19 de outubro de 2010

Serra e a missa do Canindé


"A missa do Canindé é a maior celebração franciscana do país. Por isso, no dia fatídico em que a comitiva de José Serra invadiu o recinto, havia 80 frades franciscanos de todas as partes do país.

Quem celebrava a missa era o padre Francisco Gonçalves, de Pesqueira, Pernambuco.

Na noite anterior chegaram vários carros que distribuíram os panfletos contra Dilma

Depois que o padre se pronunciou contra a exploração política, Tasso Jereissatti avançou em sua direção e foi contido pela esposa.

Em todas as manifestações do padre, ouviam-se vaias contra os políticos".

. Do blog do Luis Nassif

Um comentário:

Dirlei Henriques disse...

Ouvi o aúdio!! Eita Padre porreta!!
O Padre Francisco acabou com os tucanos!!!! kakakkakakaa!
Se os tucanos tivessem um pouco de vergonha na cara tinham enfiado a viola no saco e saido de fininho!
Bem feito para os tucanalhas!!!