar o valor total do termo vigente (…) acrescentando a parcela de R$ 48.867.262,12, alterando o valor de R$ 63.630.830,41, para R$ 112.498.092,59, sendo R$ 89.998.474,07 do DNIT e R$ 22.499.618,52 contrapartida da Prefeitura de Maringá. Fundamento Legal: Lei 8666/93, art. 65 , Ar. 3º a 7º da Lei 11.758/07, bem como decretos correlatos. Eficácia: a partir da data da publicação. Data da assinatura; 12/05/2010.
Nosso comentário: É inacreditável. Se não estamos enganados o valor desta obra era, no final da gestão José Cláudio/ João Ivo, R$ 44 milhões. Em 8 anos o valor quase triplicou. O TCU e a CGU apontam indícios de superfaturamento e logo em seguida assina-se um aditivo no valor acima. Este pessoal, definitivamente perdeu o senso de responsabilidade. Gostaria de ver matérias sobre o caso n´ O Diário, na RPC, e em todos os órgãos. Por favor entrevistem o prefeito, o deputado Ricardo Barros, chamem o Fantástico. Socoroooo, como diria Umberto Becker".

PS: Estou perplexo com essas informações, Akino. O contrato original, firmado com a CR Almeida em 2004 era de R$ 43,8 milhões para a execução de todo o projeto de rebaixamento da linha, com a constriução de 7 viadutos e mais a super-via, que acabou recebendo o nome de Avenida Horácio Racanello Filho.O prazo para conclusão da obra: 40 meses. O projeto do Novo Centro estaria concluído em janeiro de 2008. Isso constava inclusive de uma placa do governo federal colocada na passagem de nível da Av. 19 de Dezembro e que foi retirada.
Se a obra deve passar dos R$ 100 milhões, aí já é caso para a Polícia Federal.

16 de maio de 2010

O frio é relativo

25ºC
Pernambucanos ligam o ar quente do carro
Cariocas vão à praia mas não ousam molhar os pés
Mineiros comem um feijão tropeiro e tomam garapa
Curitibanos limpam o jardim

20ºC
Pernambucanos tremem incontrolavelmente de frio
Cariocas vestem um moletom e vão pro calçadão
Mineiros bebem pinga perto do fogão a lenha
Curitibanos de bermuda e camiseta tomam sol no parque

15ºC
Carros pernambucanos não ligam mais por causa do frio
Cariocas se reunem para comer fondue de queijo e beber vinho gaúcho
Mineiros continuam bebendo pinga mais pertos do fogão a lenha
Curitibanos dirigem com os vidros abaixados curtindo a brisa

10ºC
Decretado estado de calamidade pública em Pernambuco, dezenas morrem de
frio
Cariocas usam sobretudo, cuecas de lã, luvas e toucas
Mineiros continuam bebendo pinga e c olocam mais lenha no fogão
Curitibanos botam uma camisa de manga comprida

5ºC
Pernambuco entra num clima de armagedon, sente-se como frango congelado
no freezer
César Maia lança a candidatura do Rio para as olimpíadas de inverno e
pensa construir pista de esqui
Mineiros continuam bebendo pinga e quentão sentados em cima do fogão de
lenha
Curitibanos fecham as janelas de casa.

0ºC
Começa uma nova era Glacial em Pernambuco
No Rio, César Maia veste 7 casacos e 2 milhões de cariocas se reúnem na
praia de Copacabana na festa do "Rio on the Rocks"
Mineiros entram em coma alcoólico e fedem a bife queimado em cima do
fogão à lenha
Curitibanos fazem o último churrasco no bosque do parque, antes que
comece a esfriar

-10ºC
Pernambucanos, Mineiros e Cariocas viram comida congelada
Curitibanos começam a dizer: "Cara o tempo ficou brusco de repente.... tá
muito frio, acho que vou tomar um leite quente....

