9 de abril de 2011

Chaves e o tesouro do Orinoco


Há hexatos dois anos dei uma nota neste blog sobre a descoberta de um lençol petrolífero gingantesco na Venezuela. Li isso numa notinha de pé de página do jornal O Estado de São Paulo. E na época comentei: "Está explicado o esforço dos Estados Unidos para satanizar Hugo Chaves". Pois não é que agora a mídia internacional começou a dar destaque à descoberta do Vale do Orinoco? É um lençol que abriga cerca de 300 bilhões de barris de petróleo. Agora sim, é que Chaves vai mesmo virar o demônio.
Acabo de ver no blog do Azenha reportagem que ele fez para a Rede Record na área cobiçada, às margens do Rio Orinoco. É um tesouro incalculável que, de certa forma, justifica o endurecimento de Hugo Chaves contra o olho gordo de Tio San.
Ah, ia esquecendo: a Venezuela, segundo Carlos Azenha, tem a gasolina mais barada do mundo - o equivalente a 2 centavos o litro. Com 2 reais lá, se enche um tanque de 50 litros de nafta. Que inveja!

Nenhum comentário: