Pular para o conteúdo principal

Mais um dia em que esta respeitável senhora apanhou de cinta

 


Ofensas a governadores , prefeitos e a ministros do STF; defesa de intervenção militar; ataques criminosos à democracia e às barreiras sanitárias que possam impedir o avanço da Covid.  Foi isso e mais um pouco o que se viu nas manifestações de apoiadores de Bolsonaro pelo Brasil a afora nesse 1º. de maio.

Bolsonaro tem dito reiteradamente que aguardava  "uma sinalização" dos brasileiros para "tomar providências" contra medidas de restrição de circulação decretadas por governadores e prefeitos contra a covid-19.

Pronto, a sinalização foi dada. E agora, o que vai acontecer? As instituições vão se calar diante de mais esse cipoal de barbaridades? A grande imprensa vai passar pano? Como reagirão OAB, ABI  e CNBB? Estou curioso para saber como as três armas estão encarando  as articulações golpistas do presidente da república, que já se arvorou dono das Forças Armadas.

O fato concreto é que as manifestações de sábado passaram dos limites do razoável. E tirando manifestações de contrariedade e de críticas duras feitas por Lula, Dilma e Ciro Gomes, as demais lideranças políticas do país ficaram de bico calado. FHC ensaiou um contraponto, mas como sempre na linha Rolando Lero, como bem convém a um tucano de alta plumagem,

 


Comentários

Anônimo disse…
Com rejeição de 70% e aumentando Bolsonaro vai tentar o golpe com apoio do exército, evangélicos, milicianos e traficantes, Vai morrer muita gente.
Sergio Luiz disse…
Quando Bolsonaro declarou "vamos acabar com a corrupção, e prender corrupto, doa a quem doer", e a mídia divulgou os funcionários fantasmas, as rachadinhas e "otras cositas más", e Bolsonaro fez do governo uma "casa da mãe Joana", para blindar seus familiares e a si próprio, já se vislumbrava o desastre que seria esse governo. O negacionismo no combate a pandemia foi a "pá de cal".
Ana Maria disse…
Evocar o nome de Deus e praticar genocídio. E tem quem o siga. Devem ter comportamento idêntico ao dele.
Renata disse…
É perturbador ver gente sem noção, indo às ruas, fazendo aglomerações e desrespeitando os protocolos de segurança, para contrair e repassar o vírus a pessoas inocentes. Passam o pano nas ações de um líder desequilibrado e insensível, que pouco se importa com seu povo, já com mais de 400 mil vidas perdidas.

Liberdade ao povo Brasileiro" É piada! Essa manifestação nada mais é do que os que querem a escravidão do povo pobre e analfabetizado. Acabaram com o emprego, com a renda dos miseráveis, ninguém se aposenta mais. O desgoverno só satisfaz os riquinhos, que por sua vez escraviza quem não tem voz. Alguém está financiando essas manifestações, assim como financiaram para o impeatchman da presidente Dilma. Que a mão de Deus pese nesses que o ajudaram a desdenhar dos 406.000 mortos pela covid. Eles não ficarão impunes!
Anônimo disse…
Maringá tem 450 mil habitantes, na manifestação dos devotos do Bozosatanas só tinha uns 50 pé de chinelos dizendo....#euautorizo subir o botijão de gás, a gasolina, o arroz, o óleo de soja e a carne....
Aproveitem o pouco que lhe restam ,nas eleições de 2022 vamos enterrar vocês, vamos varrê-los do planeta, assim como foi feito com Trump e sua corja toda.

Antonio disse…
Dia triste Messias, na quarta feira faleceu de Covid a Mirian Del trejo e ontem faleceu o nosso amigo Marcelo Del Trejo também de Covid, marido e mulher, que tristeza.

Postagens mais visitadas deste blog

A ignorância pede passagem em Maringá

  E não é que a ultra-direita rançosa já está se articulando para boicotar o novo arcebispo de Maringá? Dom Severino Clasen, que chegou na cidade lembrando o Papa Francisco, de que “não se pode ser cristão sem defender os direitos dos pobres”. Isso bastou para que um grupo de católico se auto-identificado como conservador, botassem as manguinhas de fora. Os retrógrados fizeram circular nas redes sociais a seguinte mensagem: “Os cidadãos Maringaenses se organizam para irem à missa, na Catedral, dia hoje (15/08/2020), às 19h30, ves tidos com camisa/blusa verde ou amarelo. A missa será celebrada pelo novo Bispo (ele é, declaradamente, de esquerda) e, caso ele se manifeste politicamente, durante a missa, TODOS levantarão, deixando claro nossa insatisfação. A catedral realiza missa com restrição de público. Lembrando que ele assinou a carta contra o Bolsonaro. Os Conservadores convidam quem quiser para se agruparem a eles. Caso não queira permanecer, esclarecem que podem fique à vontade

Adeus, amigo Frank

  Morreu hoje de manhã o empresário e jornalista Frank Silva, dono do O Diário, que infelizmente foi à falência há pouco mais de um ano. Frank estava há 20 dias internado no Hospital Maringá, onde tratava de um câncer. Nos deixou aos 78 anos de idade. Meus sentimentos à família . Frank fazia parte da história da cidade, como cidadão e como empresário da comunicação. Que Deus o tenha em bom lugar.

Canalhice econômica

  O Lula e a Dilma fizeram um superávit primário gigantesco, acumularam reservas de quase U$ 400 bilhões para Temer e Bolsonaro torrarem. Agora, por exemplo, o Conselho Monetário Nacional autorizou repasse de R$ 325 bilhões do BC ao Tesouro Nacional. Pra que? Pro Bozzo pagar juros da dívida pública e ficar bem com o mercado, meio injuriado por causa da fritura de Guedes e das ameaças de rompimento do teto de gasto.