. Colaboração da professora Ivana Veraldo

15 de maio de 2010

O mau exemplo que vem de cima

"Você conhece político que trabalha?", pergunta em off uma voz feminina
A mesma voz ordena: "Fala deputado!".
Aí entra o deputado Chico da Princesa (PR), o político que trabalha, com um discurso sovado, recheado de frases feitas e exalando demagogia pelos quatro cantos da telinha.
O espaço do TRE na televisão está servindo não para a propaganda institucional dos partidos mas para a propaganta fora de época dos candidatos. Aliás,os 10 minutos no horário nobre ocupados quinta-feira passada pelo PT foi uma antecipação clara e deslavada da propaganda eleitoral da candidata Dilma Rousseff, que pelo que prevê a lei, só será permitida a partir de agosto. O que tem de partido e pré-candidato agredindo a legislação é uma grandeza. O péssimo exemplo está vendo de cima, exatamente de onde menos se poderia esperar que viesse, do presidente da república.

Com as provas à mão


A assessoria do vereador Humberto Henrique envia nota informando que ele recebeu essa semana documentos que comprovariam irregularidades na compra do kit escolar entregue neste ano aos alunos da rede municipal de ensino. Após fiscalização do vereador, cadernos adquiridos por R$ 1,28, custariam R$ 1,13. A diferença total passaria de R$ 13 mil, mas ainda pode aumentar. A prefeitura se defende afirmando que a comissão de análise de amostras, apesar de reconhecer a diferença na qualidade da capa do caderno entre o previsto no edital e o apresentado pela empresa, aprovou todos os itens do kit. Para sanar as responsabilidades sobre o caso, o vereador informa que encaminhará a denúncia ao Ministério Público.

. Do blog do Lauro Barbosa

Presidenciáveis


Todos esses aí estarão na disputa para presidente. Mas a mídia só terá olhos para dois, no máximo três: Dilma, Serra e Marina Silva.

Preconceito em estado bruto

"O QUE LULA REALMENTE MERECIA ERA UM SEGUNDO TORNO".

Frase de pára-choque de caminhão que expressa o grande preconceito que o brasileiro tem com relação a Lula. A questão política nem está em jogo neste caso, o trágico disso tudo é que o preconceito, gerado nas elites, acaba sendo reproduzido, vejam o absurdo, justamente por um trabalhador, invariavelmente vítima desse mesmo preconceito.

Livre pensar

"Primeiro a consciência,depois o nosso pais,então o partido. Partido deve ser ferramenta de evolução ,não de estagnação. Vamos à luta PMDB".

. Requião, em seu twitter

Meu comentário: penso assim também, mas tenho dúvidas se o ex-governador pratica o que teoriza.

Notícia bomba

Teve efeito de alguns megatons a notícia dada numa reunião de ruralistas no recinto da Expoingá ontem à tarde em que estiveram presentes o presidente da Sociedade Rural Brasileira e o explosivo deputado Lupion. É o seguinte: o governo federal estaria prestes a declarar o Paraná área livre de febre aftosa sem vacinação.
Significaria dizer que os pecuaristas não seriam mais obrigados a vacinar seu gado, mas em compensação o mercado da carne fica sob forte suspeita pelos compradores externos. Ou seja, num momento em que já tem muito boi passando do ponto de ser abatido nos pastos do Estado, a lei da oferta e da procura no mercado interno joga os preços lá pra baixo. E a carne do boi abatido aqui terá que ficar por aqui mesmo, ainda assim, correndo o risco de notícias atravessadas sobre possíveis contaminações do rebanho por febre aftosa,fazer a carne empacar também nos nossos açougues.

Os pecuaristas paranaenses, liderados principalmente pelos neloristas (o Nelore é 80% do gado de corte que entra no Paraná) estão em polvorosa. Semana que vêm estarão em caravana no Ministério da Agricultura, respaldados pela bancada ruralista no Congresso Nacional, Lupion e a senadora Kátia Abreu à frente.
Este é o Brasil das contradições, onde o paradoxo sobrevoa também os currais. Aqui o sem terra tem que matar um leão por dia pra sobreviver mas o pecuarista precisa pegar um touro a unha a cada manhã.

Êta país complicado, sô!

Os rotos vão defenestrar os esfarrapados

"O grupo suprapartidário de políticos maringaenses que apoia a pré-candidatura de Beto Richa ao governo do estado reuniu-se ontem com um dos representantes do ex-prefeito de Curitiba, que estava na região. Willy Taguchi, do PPS, acabou sugerindo que nesta campanha o PSDB adotasse a mesma estratégia de seu partido e não lançasse candidatos ficha suja. A sugestão até foi bem aceita.

Engraçado que, logo depois, a mulher o representante de Richa recebeu um presente do grupo maringaense. O presente foi entregue pela secretária municipal de Educação, Márcia Socreppa, ex-vereadora tucana e rival sem igual na disputa política dos fichas sujas. Além das condenações que teve e das ações que responde como ex-legisladora, ela comanda a secretaria que mais gera denúncias de corrupção na máquina administrativa de Silvio Barros II, que já cansou de falar nos bastidores que a não demite porque o cargo é do seu irmão mais novo, Ricardo Barros, outro ficha suja que tem moral no esquema de Beto Richa".


Meu comentário: o projeto ficha limpa, oriundo de uma proposta de emenda popular que reuniu quase dois milhões de assinaturas, deve virar lei ainda este ano. Mas será que pega? O exemplo aí de cima, mostrado pelo novo candango Ângelo Rigon, sinaliza que na teoria a prática será outra. Eu estou otimista, mas com relação a existência de um instrumento que, pelo menos, vai estimular o debate sobre a corrupção no espectro partidário. Nada além disso. Afinal, estamos num país de rotos e em momento propício para os rotos buscarem votos defenestrando os esfarrapados.

Grande valor histórico, mas pode acabar no chão


Não é o ângulo reto que me atrai, nem a linha reta, dura, inflexível, criada pelo homem. O que me atrai é a curva livre e sensual, a curva que encontro nas montanhas do meu país, no curso sinuoso dos seus rios, nas ondas do mar, no corpo da mulher preferida. De curvas é feito todo o universo, o universo curvo de Einstein.

. Oscar Niemeyer

Notem que a rodoviária velha de Maringá tem traços estilo Niemeyer, sem contar que possui internamente um vão livre maravilhoso com um mezanino ao fundo. Coisa pra Lúcio Costa Nenhum botar defeito.Mas infelizmente o prédio está com os dias contados. A "administração cidadã", que não tem nenhum apêgo aos monumentos históricos da cidade, pretende colcar tudo aquilo "na chon".Será um crime de lesa pátria.

A seleção de Dunga e os patrocinadores

As surpresas anunciadas pelo técnico da Seleção Brasileira, Dunga, representaram um drible da Adidas na Nike, observa o jornal Brasil Econômico.

Ecplica-se: Dunga resolveu deixar de fora Ronaldinho Gaúcho e Adriano, dois “medalhões” patrocinados pela Nike para levar o lateral Michel Bastos e o atacante Grafite, dois garotos-propaganda da Adidas. O placar tá 11 a 6 a favor da Nike.
Neymar e Ganso ainda não são patrociados,senão poderiam ter sido chamados.

14 de maio de 2010

Comprovado superfaturamento

"Investigação confirma irregularidades na compra do kit escolar
O vereador Humberto Henrique (PT) recebeu ontem (12) documentos que confirmam irregularidades na compra do kit escolar entregue neste ano aos alunos da rede municipal de ensino. Após fiscalização do vereador, cadernos adquiridos por R$ 1,28 deverão custar R$ 1,13. A diferença total passa de R$ 13 mil, mas ainda pode aumentar".

. Da assessoria do vereador Humberto Henrique

13 de maio de 2010



. Pinçado do Blog do Pedrialli

Fim do namoro, porém...


O senador Osmar Dias tomou café da manhã hoje em Brasília com o presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra. Entre uma golada e uma mordida no sanduiche de pão com mortadela, que ela adora, O senador do PDT foi claro: "O acordo com o PT está inviabilizado"
Dutra saiu dizendo que não vai desistir da aliança e continuará tentando costurar o acordo sugerido por Osmar lá no início das conversas.
Tudo leva a crer que o namoro acabou e para os dois, a fila já estaria andando. Porém, em política tudo é possível. Inclusive a vaca tussir.

Sua majestade a vírgula

A valorização da vírgula faz parte de uma campanha da ABI - Associação Brasileira de Imprensa, que completa um século este ano.

Vírgula pode ser uma pausa, ou não.
Não, espere.
Não espere.

Ela pode sumir com seu dinheiro.
R$ 23,4.
R$ 2,34.

Pode criar heróis..
Isso só, ele resolve.
Isso só ele resolve.

Ela pode ser a solução.
Vamos perder, nada foi resolvido.
Vamos perder nada, foi resolvido.

A vírgula muda uma opinião.
Não queremos saber.
Não, queremos saber.

A vírgula pode condenar ou salvar.
Não tenha clemência!
Não, tenha clemência!

Coloque a vírgula nesta frase:

*SE O HOMEM SOUBESSE O VALOR QUE TEM A MULHER ANDARIA DE QUATRO À SUA PROCURA.


. Pincei do blog do Edson Lima

Será que o Dunga viu?

O Santos perdeu o jogo, depois de estar vencendo por 2 a 0, mas foi um jogão de bola esse com o Grêmio em Porto Alegre. Será que o Dunga assistiu? Se assistiu deve ter se convencido de que cometeu uma grande injustiça não levando para a Copa o Paulo Henrique Ganso. O garoto é mesmo fenomenal com a bola nos pés. E com a vantagem de que desarma tão bem quanto um bom volante de contenção.

Deixem titio fora dessa!


O Secretário geral do PMDB nativo, João Arruda, disse ontem na CBN de Curitiba que o seu partido e o PT foram arrogantes com o senador Osmar Dias, que agora caminha em direção à Beto Richa, podendo ser o candidato a senador da possível aliança PDT-PSDB. Mas quando fala do PMDB, Arruda faz questão de frisar "PMDB de Pessuti". Alguém imagina por que ele deixou Requião fora dessa? Elementar meu caro Watson. João Arruda vem a ser filho de uma irmã do ex-governador.

12 de maio de 2010

Última cartada

O PT vai jogar esta semana a última cartada para ter Osmar Dias como seu candidato a governador no Paraná. A ex-presidente do partido Gleisi Hoffmann, diz que a direção nacional petista tentará uma cartada decisiva para evitar que o senador Osmar Dias desista de disputar o governo e se abrace com Beto Richa (PSDB).

"Esta semana o senador deve se reunir com a direção nacional do partido. Queremos fazer esta aliança e ter o PMDB também. Não acreditamos que as conversas estejam encerradas. Sou uma pessoa otimista. Iniciei esta conversa com o senador e ele sempre se mostrou muito disposto. Ele é um nome muito forte, respeitado e tem muitas condições”, diz Gleisi

Fonte: Blog do Fábio Campanna

11 de maio de 2010

Nova pesquisa pode gerar quadro novo

O quadro da sucessão estadual pode ter uma boa clareada amanhã com a divulgação de uma nova pesquisa Vox Populi.Dependendo do resultado, Osmar pode se decidir pela renovação do seu mandato no Senado, em dobradinha com Pessuti ou com Beto, tanto faz.

De Lazarone medíocre e louco, Dunga tem um pouco

Dunga, que foi capitão da seleção medíocre de Lazaroni em 1990, mas ganhou o penta com o futebol burocrático de 94, mesclou os dois estilos na seleção de 2010. Abriu mão do futebol alegre, para garantir um futebol brigador, mas sem criatividade. Deixou Ganso de fora, mas levou Josué; ao invés da habilidade e voluntarismo de um Diego e de um Ronaldinho Gaúcho, preferiu Júlio Batista. Tudo bem, levou Grafite, que prefiro a Adriano, mas nem relacionou Neymar entre os 30. Deixou de fora o extraordinário goleiro do Grêmio, para manter o batedor de roupa Doni. Isso sem falar na nova injustiça que se comete contra Rogério Ceni,pra mim o melhor goleiro brasileiro em atividade, melhor até do que o próprio Júlio Cesar.
De todos os comentários que vi e li após a divulgação da lista, gostei muito do que escreveu e disse Juca Kfouri:

"Tenho, neste momento, inveja dos argentinos e dos espanhóis.

Torcerei para estar errado e o Dunga certo.

Paulo Henrique Ganso de fora é um crime lesa futebol.

Mas o comprometimento (palavra que ele repete mil vezes) de Dunga é o com o seu grupo, não com a torcida brasileira.

Dunga, com a convocação que fez, mostrou que não está preocupado em se casar com o Brasil, mas em ser leal ao seus comandados.

Mas, vai ver, está certo, como revelaram os resultados nas Eliminatórias, na Copa América e na Copa das Confederações".

Silogismo rima com oportunismo...penso, logo não desisto


Ricardo Barros era Lula, lutou pela dobradinha Osmar/PT,porque esperava ver a Gleisi na vice e ele como candidato ao Senado. Não deu certo, porque o PT nativo bateu pé que Gleise vai para o Senado. Osmar não aceitou o acordo , sem a esposa do ministro Paulo Bernardo como sua vice, nada feito. Resultado: a candidatura de Osmar Dias perdeu gás. Ele ainda teima que vai disputar, mas o Baianinho sabe que na hora H o senso prático prevalecerá: Osmar tentará renovar por mais 8 anos o seu mandato de senador. Desnorteado com o desarranjo, Ricardo Barros tenta se reencontrar, sabendo que terá dificuldades extremas de recuar e se decidir por continuar na Câmara Federal. Por isso, jogou o PP no colo de Beto Richa,ante o compromisso de ser ele Ricardo o candidato a senador da chapa tucana. As chances de Barros diminuem muito, mas o ninho tucano estará quentinho neste inverno para receber qualquer oportunista de plantão. A lógica é simples: mais vale um tucano na mão do que duas estrelas voando.

O novo endereço do Calazans

Rogério Calazans, advogado dos bons e provável candidato a deputado estadual pelo PC do B deixou o centro, onde o sufoco para estacionamento é grande e montou seu escritório no bairro Aeroporto, bem pertinho da Justiça do Trabalho. O endereço é Rua Cariovaldo Ferreira, 871. Além de Rogério, atendem no mesmo endereço os advogados Carlos de Oliveria Alencar Júnior , Elizeu de Carvalho, Ariele Steffen e Raphael Camarão Trevisan. O Rafael, que conheci menino, é filho do jornalista Domingos Trevisan e da fotógrafa Noth.

10 de maio de 2010

Elle prepara a volta


“Em três meses, quero a direita indignada e a esquerda perplexa”, disse Collor ao assumir a presidência. O fim da história todo mundo sabe.Mas o Brasil precisa saber que o "Caçador de Marajás" está tentando refazer o caminho de volta à presidência.



Fonte: blog do Josias de Souza

Na lógica da defecação

Lembra-me o Floris do PT que Eça de Queiroz dizia: "Os políticos e as fraldas devem ser mudados frequentemente e pela mesma razão"

Essa razão referida por Eça, não deixa dúvida que a reeleição para o Poder Legislativo deve ter limite.

Sem estribeiras


“Amigo é amigo, filho da puta é filho da puta”. É o ex-governador Requião, soltando fogo pelas ventas com uma pergunta sobre as TVs laranja hoje na Rádio CBN

Assaltantes tentam entrar numa casa e se dão mal. A casa era dos seguranças do governador Pessuti

O Assalto aconteceu agora há pouco, segundo notícia de primeira mão da Rádio Banda B, de Curitiba. Três homens armados invadiram uma residência na Rua Eugênio Mocelin, no bairro de Boa Vista. Os assaltantes foram recebidos a bala pelos seguranças que moram na casa, localizada justamente nos fundos da residência do governador Orlando Pessuti.Um dos dos marginais tombou morto.

Sonho de um sonho...magnetizado




. Blog do Milton Neves

Se os dois não forem, Dunga será vaiado por onde passar

Dunga anuncia amanhã a lista dos jogadores que vão defender o Brasil na Copa do Mundo. O desejo de ver Neymar e Ganso nessa lista não é apenas dos santistas, mas de todo e qualquer brasileiro que gosta de futebol. Os que entendem, então, nem se fala. Mas Dunga é teimoso, vai querer mostrar que quem convoca é ele e pode dar uma de Zagalo, ao estilo "vão ter que me engolir". Mas no caso de uma não convocação dos dois "meninos da vila" Dunga pode esperar vaias por onde passar aqui no Brasil. Se ganhar a Copa, sobrará a frustração do torcedor por não ter visto os dois jovens em ação na África do Sul. Se perder, terá que retardar, e muito, a sua viagem de volta.

Deu no Paçoca com Cebola

"Mais dado do que mulher de zona

O PP do Paraná, presidido pelo itinerante deputado federal Ricardo Barros (PP), está jogando todas as fichas para ter fortes aliados nas eleições. Desde que, é obvio, lhe seja reservada a vaga para concorrer ao senado. Só nesta semana, Barros tomou café com o PSDB, almoçou com o PDT, lanchou com o PT e jantou com o PMDB. E tudo continua na estaca zero. Tem pepista de alto coturno sugerindo até o nome de José Janene (PP) para continuar nas articulações".

O PP e a fábula do escorpião

"O PP deve anunciar nesta semana o apoio formal à candidatura de Beto Richa (PSDB) a governador. Os três deputados federais do partido, Dilceu Sperafico, Nélson Meurer e Ricardo Barros, conversaram na semana passada com o ex-prefeito e estão bem próximos de um acerto. O partido quer ter o direito de indicar Barros como candidato ao Senado e coligação na chapa proporcional com os tucanos".

. De André Gonçalves, na Gazeta do Povo

PS: O PP ganhou o ministério que mais leva dinheiro para estados e municípios, fez de RicardoBarros vice-líder do presidente Lula na Câmara Federal, encheu as burras do clã, com obras que estão sendo realizadas em Maringá, a maioria sob a mira da CGU e do Triunal de Contas da União.Esse PP não vai estar ao lado de Dilma, mas ao lado de Serra, pelo menos no Paraná. Adianta o ministro Paulo Bernardo, por exemplo, encontrar explicação? Bobagem, basta entender a fábula do escorpião.

Tá difícil ser mãe!

Como exercer a condição materna com dignidade quando a cultura que prevalece lhe é contrária? Como ser mãe de filhos usuários de drogas, praticando uma sexualidade irresponsável, violentos no trânsito, consumistas e, até mesmo tentando nos matar? Como ser mãe de filhos que fazem a apologia da liberdade individual, do prazer imediato, do descompromisso com o outro e da apatia? Como ser mãe de uma geração voltada para si mesma, desenraizada, desamparada, sem longo prazo, sem perspectivas e referências sociais? Como ser mãe de uma infância potencializada, que mesmo em idade avançada preserva os privilégios de criança? Como ser mãe de seres narcisistas, que não estabelecem vínculos e que não admitem frustrações? Como ser mãe e conciliar essa função com a realização profissional? Como ser mãe sem deixar de ser mulher? Como ser mãe numa época que transferiu para a escola a maior parte das funções maternas? Tantas perguntas, poucas respostas! Mãe: disponha-se à reflexão sobre sua condição social e não perca a ternura, jamais!
. Ivana Veraldo

O texto da professora Ivana, postado no site do Rigon, é maravilhoso. Chama à reflexão mesmo.

Plénio presente. Que bom!


Leitora do blog me manda um pitaco, que soa também como carraspana corretiva. Agradeço pela informação de que Plínio de Arruda Sampaio será candidato a presidente pelo PSOL e estará no debate da Band, programado para 5 de agosto. Já são dois presidenciáveis a fazer o contraponto, num confronto que seria extremamente chato se fosse apenas entre os dois principais contendores - Dilma e Serra. Sem dúvida nenhuma que a presença de Plínio na disputa qualifica o debate, ainda que ele não tenha chance sequer, de aspirar a condição de terceira via.
Só lembrando que Plínio de Arruda Sampaio foi um dos fundadores do PT e foi ele, junto com Lula, que convenceu o sociólogo Florestan Fernandes a ingressar na política partidária, disputar um mandado e se tornar um dos mais brilhantes deputados constituintes, no final dos anos 80. A Constituição Cidadã tem a marca da sensibilidade social de Florestan e do próprio Plínio, que ainda vendendo saúde, é um dos poucos homens públicos que honram a política no país das maracutaias.

9 de maio de 2010

Primeiro debate

A Band , sempre a Band, abre a rodada de confrontos entre os pesidenciáveis. José Serra (PSDB), Dilma Rousseff (PT) e Marina Silva (PV) vão se enfrentar em 5 de agosto.

O rei e Lady Laura na Sapucaí


Olha só isso: Roberto Carlos será tema do enredo da Beija Flor no desfile das escolas de samba de 2011. A mãe dele, que morreu recentemente, também será homenageada na Sapucaí. A Unidos do Cabuçu espera a autorização do rei para trabalhar o enredo "Lady Laura".

Fonte: Ancelmo Goes

8 de maio de 2010

Ministro de Lula fala como Caiado

Falando para uma platéia de funcionários públicos estaduais e agropecuaristas o ministro da Agricultura, Wagner Rossi, criticou o processo de ocupação de terras pelo MST, deitou falação contra os novos índices de produtividadede fixados pelo governo Lula , por ele representado na abertura da 38a. Expoingá.Enfim, parecia o Ronaldo Caiado discursando.

Tio Sam e a tragédia humana no México


O NAFTA, tratado norte-americano de livre comércio, entrou em vigor em 1992 para durar 15 anos. Em 94 espalhou Maquilas (indústrias de automóveis) pelo México, uma forma da indústria automobilística dos Estados Unidos usar a mão de obra barata do país vizinho. E exatos 16 anos depois, o que se vê nas cidades de fronteira é miséria, crescimento descontrolado do tráfico de drogas e um índice de criminalidade assustador. Claro, a origem disso tudo é o desemprego que as Maquilas produziram, depois de chuparem a laranja e jogar o bagaço fora. Uma tragédia humana é o que se vê na terra de Zapata, produzida pelo apetide voraz do processo produtivo de Tio Sam. Não sem outra razão, os EUA fazem de tudo para inviabilizar o Mercosul, que o presidenciável José Serra também adoraria detonar. Deus salve a América de Bolívar.

7 de maio de 2010

Osmar elogia Pessuti, que elogia Osmar

A troca de elogios entre o senador Osmar Dias e o governador Orlando Pessuti na abertura da Expoingá hoje à tarde foi qualquer coisa.O gancho para a rasgação de sede foi o fim da multa que o Estado vinha pagando ao tesouro por conta da privatização do Banestado. Em dado momento de seu discurso, Osmar deixou escapar que poderá estar com Pessuti na campanha eleitoral. E mais: que gostaria que isso acontecesse. A leitura a ser feita dessa fala é a seguinte: Osmar estaria propenso a se decidir pela renovação do mandato de senador, fazendo uma tabelinha com Requião e juntos, assegurando as duas cadeiras que estarão em disputa. Seria, inclusive, uma forma de vingança do PT, sobretudo um troco em Gleisi , que não quiz ser vice de Osmar. Nesse quadro, Gleisi teria dificuldades extremas de conquistar a vaga para o Senado. Vingança é um prato que se come pelas beradas.

Déficit? Aonde ?

O governo fala em rombo na previdência, caso o presidente Lula seja obrigadi a cnceder reajuste de 1,72% para os aposentados que ganham mais de um salário mínimo. Já deu 6% em janeiro, e a previdência não quebrou. O senador Paulo Paim, um dos ócones da luta pelo resgate do poder aquisitivo de aposentados e pensionista, dedsdenha dos números oficiais:"Não podemos esquecer que só em renúncia fiscal foram mais de R$ 150 bilhões da Seguridade e, mesmo assim, há superávit anual de R$ 50 bilhões em média". Como se vê, a mentira tem pernas curtas.

Enfim, a Câmara cumpre seu papel

A Câmara Municipal não fez mais do que a obrigação rejeitar o projeto absurdo de incorporação de voluntários para trabalhar no serviço público. Era uma idéia maluca e, ao que parece, nada bem intencionada. O vereador Humberto Henrique suspeitou de contratação mascarada, para enfraquecer o servidor público concursado.

Credo em cruz mangalô três vezes!!!

A Grécia custipou, a Europa toda espirrou. Os economistas informam que a Espanha seria a bola da vez, pois com sua dívida monstruosa, espalha pelo planeta globalizado a gripe toureiro-zapatera , com poder destruidor de peste bubônica. É a auto-destruição do capitalismo selvagem? O vatícinio de Lênin mete medo. Ainda mais que depois da marolinha pode vir uma tsuname. Que Deus se apiede de nós.

Fruto de uma polarização maniqueísta




- Agora sem Ciro, nosso alvo é Marina. Nessa disputa do "é nóis ou é eles", não há espaço para terceira via. Se houver, nos unamos contra o risco de uma eventual surpresa. O amor é lindo!